Apelidos

Atualizações em verde.

Em todas as modalidades esportivas é comum dar apelidos aos atletas. Seja ele pelas suas características físicas, pelos seus hábitos, jeito de falar, desempenho em alguma especialidade ou simplesmente para incomodar (o ditado popular diz que o apelido só “pega” quando o sujeito não gosta dele).

E o ciclismo não é diferente. Reuni vários textos e fiz um resumo de alguns dos corredores (e ex) profissionais e seus apelidos.

Abdoujaparov, Djamolidine – The Tashkent Terror (contribuição do Juca)
Agostini, Ugo Poncio (vencedor da Milan-San Remo)
Anquetil, Jacques – Monsieur Crono
Armstrong, Lance – Texano, Cowboy, Mellow Johnny (o som dessa expressão é o mesmo do maillot jaune) / Mr. Milímetro (contribuição do Juca)
Azevedo, Jose – AS / O Diabo
Backstedt, Magnus – Big Man / Maggy
Bahamontes, Federico – A Águia de Toledo
Ballan, Alessandro – Bontempino (contribuição do Juca)
Bartali, Gino – O piedoso / O monge voador / O velho
Bartoli, Michele – Sansão (contribuição do Juca)
Basso, Ivan – Ivan, o terrível / Birilo
Beltrán, Manuel – Triki
Bennati, Daniele – Pantera
Bertogliati, Rubens – Barrichello🙂
Bettini, Paolo – Grilo (pelo seu jeito expansivo e barulhento dentro do pelotão)
Boardman, Chris – O Professor (contribuição do Juca)
Bobet, Louison – O padeiro de St. Méen
Bohórquez , Argimiro – O Polaco
Bonomi, Giosuè – Professor
Boogerd, Michael – Boogey (contribuição do Juca)
Boonen, Tom – Tornado Tom / Aspirador Tom
Borgheresi, Simone – Big Jim
Botcharov, Alexandre – Bobo
Botero, Santiago – O búfalo de Medellin / Nicol
Bottechia, Ottavio – Le Maçon de Frioul (o pedreiro de Frioul)

Cadena, Julio Cesar – O secretário
Cancellara, Fabian – Espartaco / Clasicómano Luigi
Cardenas
, Félix – El Gato
Cardenas, Henrique – Cebollita
Cataluña, José Enrique Gutiérrez – Búfalo
Cavendish, Mark – Little Cowboy / Dentes Podres / Mark Powers
Chavanel, Sylvain – Mimo
Chiappucci, Claudio – Diabo
Chioccioli, Franco – Coppino
Cipollini, Mario – Supermario / Rei Leão / Il Bello / Pavarotti / A boca de Florença / O mousse de Florença / Deus
Commesso, Salvatore – Vulcano / Toto
Cobo, Juan José – El bisonte de la pesa (contribuição do Juca)
Contador, Albert0 – Don Desmayos
Conti, Roberto – Brontolo
Coppi, Fausto – Il Campiníssimo
Cristophe, Eugéne – Cri-cri / Le Vieux Gallois
Cunego, Damiano – O Pequeno Príncipe
Davis, Allan – Alby
Delgado, Pedro – Périco
Ekimov, Viacheslav – Slava / Eki (contribuição do Juca)
Escartin, Fernando – Excalibur
Evans, Cadel – Irmão da Cicarelli
Fignon, Laurent – Le Professeur
Fincato, Marco – Crazy Horse
Flecha, Juan Antonio – Cavalo Paraguaio
Fontanelli, Fabiano – Mortadela
Forconi, Paolo – O Ator
Forster, Robert – Frosi
Freire, Óscar – O gato (contribuição do Juca)
Frigo, Dario – O oxigenado de Milão (contribuição do Juca)
Fuente, Jose Manuel – Tarangu
Garzelli, Stefano – Esquilo / Piratino
Gaul, Charly – O anjo das montanhas
Gerbi, Giovanni – Diabo Vermelho
Gimondi, Felice – São Pedro
Gomez, Jose Angel (Marchante) – Mosca
Guerini, Giuseppe – Beppe Turbo
Gutierrez, Jose-Enrique – Búfalo
Herrera, Lucho – Pequeno Jardineiro
Hinault, Bernard – Le Blaireau (o texugo)
Hincapie, George – Captain Bluehart / Big George / Sem corrente
Hoste, Leif – Barata
Hushovd, Thor – O Touro de Grimstad (contribuição do Juca)
Indurain, Miguel – Miguelón, O extraterrestre, Big-Mig,
Jaksche, Jörg – JJ (Jêi-jêi) / Bella / Número 20 / Vains
Jalabert, Laurent – Yaya
Jimenez, José-Maria – El Chaba
Jimenez, Julio – O relojoeiro de Ávila
Julich, Bobby – Bobby J
Kelly, Sean – King Kelly / Mr. Paris-Nice
Kessler, Matthias – Pitbull
Knaven, Servaia – Knavo
Koblet, Hugo – Le Pedalleur de charme
Kübler, Ferdi – Die Nase
Landis, Floyd – O Amish / DisneyLandis / Jason / 3 Bolas
Leblanc, Luc – Lulu / Lucho
Lemond, Greg – O Monstro
Leukemans, Bjorn – Zorro
Looy, Rik van – O Imperador de Herentals / Rik 2
Lucca, Danilo Di – Killer
Mancebo, Francisco – Paco / Goku
Marchante, José Ángel Gomes – Pimien (contribuição do Juca)
Mayo, Iban – O príncipe de Arratia
McEwen, Robbie – Canguru / Rocket-Pocket (contribuição do Gabriel Vargas) / O Rato (contribuição do Luciano Yamauchi)
Medina, Manuel – Gato
Merckx, Eddy – Canibal
Moncoutie, David – Dromedário
Moreau, Christophe – Perro
Moser, Francesco – La Bruta Bestia / Checo (contribuição do Juca)
Museeuw, Johan – O Leão de Flanders
Noe, Andrea – Fantasma
Noval, Benjamín – O touro de Mieres
Nuyens, Nick – A Bomba
O’Bree, Graeme – O Escocês Voador (contribuição do Juca)
O’Grady, Stuart – Stuey (contribuição do Juca)
Padrnos, Pavel – A máquina / O robô
Pantani, Marco – Elefantino / Nosferatu / Dumbo / Diabolino / Pirata
Pellizotti, Franco – O golfinho de Bibione
Peña, Victor Hugo – Tubarão
Perdiguero, Miguel Angel Martin – Perdi
Petacchi, Alessandro – Ale Jet
Pevenage, Rudy – Luz Vermelha de Moerbeck (contribuição do Juca)
Pinotti, Marco – O Engenheiro (contribuição do Juca)
Poblet, Miguel – Sancho Pança
Podenzana, Massimo – Il Pode
Popovych, Yaroslav – Popo
Poulidor, Raymond – Poupou / O segundão / O eterno segundo
Pozzato, Filippo – Pippo
Rasmussen, Michael – Frango
Rebellin, Davide – Tin-tin (contribuição do Juca)
Riccò, Ricardo – Cobra / Língua de Cobra
Rijs, Bjarne – A águia de Herning / Mr. 60
Rodriguez, Martin Emilio – Cochise
Rubiera, José Luis – Chechu
Sánchez, Samuel – Samu (contribuição do Juca)
Savoldelli, Paolo – Il Falco / Babyface
Scarponi, Michele – Coni / Zapatero
Sevilla, Oscar – El Niño / Sevillita / Sevillano
Simoni, Gilberto – Gibo / Chorão
Steels, Tom – Sprinthaan (O martelo do sprint)
Steenbergen, Rik van – Rik 1
Tafi, Andrea – O Gladiador (contribuição do Juca)
Tchmil, Andrei – Dre / O Soviete (contribuição do Juca)
Trueba, Vicente – A pulga de Torrelavega
Ullrich, Jan – Jan / Kaiser / Hijo de Rudicio
Valverde, Alejandro – Piti / Valamarelo / Balaverde (contribuição do Juca)
Verbrughe, Rik – Rik 3
Vitorino, Nelson – O Pirata
Vlaeminck, Roger de – Mr. Paris Roubaix / Cigano
Zabel, Erik – Mr. San Remo / ET (ou EZ?) / Titio Zabel
Zoetemelk, Joop – Mr. Z
Zülle, Alex – Cachorro louco (contribuição do Juca)

Os apelidos em VERMELHO teoricamente seriam frutos da mente de um tal Eufemiano Fuentes.

Em AZUL são frutos da minha mente.

17 respostas para Apelidos

  1. Fábio Sá disse:

    Sou 1grande apreciador do seu trabalho, e considero o seu site um dos melhores relativos ao ciclismo, tendo sempre noticias bastante interessantes e uteis, no entanto gostaria de lhe fazer 1reparo: sempre que actualiza as suas noticias em que envolve algum ciclista que esteve envolvido na Operacion Puerto, faz questão de tratar esse ciclista pelo “nickname” que ele teria no processo puerto, o que acho bastante negativo, pois desacredita bastante os feitos desses ciclistas, em que muitos deles ja cumpriram suspensões e tentam voltar longe de quaisquer escandalos de doping…

    A modalidade ja se encontra bastante massacrada por este assunto, vamos esquecer esses nicks e pormenores de envolvencias com o doping e valorizar mais as vitorias dos ciclistas….so assim poderemos limpar esta imagem negra que assombra o ciclismo.

    Com os meus Parabens pelo seu trabalho,

    1abraço e continuação

    • Zaka disse:

      Fazer de conta que não aconteceu também não ajuda nada.
      Não preciso dizer que sou um grande fã do ciclismo. Tenho minhas preferências por alguns ciclistas, mas se um desses for pego em algum tipo de exame, vou ficar em dúvida quanto ao tempo que ele vinha se turbinando e se suas vitórias foram justas ou não.
      Não acho que chamar pelo nickname da Operación Puerto prejudique a imagem deles. Eles fizeram isso sozinhos, não precisaram da minha ajuda.
      Além disso, o doping e a tal operação, mesmo sendo eventos negativos, fazem parte da história do esporte e dos envolvidos.
      Abraço

  2. Átila disse:

    É inegável que esse blog contribui e muito à divulgação do ciclismo no Brasil. O trabalho do Marcelo é impecável!! Entretanto, concordo em parte com o comentário acima, no sentido de que apelidos depreciativos e que tenham relação com o dopping não contribuem em nada, nem para o esporte, nem para os atletas.

  3. Átila disse:

    Só para constar: eu acredito em Floyd! hehehehehe

  4. Gabriel Vargas disse:

    Robbie McEwen também conhecido como Rocket-Pocket

  5. Conrado Calvet disse:

    é difícil de acreditar no Disneylandis pq testosterona sintética, normalmente não é produzida pelo organismo, eu acho né?

    Mas é cada um acredita no que quer, né?

    Abraços

  6. Fábio Sá disse:

    Claro que a envolvência de alguns ciclistas em algumas redes generalizadas de doping traz 1duvida quanto aos resultados posteriores dos ciclistas, mas eu como grande admirador de ciclismo, acho que se deve ver sempre o positivo do ciclismo, tentar esquecer e abster-me do negativo que tem pairado sobre esta modalidade…se nós admiradores não ajudarmos esta modalidade e continuarmos a tentar embelezar e mostrar o positivo do ciclismo mais ninguem o fára…e neste momento não é preciso que ninguem mais deite o ciclismo abaixo, pois já ha bastante gente e meios a faze-lo.

    De qualquer das formas, dou-lhe novamente os meus PARABENS pelo seu trabalho, acho o seu site cheio de vida, sendo enriquecido não só em actualidade ciclista mas tambem em curiosidades do ciclismo actual e passado..Sem duvida grande trabalho.

    Abraço e continuaçao do grande trabalho desenvolvido

    • Zaka disse:

      Fábio,
      Se eu duvidasse de 100% dos ciclistas e seus resultados, pode ter certeza que esse blog nem existiria.
      Eu leio muita coisa diariamente sobre o tema ‘dopping’ e pode ter certeza, se reproduzisse ou resumisse tudo, o blog deveria se chamar ‘seringa rosa’ ou coisa parecida. Faço uma filtragem, baseado nos meus conceitos e posto aqui só aquilo que é realmente relevante. Fofocas, dúvidas e especulações não levam a nada.
      No entanto, penso que não adianta negar o problema. Veja bem, eu entendo que o dopping é um PROBLEMA não um modo de obter vitórias desleais. Esse péssimo hábito está enraizado no esporte, fruto de anos e anos da prática, estimulada pelos técnicos e diretores. Pra mim, os ciclistas (na sua maioria) são vítimas, quase dependentes químicos.
      Falei na sua maioria, já que alguns teimam (ou mentem) e negam seu envolvimento. Assim, no meu ponto de vista, deixam de ser vítimas e coloco-me no direito de suspeitar de todos os seus resultados.
      Quanto a chamá-los pelos apelidos, continuo não entendendo como isso pode denegrir a imagem. Ela foi denegrida quando ‘cederam à tentação’ e é dever de todos nós lembrar aos mais novos (fãs e ciclistas) quem foram e o que fizeram. Recordando: cometeram um crime (doping) foram julgados e punidos (2 anos) e voltaram ao esporte. Pagaram sua dívida com a sociedade (esportiva) mas isso não apaga o seu passado.
      Ainda nessa linha de pensamento, denegrir a imagem seria publicar todas as especulações e suposições que rodam pela Internet afora, coisa que eu não faço: por exemplo, hoje mesmo li num blog (especializado em doping) que um certo corredor que estava tendo um péssimo início de ano passou 15 dias treinando numa certa ilha e agora voltou para as provas com vitórias. Isso é especulação, ninguém tem provas de que ele foi a tal ilha, e, se foi, de que utilizou de meios não permitidos para melhorar o seu desempenho.
      Abraço

  7. Rodrigo Fiera disse:

    Zaka, o Birilo cumpriu sua punição pelo envolvimento com a operacion puerto, os demais não sei.

  8. juca disse:

    Zaka .. Zabel naum seria ‘ EZ ” ?
    e o Francesco Moser ” Checo ”
    e tb tem o
    Marco Pinotti ” o engenheiro ” ( maglia rosa 2007 ( ??? } no Giro d’Italia , ex-T-mobile e atual Columbia ) …

    os q cumpriram pena pela OP ( pareçe akela marca de surf wear Ocean Pacific … mais eh Operação Porto mesmo ! ) foram o Basso , o Scarponni e o Jorg Jasche …. todos fizeram mea-culpa , provando q de fato existiu as trapaças do Fuentes …

    • Zaka disse:

      Juca, as minhas fontes indicavam o Zabel como ET… imaginei que fosse alguma alusão a extra-terrestre ou coisa parecida. Até fui verificar, e aparece ET mesmo…. agora fiquei na dúvida.
      Já vou adicionar as tuas informações.
      Quanto a OP, eu também só lembrava desses 3…. os demais tiveram seus processos arquivados pela Real Federação ou pelas federações de origem. O Jan escafedeu-se e o Botero foi abençoado pela sua federação.
      Corrijam-me se eu estiver errado.
      Abraço

  9. juca disse:

    Alessandr Ballan : Bontempino
    Alejandro Valverde : ” Balaverde ”
    Chris Boardman : ” O professor ”
    Graeme O’bree : ” o escocês voador ”
    Lance Armstrong :, gosta q chamem ele de Mr. milimetro ( devido ao seu apego pelas medidas corretas na sua merda de matar ! )
    Stuart O’Grady : Stuey
    Viacheslav Ekímov : ” Eki ”
    Samuel Sánchez ( Euskaltel ) : ” Samu ”
    Dario Frigo ” o oxigenado de Milão ”
    Micheli Bartoli : Sansón ” ( OP ) rsrsrssr
    Oscar Freire : ” o gato ” ( ” the cat ” )
    Davide Rebellin : ” Tim-Tim ”
    José Ángel Gómez Marchante : ” Pimien ”
    Juan José Cobo ” El Bisonte de la Pesa ”
    Michael Boogerd ” Boogey ”
    Andrei Tchmil : ” Dre ” ” o Soviete ”
    Andrea Tafi ” O gladiador ”

    Djamolidine Abdoujaparov ” The Tashkent Terror ”
    Alex Zülle ” cachorro loco ” pois tinha problema de vista …
    Thor Hushovd ” O touro de Grimstad ”

    e esse :

    Rudy Pevenage :” luz (rosa) vermelha de Moerbeke ”

    Valew
    caramba e tem mais , mais tamu sem tempo …

  10. juca disse:

    eh q eu vi reportagens do cyclingnews e daily peloton com o EZ

    http://www.dailypeloton.com/displayarticle.asp?pk=6631

    no google digita Erik Zabel ” EZ ” …. lembro q sua ultima vitória na Vuelta de españa o cyclingnews colocou como ” EZ ”

    …..

  11. Minha pequena e humilde contribuição:
    McEwen,Robie: O RATO

  12. marlos pinheiro disse:

    Gostaria saber os apelidos dos nosso ciclista , Brasileiros ?