Ciclistas amadores costumam pendurar a bicicleta no inverno. Ou, no mínimo, reduzir consideravelmente o nível de treinamento.

Já os profissionais atuais do ciclismo não. Foi-se a velha escola européia de descansar por três meses e engordar 10 quilos (exceto Ullrich). A “moda” agora é treinar até mais do que na temporada de competições, focando principalmente a parte física, esquecendo o compromisso de vitórias.

O texto abaixo traduzido do original espanhol fala exatamente sobre isso.

 
O treinamento de pré-temporada segundo Chris Carmichael.

“Lance ganhou o Tour de France em novembro, dezembro e janeiro”.
O treinamento de pré-temporada é a época em que um ciclista pode fazer uma verdadeira diferença na sua preparação para a temporada seguinte. É a única época do ano em que um profissional pode realmente trabalhar por três meses consecutivos na sua capacidade física, sem o stress das competições e viagens.

O ciclismo é tradicionalmente um esporte de verão. Sentir a brisa nas suas pernas e o calor do sol nas suas costas é parte do ciclismo, tanto como lubrificar a corrente ou colocar o capacete. Muitos ciclistas principiantes ou não competitivos sempre dirão que algo anda mal quando vêem que sai a treinar com temperaturas abaixo de zero ou com a neve molhando tuas lentes.

Treinar no inverno pode ser divertido
Treinar no inverno pode ser divertido

Os tradicionalistas tentarão convencer-lhe de que necessita um descanso de seu treinamento. Aconselharão que faça algo diferente do ciclismo, como correr, esquiar, jogar basquete ou futebol. Esqueça o stress do ciclismo e do exercício exaustivo; para acumular entusiasmo que necessitará para pedalar durante as três estações do ano que vem após o inverno. Com esse ponto de vista: só profissionais deveriam treinar todo o ano e só porquê é o seu trabalho e pagam a eles para fazê-lo.

A verdade é que treinar durante todo o ano é a razão pela qual os profissionais tem um desempenho notoriamente superior. Fazem aproximadamente quinze anos, os profissionais europeus desciam da bicicleta em setembro e começavam a treinar outra vez em janeiro, muitas vezes aumentando de 5 a 8 quilos. Depois treinavam três mil quilômetros durante os primeiros meses do ano e usavam as primeiras corridas para recuperar a forma. Os entusiastas “neo-profissionais” que atacavam durante essas provas eram criticados pela sua falta de experiência: depois aprendiam a baixar a velocidade e usar melhores táticas de competição.

Deixar de treinar pode fazer com que o ciclista aumente de peso
Deixar de treinar pode fazer com que o ciclista aumente de peso

Essa visão do ciclismo mudou drasticamente. Por exemplo, Erik Zabel, seis vezes ganhados da camisa verde no Tour de France: dizem que treina mais de doze mil quilômetros entre as temporadas e inicia forte nas clássicas de primavera. O tempo sem pedalar entre as temporadas reduziu de três meses a três semanas e essas valiosas três semanas não são consecutivas, são repartidas entre novembro e dezembro.

Ninguém se preocupava mais no seu treinamento de pré-temporada que Lance Armstrong. Vale citar de novo seu treinador Chris Carmichael: “Lance ganhou o Tour de France em novembro, dezembro e janeiro. Muitos ciclistas dizem que a temporada acaba junto com o outono, mas no treinamento de pré-temporada é quando pode melhorar mais”.

Mas, o que passa conosco, os “mortais”? Por quê como ciclistas amadores devemos treinar no inverno? Seja na bicicleta ou na academia? Não somos profissionais, ninguém nos paga para treinar. Nossas metas são muito mais conservadores do que ganhar o Tour de France. A maioria de nós quer subir no pódio de uma prova local ou simplesmente não pingar nas voltas de final de semana. Uns poucos pretendem terminar uma prova amadora de etapas.

Sim, é possível descansar durante o inverno e ainda divertir-se com a bicicleta no verão seguinte. Inclusive cumprir algumas metas individuais no ciclista. Mas é muito mais efetivo e melhor para a saúde que mantenha-se em forma ou até melhore-a durante o inverno. Ainda que não acredite, o treinamento de pré-temporada pode ser tão divertido quanto o de verão.