Clássica Jacareí de Ciclismo – Podium Girls

30/setembro/2009

Como prometido, o Ivan mandou a foto das podium girls.

jacarei podium girls

Teremos mais fotos e os resultados completos. Aguardem!

Olhem a surpresa dos quatro corredores que ficaram sem beijinho… isso é falta de costume 🙂 .

Anúncios

Silence-Lotto vai mudar

30/setembro/2009

Alguma novidade?

A proprietária (Omega Pharma) do produto vendido sob o nome de SILENCE (algum tipo de medicamento para inibir o ronco) anunciou que em 2010 utilizará outro dos seus produtos no nome da equipe.

Recordando:

  • Predictor – produtos para diagnósticos caseiros
  • Silence – anti-ronco

Possibilidades, baseado nos seus produtos mais populares:

  • Paranix – aniquilador de piolhos
  • XL-S – produtos para emagrecimento (nome bem sugestivo)
  • Wartner – removedor (?) de verrugas

Mundial 1988

30/setembro/2009

Campeonato do Mundo de 1988

Chegam escapados o belga Claude Criquelión, o sprinter canadense Steve Bauer e um desconhecido italiano chamado Maurizio Fondriest.

Os favoritos disputam o sprint observados por Fondriest, que com grande esforço apenas aguenta o sprint, aparentemente satisfeito com a medalha de bronze. Bauer fecha a porta de Criquelión quando percebe que vai ser superado, ocasionando a queda do belga.

O canadense imediatamente percebe a porcaria que acabou de fazer e deixa de sprintar, ante a surpresa do jovem Fondriest, que não crê que acaba de tornar-se o novo campeão mundial.

Bauer acabaria sendo desclassificado. Lá atrás, Juan Fernandez que sprintou pela quinta colocação acaba com a medalha de bronze.

(Agora com o link correto – obrigado pelo aviso).


Uniformes bonitões (4)

30/setembro/2009

Há quem considere uma camisa clássica. Apesar de ter tido no seu quadro corredores como Rik van Steenbergen, Charly Gaul, Fredi Kübler, Tom Simpson, Robert Millar, Stephen Roche e Eddy Merckx, não enxergo beleza naquela faixa quadriculada no meio do pânceps.

peugeot2


O poder de marketing do Tour de France

29/setembro/2009

A empresa AG2R patrocinadora da equipe de mesmo nome apresentou um estudo feito com base na exposição na mídia durante o Tour de France (TV, imprensa – jornais e revistas – e Internet) já que seu corredor Rinaldo Nocentini ficou oito dias vestido de amarelo:

  • 2,5 bilhões de pessoas viram a sua marca (43% na TV, 33% na imprensa e 24% na Internet);
  • 60 milhões de dólares seria o valor do investimento em propaganda, caso a exposição fosse paga (48 milhões na TV, 11 milhões na imprensa e 1 milhão na Internet).

Caso os franceses se interessem eu escrevo o nome deles e coloco todo dia uma foto em troca de uma das BH G5 (pode ser usada, tamanho 54 por favor). 🙂


Equipes UCI ProTour 2010

29/setembro/2009

Duas equipes são agora ex-ProTour: Cofidis e Bbox Bouygues Telecom.

Jean-René Bernaudeau, diretor da Bouygues Telecom comentando sobre a decisão da UCI de não renovar a licença ProTour para 2010:

“A UCI nos disse que nosso dossiê era bom, mas nosso nível esportivo demasiado baixo. É surpreendente porquê estamos conscientes que essa foi a nossa melhor temporada em cinco anos. Esta decisão não nos impedirá de correr mais rápido, não muda grande coisa. Estamos cobertos pelo contrato de participação nas grandes voltas assinado em Londres em 2008 pelas 18 equipes ProTour e que termina em 2010. Depois sim é que teremos que fazer alguns ajustes na nossa programação. Tínhamos previsto uma concentração no início da temporada para estarmos prontos para o Tour Down Under, mas agora não temos a certeza da participação. De qualquer modo, no próximo ano estaremos no Tour para conseguir um bom rendimento como nesse ano. Temos um patrocinador leal que nos apoia. Por isso, essa situação não afeta nossos objetivos e não vai ser modificada.”

Essa é a classificação atual em pontos das principais equipes (fonte UCI):

Atual Anterior Equipe Pts.
1 1 ASTANA 1100
2 6 CAISSE D’EPARGNE 1048
3 2 TEAM COLUMBIA – HTC 957
4 3 TEAM SAXO BANK 941
5 4 LIQUIGAS 923
6 5 CERVELO TEST TEAM 804
7 7 QUICK STEP 760
8 9 SILENCE-LOTTO 717
9 10 RABOBANK 667
10 8 TEAM KATUSHA 637
11 11 GARMIN – SLIPSTREAM 612
12 12 EUSKALTEL – EUSKADI 551
13 13 LAMPRE – N.G.C 465
14 14 DIQUIGIOVANNI 379
15 15 FRANÇAISE DES JEUX 238
16 16 AG2R LA MONDIALE 206
17 17 ACQUA & SAPONE – CAFFE MOKAMBO 189
18 18 TEAM MILRAM 182
19 19 BBOX BOUYGUES TELECOM 170
20 20 COFIDIS, LE CREDIT EN LIGNE 166
21   XACOBEO GALICIA 128
22 22 VACANSOLEIL PRO CYCLING TEAM 108
23 23 FUJI-SERVETTO 104
24 21 LPR BRAKES FARNESE VINI 102
25 24 AGRITUBEL 34
26 25 SKIL-SHIMANO 33
27 26 CERAMICA FLAMINIA – BOSSINI DOCCE 26
28 30 CONTENTPOLIS-AMPO 24
29 27 ANDALUCIA CAJASUR 21
30 28 BARLOWORLD 20
31 29 TOPSPORT VLAANDEREN – MERCATOR 11
32 31 LANDBOUWKREDIET – COLNAGO 4
33 32 BMC RACING TEAM 4
34 33 ISD – NERI 3

Em vermelho as rebaixadas. Em azul as Continentais Profissionais e em itálico as ProTour.

De momento a Française des Jeux e a Fuji-Servetto estão a salvo pelo fato da sua licença não expirar esse ano.

A Lampre recebeu uma licença para mais quatro anos (2010-2013) e a Milram a licença para um ano (2010).

A decisão sobre a Radio Shack será anunciada em breve.

Ao contrário de outros esportes, não existe um critério claro de ascenso e descenso. O dinheiro manda: basta ter para garantir a vaga e, de outro lado, um bom desempenho não é suficiente para subir para a primeira divisão. Parece-me que esse “rebaixamento” é o primeiro passo.

Isso tudo, é claro, se o protecionismo entre as equipes não prevalecer.


Mundial de Ciclismo 2010 Melbourne

29/setembro/2009

Nem bem acabou um e já falamos no próximo.

De 29 de setembro a 3 de outubro de 2010 com a prova de estrada masculina acontecendo no trajeto de Melbourne a Geelong.

Diferente do que vem acontecendo e parece que será a tendência a partir do ano que vem, a primeira parte é realmente em linha, com um traçado de aproximadamente 80Km (com apenas uma subidinha boba no início da prova):

melbourne_1

Posteriormente os ciclistas entram no circuito de 15,9Km percorrendo 11 voltas.

melbourne_2

No circuito existem duas subidas: a primeira com 1Km e 10% de inclinação média (bastante dura, com trechos de 13%) e a segunda mais curta, com 400-500 metros e a mesma inclinação. Observe-se que ela está bastante distante da chegada (aproximadamente 6Km).

Na prática isso significa que, no caso da sobrevivência de um sprinter, esse terá grandes chances de ser campeão (ouvi falar o nome do McEwen?).

Com certeza veremos os australianos bastante fortes, tentando manter a camisa e italianos e espanhois, pra variar, tentando a seleção natural.

Já li comentários a respeito do Cavendish: mas eu penso que essas subidas não são o Poggio e ele vai precisar passar por 22 colinas e não apenas uma. Ele vai ter muito mais chances em 2012 na Dinamarca (altimetria e post em breve).