Mundial de Ciclismo 2010 Melbourne

Nem bem acabou um e já falamos no próximo.

De 29 de setembro a 3 de outubro de 2010 com a prova de estrada masculina acontecendo no trajeto de Melbourne a Geelong.

Diferente do que vem acontecendo e parece que será a tendência a partir do ano que vem, a primeira parte é realmente em linha, com um traçado de aproximadamente 80Km (com apenas uma subidinha boba no início da prova):

melbourne_1

Posteriormente os ciclistas entram no circuito de 15,9Km percorrendo 11 voltas.

melbourne_2

No circuito existem duas subidas: a primeira com 1Km e 10% de inclinação média (bastante dura, com trechos de 13%) e a segunda mais curta, com 400-500 metros e a mesma inclinação. Observe-se que ela está bastante distante da chegada (aproximadamente 6Km).

Na prática isso significa que, no caso da sobrevivência de um sprinter, esse terá grandes chances de ser campeão (ouvi falar o nome do McEwen?).

Com certeza veremos os australianos bastante fortes, tentando manter a camisa e italianos e espanhois, pra variar, tentando a seleção natural.

Já li comentários a respeito do Cavendish: mas eu penso que essas subidas não são o Poggio e ele vai precisar passar por 22 colinas e não apenas uma. Ele vai ter muito mais chances em 2012 na Dinamarca (altimetria e post em breve).

9 respostas para Mundial de Ciclismo 2010 Melbourne

  1. Pode ser uma ocasião boa para o Schleckinho…

    Além dele, italianos e espanhóis continuam favoritos, dadas as condições da prova.

    Se as subidas não são assassinas, também não favorecem a sobrevivência de gente como Cancellara, por exemplo.

    • Zaka disse:

      12 e 13% não são exatamente um falso plano… sujeitos mais pesados acabam se desgastando. Mas também magrelos não conseguem se beneficiar pela curta extensão e pela distância até a chegada.
      Enfim: prova para clasicomanos. Os de sempre.

  2. FAB1000 disse:

    Punchers terão mais chances mesmo, ainda mais com a chegada em leve ascenção.
    Esse 1km a média de 10% com os últimos 300m a 13% vai quebrar geral. Esse ano com o morrinho a 5-6% já deixou um monte pelo meio do caminho.

    Mas é interessante saber que vão fazer a prova como a última etapa das 3 grandes, com um certo deslocamento e depois uma sequência de voltas.

    E eu achando que o australianos iriam fazer um mundial pra chegadores…os caras estão espertos.😉

    Lembrando também que “alemão” cabelinho Heinrich Haussler já estará liberado pra correr pela Austrália. Se a chegada for em bloco eles terão mais um além do McEwen (provavelmente se aposentando depois do mundial).

  3. FBergo disse:

    O Thor Hushovd já está de olho nessa aí… aposto muito mais nele que no McEwen.

  4. Jucaxc disse:

    vou chutar o Evans denovo kkkk !

    creio q acaba em um grupeto , talvez em pelote .
    A penúltima subida vai separar o joio do trigo , depois ficarão uns 30 e a última subida vai acabar de selecionar . uma fuga ? talvez mas desde que venha com bastante vantagem pois 6Km de final é muito para guentar a torcida de cabo sozinho .

  5. Will Barbosa Bike e etc. disse:

    dá-lhe Boonen….será? rs

    Zaka, se por ventura o McEwen vencer: vc acha que ele pára imediatamente ou corre mais uma temporada com a Rainbown Jersey? (oq eu acredito)

  6. Jucaxc disse:

    o FAB disse um fato interessante sobre o Haussler .
    naum sabia q ele era nascido na Austrlia , de pai ” alemano ” e mãe australiana .
    aliás tem e teve um monte de ” forasteiros ” no pelotão ( Millar , Flecha , Cioni , Chris Froome , Richard Virenque , Mariano Martinez , Andrei Tchmil , Tony Rominger … )