Radio Shack, o uniforme

05/outubro/2009

Não oficiais, meramente especulativos. Parece que a única certeza são as cores (branco, preto e vermelho).

shack1

Com os detalhes em amarelo, típico das equipes de Armstrong.

shack2

Será que vai entrar no rol dos “uniformes bonitões”?

Anúncios

Vuelta a Chihuahua – Podium Girls

05/outubro/2009

Não é o que o México tem a nos oferecer de melhor. Caberia um upgrade.

chihuahua_pg


SESTide

05/outubro/2009

Anualmente é realizada uma feira em Lübeck que reune médicos, especialistas, representantes de laboratórios, da indústria farmacêutica, interessados em patologias, pessoas relacionadas ao esporte, ao doping e ao anti-doping.

Esse ano foi divulgado na 8th International Luebeck Conference um produto chamado SESTide (Supravalent Erythropoiesis Stimulating Peptide), sintetizado pelo laboratório alemão AplaGen.

É um produto de fácil produção (não precisa engenharia genética), pode ser produzido como qualquer outro medicamento, não precisa ser armazenado em geladeira e, o mais importante, estimula a produção de glóbulos vermelhos sem estimular o crescimento de células malignas. Um verdadeiro achado e de esperança para milhões de doentes.

Mas como seus primos mais velhos EPO alfa (a primeira), beta, omega, delta, zeta, vários tipos de EPO chinesas ou russas e as EPO análogas, como a Aranesp e a CERA, poderá e será utilizado para outros fins diferentes daqueles para o qual foi projetado.

Logo após essa feira tivemos o mundial de atletismo em Berlim. Embora o produto ainda não esteja sendo comercializado (e tampouco testado em humanos) suspeita-se que algumas marcas em provas de resistência tiveram alguma relação com ele (mas se até um sprinter como Zabel confessou ter tomado EPO, eu incluiria também provas de explosão).

Mario Zorzoli, um dos experts na luta contra o doping da UCI disse “Eu não conheço sua existência. O último que tivemos conhecimento foi a Hematide, uma EPO disfarçada, decorada para enganar o sistema imunológico e durar mais tempo no organismo, que dizem que foi usada no último Tour”.

“As novas EPO, as EPO miméticas por assim dizer, abrem as portas que as EPO de sempre abriram, mas não tem a forma de chaves. Estruturalmente não tem nada a ver com as antigas, mas tem o mesmo efeito” diz Cristóbal Belda, um oncologista. “É igualmente perigosa, porquê estimula como todas as EPO não só a fabricação de glóbulos vermelhos, mas também tecidos cerebrais, musculares, coração…”.

Mesmo correndo contra o tempo e com um retraso considerável, as autoridades não estão paradas: a AFLD anunciou que fará análises em amostras de 40 corredores que estiveram no Tour de France de 2008 (mas não divulgaram seus nomes).

Eu tenho um palpite: do Carlos Sastre para trás, contem 40 nomes.


Vuelta a Chihuahua 2009

05/outubro/2009

Prova latina (obviamente no México) bem nova (4a. edição) que ano a ano vem contando com a participação de ciclistas importantes (seja pelo âmbito esportivo ou batoteiro) que conta com a classificação UCI America 2.2 e é disputada tradicionalmente no mês de outubro (a edição 2009 será de 4 a 10).

Tivemos em 2006 a vitória de Luiz Pérez Romento (Espanha) e em 2007 e 2008 a vitória de Francisco Mancebo.

Mancebo e outros companheiros da Rock Racing estão na prova, mas quem venceu o prólogo (crono-escalada de 4.2Km) foi o dinamarques-mexicano, Michael Rasmussen, que está correndo pela poderosa equipe Tecos Trek (mexicana também)

1 RASMUNSSEN, Michael TECOS TREK 00:08:44
2 MORENO, Daniel CAISSE D`EPARGNE mt.
3 SEVILLA, Oscar ROCK RACING 1
4 MANCEBO, Francisco ROCK RACING 3
5 LADINO, Gregorio TECOS TREK 4

Parece que ele está melhorando, já anda no pelotão da frente e continua esperando o convite de alguma equipe de verdade.


Apelidos de provas

05/outubro/2009

Paris-Nice – A Clássica do Sol

Paris-Roubaix – Inferno do Norte / A Rainha das Clássicas / Clássica das Clássicas

Tour de France – Le Grand Boucle

Giro d’Italia – Corsa Rosa

Milan-San Remo – Classissima / La Primavera (contribuição Fernando Blanco).

Giro di Lombardia – Clássica das Folhas Mortas / Corridas da folhas que caem / da folhas secas (contribuição Jucaxc)

Amstel Gold Race – Clássica da Cerveja

Eroica – Strade Bianchi

Paris-Bruxelas – Corrida das Duas Capitais

Tirreno-Adriatico – Corsa dei due mari

Liège-Bastogne-Liège – La Doyenne, a Decana

Paris-Camembert – Tour do Queijo (contribuição Jucaxc)

Tour de Flanders – Corrida dos 13 muros ou Vlaanderens Mooiste (Melhores de Flandes). Contribuição Jucaxc.

Mais alguma? Deixe nos comentários.