Lixo do Tour

lixoDeclarações de Michel Rieu, conselheiro científico da AFLD (agência francesa responsável pela luta anti-doping):

Encontramos produtos “inesperados” nas latas de lixo dos hotéis ocupados pelos ciclistas durante o Tour de France. Não eram produtos proibidos, mas não são adequados para esportistas de alto nível. Não é normal encontrar remédios cujo objetivo é impedir que a pressão arterial suba. Também encontramos sitagliptina, usado por diabéticos para produzir insulina ou valpromida, um anti-convulsivo usado para tratamento de maníaco-depressivos.

Fiz uma rápida pesquisa:

A valmpromida por ser anti-convulsivo pode ter sido usada por algum ciclista que necessite dessa medicação (um muito famoso faz uso terapêutico de substâncias com essa finalidade).

Com relação aos produtos para baixar a pressão, bom, esse dispensa comentários, afinal todo mundo sabe que a EPO “engrossa” o sangue e aumenta a pressão arterial.

A sitagliptina é coisa de diabéticos mesmo. Produz insulina e insulina é um medicamento usado com frequência por batoteiros como substância anabolizante. A curiosidade é que entre os seus efeitos colaterais encontramos a flatulência, o que indica que é aconselhável andar sempre na cabeça do pelotão (agora descobrimos um dos motivos pelo qual esse lugar é tão procurad0).

Brincadeiras bem à parte, a insulina como doping tem alguns efeitos colaterais indesejáveis, dentre eles também o aumento da pressão arterial e seu excesso pode causar desmaios devido a hipoglicemia.

Vocês enxergam alguma relação entre os três produtos?

18 respostas para Lixo do Tour

  1. vander disse:

    Ué Zaka..
    quando há a flatulência, o ideal não seria o “rabo” do pelotão ou invés da cabeça?
    essa parte não entendi..
    MAs..
    É lógico que há ligação DIRETA com doping

  2. Zeca Blak disse:

    Libera Geral! Abaixo a hipocrisia e os peidos incovenientes…
    Daqui a pouco vão dizer que feijoada é doping…

  3. waldeir disse:

    Feijoada só e´doping se o porco foi criado pelo vino….rsss

  4. Alberto Mussatto disse:

    Pena que eles não vem com o nome do atleta no rótulo, sim pq vá que o garçom se engane… mas aquele vidrinho douradinho, quase amarelo, será de quem?

  5. maniacos-depressivos.. hmm..
    outro dia algúem falou sobre o dopping mental, não seria isso?

  6. Anderson disse:

    Relação entre eles mais do que intuitiva.

  7. vander disse:

    Pensei que vc estava falando dos flatulentos (que para mim seria a maioria, caso essa foto não fosse meramente ilustrativa) que deveriam ir para o rabo do pelotão para não ” dar o gás ” nos outros ciclistas.

  8. Pedro (Barcellos Sports) disse:

    ACHO QUE O NOSSO ESPORTE VAI SER DISPUTADO AGORA EM OCTÓGONO…

    VALE TUDO!!!!!!!!

  9. leonn disse:

    “um muito famoso faz uso terapêutico de substâncias com essa finalidade”

    Zaka,

    conta só pra nós quem é esse famoso?

  10. george disse:

    Putz,metade do pelotão tem asma….e olha que nem o Petachi, nem o Danilo cof cof de Lucca estavam lá!

  11. Eduardo disse:

    Vi num uniforme de uma triatleta:
    CERA SPORT
    http://www.ceraproductsinc.com/productline/cerasport.html
    bah!

  12. vander disse:

    El pistolÊro
    hehe

  13. Robinson(brow) disse:

    OLa zaka!cara ..quero te dizer q sou Fá de teu blog acesso todos os dias de verdade!!!esta é a primeira vez q me manifesto porq tive tempo aqui no hospital!
    So queria falar q o nome do medicamento é VALPROMIDA!!
    Obrigado por todas as noticias e assuntos q aborda aqui.

    • Zaka disse:

      Obrigado pela informação Robinson. As contribuições dos leitores só engrandecem e aprofundam os conhecimentos de todos nós.
      Grande abraço.