8 razões para amar a Itália

Escrito por Bob Roll cujo original está aqui. Fiz um resumo (resumo mesmo) e dei uma decorada. Se você entende um pouco de inglês, vale a pena ler o original.

1. SICÍLIA

sicilia

A Sicília é tão linda que seu Oakley vai ficar molhado de lágrimas. Uma ilha cheia de monumentos gregos que, aparentemente, seus moradores nem percebem. A fama que a Mafia criou espantou os estrangeiros e favoreceu o turismo: tudo é original, não há exploração.

Mas como a Mafia realmente nasceu lá, ele conta que em certa ocasião todo o equipamento da equipe foi roubado. Depois de negociações com a família “local”, o material foi devolvido.

2. COMIDA

pasta

A comida é de matar e é a mais próxima da ideal para um ciclista: carboidratos complexos, carnes magras, frutos do mar, sopas, legumes, frutas frescas e sobremesas. Ele conseguiu aumentar de peso em duas oportunidades participando de uma prova de três semanas.

3. POLUIÇÃO

ducati

Poluição é uma vergonha. Mas a poluição gerada na Itália é subproduto de alguns dos bens de consumo mais bonitos do mundo, como de uma Ferrari ou de uma Ducati.

4. O GIRO

giro

É a corrida mais bonita do mundo. O Tour é o mais famoso, mas é um gigante industrial pálido quando confrontado com o Giro.

5. DOLOMITAS

marmolada

Há milhões de anos atrás eles estavam sob a água e não faz muito que descobriu-se que foram recifes de corais. Fósseis marinhos podem ser encontrados no Stelvio, Gavia, Marmolada.

No Paraíso, vamos todos estar pedalando nos Dolomitas.

6. MULHERES

claudia cardinale

A prova de que Deus é um homem.

Para os desavisados: a moça da foto (hoje uma senhora) chama-se Claudia Cardinale. Essa cena é do filme C’era una Volta il West (Era uma Vez no Oeste, um clássico do bangue-bangue italiano, obra de Sergio Leone de 1969 com trilha sonora de Ennio Morricone).

7. A FÉ

madonna del ghisallo

Todos os caminhos levam a Madonna del Ghisallo.

8. BICICLETAS

dogma1

Se você não ama bicicletas italianas, você escolheu o esporte errado. Pinarello, De Rosa, Colnago, Gios, Olmo, Basso, Rossin, Bianchi, Kuota, Quattro, Pegoretti, Masi, Willier, Testina e outras centenas de marcas das quais nunca ouvimos falar.

EPÍLOGO

Você deve andar de bicicleta na Itália pelo menos uma vez na sua vida para realmente ter vivido bem. Saborear a comida, olhar os monumentos e as mulheres. Depois de maravilhar-se com a paisagem do selim de uma bicicleta, você mudará para sempre. Venda seu carro ou sua casa e venha para a Itália.

IMAGEM CORTESIA

bob

Para quem não lembra: essas duas moças foram as podium girls do Tour of California 2009, Joanna e Kristen. O ogro  (pintem ele de verde e fica igual a esse sujeito aqui) que está estragando a foto é Bob Roll (o mesmo da imagem abaixo: Paris-Roubaix de 1988 na visão de Graham Watson).

br

13 respostas para 8 razões para amar a Itália

  1. Emilio Salum Filho disse:

    Post também intitulado “Ode a Italia” hein???

  2. “Che meraviglia”!!! Falem sério: essa minha Itália é linda demais!!!

    Ah, “le Dolomiti”… Já tive o prazer de andar naquele pedaço do paraíso.

  3. Anderson disse:

    Sempre tive um apreço pela Itália, sim, a botina. Nao apenas pela descendencia dos antepassados, mas pela magia. Nao tem como explicar, so sentindo mesmo e mesmo assim sem ter estado lá. Incrivel a sensação. Trancende o imaginário.
    Sem fazer propaganda, tem a Bike Expedition que te leva pra lá e durante uma semana pode-se conhecer regioes da Italia, pedalando, é claro. Estou me programando para isso.
    Saludos.

  4. Antonio Carlos Alves disse:

    A Itália dos antepassados dos Ricci (meus grandes amigos).

    E de um italiano puro da gema Antonio Ciardi que é daquela região, meu grande amigo companheiro dos tempos da Caloi o qual eu considero como um irmão, do Angelo Zanetti, Angelo Codicasa, Francesco Parisi, O Vito de Bari, o Domenico e tantos outros amigos companheiros de pedalada.

    Só sinto não ter nenhuma descendencia de italiano, mas eu amo muito a Itália.

    A Itália dos meus amigos, a Itália de Alfredo Binda de Learco Guerra, de Fausto Coppi e Gino Bartali.
    Itália de bikes como a Colnago, da Campagnolo. Do Giro. Enfim do ciclismo paixão.

    Sem falar na sua musica e nos seus artistas na sua cultura.

    Parabéns mais uma vez Zaka

    Viva a Itália

    A. Carlos

  5. Zeca Blak disse:

    Dá vontade de largar tudo o que se está fazendo e ir pra lá AGORA! Ah, um dia rola…

  6. Li disse:

    eu enumeraria no mínimo 50 excelentes razões para amar a Itália! Vivi a melhor fase da minha vida lá… e trouxe belas recordações! O primeiro tombo da bike (por conta da estreia da sapatilha), junto aos 10 dias de gesso, foi lá…

  7. eliel balbino disse:

    Alguem quer comprar um mtb inteira XT?…..rsrsrrsrss…….acho q da pra chegar la com a grana….quse nao uso mais a mtb mesmo…

  8. joao disse:

    parabens zaka, blog ta profi hein. muito boa essa matéria.

  9. Alessandro disse:

    Foi apresentado para este blog na Italia há alguns meses atrás. Como coloquei ele em meu favoritos, costumo entrar algumas vezes por semana, ele tem uma excelente atmosfera. O post sobre a Italia está extraordinário, parabéns! Como diria o amigo que me apresentou; La chiave de la camara!!

    • Zaka disse:

      Oi Alessandro!
      Muito obrigado pelas visitas e pelo comentário. A atmosfera a que você se refere se deve em muito aos comentários.
      Abraço.

  10. Gabriel Vargas disse:

    Zaka, quem é o sujeito no favicon do blog? abraços!

  11. Gabriel Vargas disse:

    Ah, bacana! hehe…