Cannondale Taurine 2 – A destruição

Agora se foi 😦

Perguntinha de leigo: por quê estava sem movimento central?

Anúncios

7 Responses to Cannondale Taurine 2 – A destruição

  1. FBergo disse:

    Quando um quadro é substituído na garantia, normalmente exigem que você retorne o quadro ou pelo menos a seção com o número de série (fica mais barato do que enviar o quadro inteiro…).

    Esses quadros aí provavelmente tiveram algum problema, mandaram a caixa do central para a garantia e usaram o resto para a brincadeira.

  2. FBergo disse:

    Depende do defeito e quanto o fabricante/representante confia em você ou na loja que fica de intermediária…

  3. Pedro (Barcellos Sports) disse:

    Nos quadros importados TODOS seguem esse procedimento de serrar a numeração. Já fizemos isso aqui com Argon 18 e Kuota.

    • Zaka disse:

      O meu é importado e mandei inteiro… ah, claro, o problema que deu foi na junção da caixa de direção… cortar só a numeração não adiantava, acho que queriam ver se estava quebrado mesmo.

  4. Alberto Mussatto disse:

    O meu tb foi inteiro por sedex… só pq eu usei um movimento central por 5000 km, e o bicho não saia nem na morça. Resultado: óculos e esmerilhadeira na mão, tirei o movimento, mas os filetes da rosca, mesmo assim comeu tudo. Disse que o quadro veio com defeitos e talss, alto miguelaço… fiquei sem bike uns 40 dias, mas veio um novinho… uahauha

    • Zaka disse:

      Tive um problema semelhante alguns anos atrás. Só consegui tirar o movimento soldando uma porca no eixo e usando uma chave de trocar pneu de caminhão. O quadro eu salvei, já o central….