O futuro de Alberto Contador

Uma coisa é certa: muitos zeros no seu salário.

A Astana fez uma oferta de 8 milhões de euros por temporada para um contrato com vigência até 2013.

Além disso, parece que Fran (o irmão-agente) está bem orientado: Alberto exige uma cláusula que lhe permite quebrar o contrato no caso de haver algum companheiro positivo por doping e a não inscrição de Alexander Vinokourov no Tour de France.

Será que o dono do time (aquele que disse “A Astana é o meu bebê”) concorda com tudo isso?

9 respostas para O futuro de Alberto Contador

  1. José Carlos SBC/SP disse:

    O que ta pegando entre o Contador e Vino?

    • Zaka disse:

      Contador quer ganhar mais um Tour e o Vino pode ser uma pedra na sapatilha: se a equipe inscrever o cazaco, os organizadores do Tour podem barrar a equipe (ele é persona non grata). Além disso, na remota hipótese dos franceses deixarem ele participar, Contador deve ter uma pulga atrás da orelha: Vino já tentou atacar pelas costas um colega (Ullrich na T-Mobile) e esse ano ele sentiu na pele a divisão da equipe com o Armstrong.

  2. jucaxc disse:

    viadão heimmm ! 8 milhões de euros por temporada é grana heimm ! creio que poderá ser o maior salário pago à um ciclista por uma equipe . nem Armstrong recebia tanto assim da USPS e Discovery . Lembrando que o americano ultrapassava os 25 milhões de dolares com outros patrocinios . Ullrich tb tinha rendimentos bons na casa dos 10 milhões de euros , sendo que ele gastava 5 milhões em comida e 4 milhões com o Fuentes .

    Falando em Contador , ele ganhou ontem aquela prova em Curaçao , a Amstel Gold Curaçao e teve a participação bancada pelos organizadores de Contador , Hushvod , Schleck’s , Cavendish …

  3. José Carlos SBC/SP disse:

    Engraçado essas estrelas, o Contador quer uma equipe pedalando só para ele (convenhamos, o cara é bom, mas não quer nenhuma ameaça interna), O Armstrong montando uma equipe para carrega-lo nas costas no Tour (ele é o melhor do Tour, mas para entrar naquela galeria, ele teria que ganhar uma Vuelta e um Giro). Queria ver uma grande volta sem radio e liberando todos os ciclistas para tentarem a vitória, aí o bicho ia pegar. A competição tem que ser entre todos, e não somente entre os capitães das equipes.

  4. jucaxc disse:

    essa prova de Curaçao é um negócio meio tonto , não sei o porquê gastam uma grana para levarem os caras lá ! nem mercado interno pra alavancar as vendas de cerveja tem ! vai entender esses caras !

    Eu creio que ele tem que defender o dele mesmo , qualquer ciclista que se acha em condições de ganhar um Tour vai querer uma equipe ralando para ele . ciclismo é um esporte coletivo onde só um ganha . vamos ver no que vai dar .

  5. luis francisco disse:

    Boa tarde a todos os conpanheiros do pedal!! Tirem uma dúvida minha,AC quer colocar uma clausula no contrato q se alguém da equipe Astana for pego no doping ele poderá quebrar este contrato, se isto ocorrer por exemplo faltando um ou dois meses ou ate semanas antes do Tour, alguma outra equipe poderá contratá-lo a tempo dele correr o Tour? Isso é permitido pela UCI e pelos organizadores do Tour?
    Obrigado, valeu!!

  6. MARCUS VINICIUS disse:

    Afinal de contas ele ganhou o Tour , e o ciclismo como bem disse o amigo , é um esporte coletivo e só um ganha …