Campeonato Estadual de Ciclismo 2009 de Tocantins

Material enviado pelo Vander de Melo Praxedes a respeito do estadual de ciclismo de Tocantins.

cartaz final

A prova acontece a partir deste final de semana, serão 6 etapas sendo a mais pesada no ultimo dia (29/11) onde teremos uma etapa com uma serra de 5 km quase ininterruptos e com inclinação média de 12°.

A prova definirá o campeão tocantinense 2009 de :

  • contrarrelógio ( quem ganhar a etapa 4)
  • resistência ( quem ganhar a etapa 6)
  • montanha ( quem fizer mais pontos nas metas de montanha)
  • elite ( quem fizer mais pontos em todas as etapas)
  • master – acima de 40 ( o master que fizer mais pontos em todas as etapas )

Para os 3 de cada categoria citada acima haverá troféu.

Para os 3 primeiros da elite troféu e +
1° R$ 700
2° R$ 200
3° R$ 100

Para os 3 primeiros de cada etapa terá medalha.

Lembrando aos demais leitores: este espaço está aberto para divulgação de provas de ciclismo, sejam elas corridas, granfondo, audax, randonnée, etc. Quem participar de uma competição e quiser colaborar mandando fotos e um relato, será bem-vindo.

9 respostas para Campeonato Estadual de Ciclismo 2009 de Tocantins

  1. Renato Klein disse:

    Pessoal, aproveito para divulgar o meu site http://www.esportenanet.com.br

    Já postei esta notícia. Quem quiser mandar notícias pode enviar um email para imprensa@esportenanet.com.br

    Abração a todos

  2. Rogério Yokoyama disse:

    Sou aqui de Palmas-TO e gostaria de parabenizar a atual Federação de Ciclismo, na pessoa do Presidente Edmilson, um grande entusiasta deste esporte, que inclusive tira do próprio bolso e faz um trabalho social usando o ciclismo como foco de motivação.
    Parabéns Edmilson, certamente este campeonato será bem sucedido.
    Apesar da nossa realidade ser muito diferente da que se vê no eixo Sul-Sudeste, iniciativas como essa são sempre bem vindas e merecem elogios.
    Pena que minhas pernas não vão aguentar o tranco….

  3. Rogério Yokoyama disse:

    Um lembrete para o “EU” : Pode vir pra cá, pois não terá controle anti-doping nestas provas (Eu creio, preciso confirmar com o Edmilson). xD

  4. ronaldomoura disse:

    e no pcm não tem conversa fiada não e eu estou no time dos que perdem sempre. Ei Zaca, tu bem que podia fazer uns posts sobre o pcm (nada de malícia, pra não abastecer os tramposos virtuais), sobre as táticas e tal, eu to com o 2009 instalado e jogo com a Saxo Bank mas quando o pelote acelera babau… como dizemos aqui, sou um pilombeta (no mundo virtual também).

  5. ROCHESTER BATISTA DE ASSIS disse:

    Carao amigos ciclista e com muito orgulha que estaremos lançado a I Taça GururpI/Palmas de Ciclismo serão 8 etapas de pura emoção onde fica acirra a rivalidade entr palmas e Gurupi que a 14 nos consecutivos manda o ciclismo Tocantinense e se as equipe de Palmas não se unir e acabar com as picuinhas Gurupimas uma vez ira fazer barba cabelo e bigode, estarei entregando o regulamento da Taça para todos atletas na terceira e quarta etapa do estadual de ciclismo a mesma terá inicio no dia 10 de janeiro e a estapa final no dia 21 de março de 2010 pode espera uma grande estrutura pois eu e o Presidente Edimilson estamos tratanco o ciclismo a serio e os master vão ser conteplados com essa taça tbém valorizando todos a altura .

  6. ROCHESTER BATISTA DE ASSIS disse:

    1º TAÇA GURUPI PALMAS DE CICLISMO
    Realização:
    Gurupi Clube de Ciclismo
    SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E JUVENTUDE

    REGULAMENTO
    ART.1º – Objetivando o crescimento do ciclismo do Estado do Tocantins, o Gurupi Clube de Ciclismo com o apoio da Federação Tocantinense de Ciclismo realizará no mês de janeiro, fevereiro e março a I TAÇA GURUPI/PALMAS DE CICLISMO.
    DA I TAÇA GURUPI PALMAS DE CICLISMO:
    ART. 2º- A Taça será disputado em oito etapas nos meses de janeiro, fevereiro e março, sendo 04 provas de criterium (circuito) e 4 de estrada.
    § 1º – Poderá participar 1° Taça Gurupi/Palmas de ciclismo todos atletas inscritos na CBC ou FTC. Atletas não federados não poderão participar ,
    § 2º – Somente serão aceitas inscrições de equipes cujo clube ou associação estejam regularmente registrados na FTC no ano de 2010.
    ART. 3º – Todos os participantes, atletas, dirigentes, técnicos, tomarão conhecimento deste regulamento, de conformidade com as normas da CBC e UCI, e ao aceitar a sua inclusão na 1°Taça Gurupi/Palmas de ciclismo, assumem o compromisso de respeitá-lo, bem como acatar as autoridades da prova e suas decisões, submetendo-se às sanções e penalidades, durante todo o desenrolar da Taça.
    ART. 4º – O Gurupi Clube de Ciclismo e a Federação Tocantinense de Ciclismo não assumem responsabilidade, direta ou indiretamente, por danos sofridos por pessoas ou máquinas, ou por elas provocadas, entre si ou terceiros durante as provas.
    ART. 5º – O atendimento médico, tanto de emergência como de qualquer outra necessidade, será efetuado na REDE PÚBLICA sob responsabilidade desta. A ORGANIZAÇÃO não tem responsabilidade sobre as despesas médicas que o atleta venha a ter durante ou após a prova.
    INSCRIÇÕES:
    ART. 6º – A inscrição terá o valor individual de 20,00 reais, por prova, podendo serem pagas as duas provas do final de semana antecipadamente e de uma só vez pelo valor de R$ 30,00 (trinta reais)
    PARÁGRAFO ÚNICO – Em hipótese alguma haverá devolução de valores pagos a título de inscrição.
    ART. 7° – As provas serão disputadas nas categorias elite e máster.
    § 1º – A categoria máster somente largará em grupo separadamente se houver um mínimo de 06 atletas para a etapa, com idade a partir de 40 anos.
    § 2º – Não sendo alcançado o número mínimo de 06 (seis) ciclistas que preencham as condições estabelecidas no parágrafo anterior, a categoria máster correrá juntamente com a categoria elite e disputará pontuação separadamente da elite.
    § 3 ° O Ciclista terá que descartar seu pior resultado de provas que participar, si participar de 2 etapas descarta um pior resultado, se participar de 8 etapas descarta um pior resultado isso e para o força o atleta participar de todas as etapas
    ART. 8º – As provas (poderão ter) terão regulamento específico do qual será dado ciência a todos os atletas.
    Art. 9º – Os recursos obtidos com as inscrições custearão as despesas de realização das etapas e o excedente reverterá aos organizadores rateados proporcionalmente pelo número de etapas que realize.
    DIREÇÃO DA PROVA:
    ART. 9° – Na organização da prova haverá um Diretor Geral e um Colégio de Comissários. O Presidente do Colégio de Comissários deverá escolher entre os mesmos, os que atuarão como cronometristas, juizes de largada e chegada.
    ART. 10- O Colégio de Comissários, logo após o término de cada etapa e, de acordo com as súmulas e anotações dos comissários adjuntos, elaborará o Boletim Oficial da etapa com os resultados e classificações gerais, bem como demais informações.
    RECLAMAÕES:
    ART. 11 – As reclamações somente serão aceitas pôr escrito, mediante o pagamento de taxa no valor de R$50,00, devolvido caso proceda à reclamação, através do delegado da equipe, ou pelo próprio atleta nos casos até 30 minutos após a divulgação dos resultados.
    PARAGRÁFO ÚNICO – Não serão aceitas reclamações coletivas.
    ART. 12 – Funcionará nesta prova um júri de Apelação formada pôr três pessoas.
    PARAGRÁFO ÚNICO – O Júri de Apelação será reunido após as etapas, para apreciar e julgar recursos e interpostos da prova.
    SÚMULA/LARGADA:
    ART.13 – A partida de cada etapa será dada rigorosamente no horário estabelecido no Boletim Oficial de cada etapa.
    PARÁGRAFO ÚNICO: O encerramento de assinaturas de súmulas se dará 20 minutos antes do horário de largada.
    PROGRAMAÇÃO:
    DATA EVENTO PROVA Local

    10/01/2010 1ª Etapa Estrada Gurupi – Dueré- Gurupi
    10/01/2010 2ª Etapa Circuito Gurupi – vila nova 90 minutos + 5 voltas
    31/01/2010 3ª Etapa Estrada Palmas -estrada de aparecida 90 km
    31/01/2010 4ª Etapa Circuito Palmas -Av.Teotônio Seg. 90 minutos 5 voltas
    14/02/2010 5ª Etapa Estrada Gurupi – sucupira- Gurupi
    14/02/2010 6ª Etapa Circuito Gurupi-(sol nascente) 90 minutos + 5 voltas
    07/03/2010 7ª Etapa Estrada Palmas ( estrada Lageado)
    20/03/2010 8ª Etapa Circuito Gurupi parque mutuca as 19 horas

    PROGRAMAÇÃO DAS PROVAS DE CIRCUITOSENDO UMA A NOITE
    Categoria Tempo Horário de Largada

    Elite 90 min + 5 voltas 16;40 h
    Master 60 min + 5 voltas 15;30 h

    Elite final 90 min + 5 voltas 20;50 h
    Master final 60 min + 5 voltas 19;30 h

    ROGRAMAÇÃO NA PROVA DE RESISTÊNCIA
    CATEGORIA E DISTÂNCIA LOCAL Horário de Largada
    Elite 100 km Gurupi/Duere 9 h
    Master 70 km Gurupi/Duere 9 h
    Elite 90 km Estrada de aparecida 9 h
    Master 60 km Estrada de aparecida 9 h
    Elite 90 km Gurupi/sucupira 9 h
    Master 70 km Gurupi/sucupira 9 h
    Elite 90 km Estrada lageado 9 h
    Master 70 km Estrada lageado 9 h

    Obs. A hora de largada poderá sofrer alterações por conveniência da organização.

    ART. 14 – A concentração dos ciclistas será sempre uma 1 hora antes do horário para a largada, para efeitos de assinaturas de súmulas e preparativos.
    ART. 15 – O ciclista deverá OBRIGATORIAMENTE competir regularmente uniformizado, COM A CAMISA OFICIAL DO CLUBE, ostentando visivelmente os números de acordo com as disposições gerais deste regulamento.
    ART.16 – Os números de identificação que serão usados serão distribuídos 1 hora antes da largada da primeira etapa.
    ART. 17 – Em caso de perda ou violação no tamanho do número deverá ser adquirido um novo número, mediante pagamento de taxa de R$5,00 (cinco reais).
    ART. 18 – O não cumprimento do artigo anterior poderá provocar a desclassificação do ciclista faltoso.
    ART. 19 – O ciclista poderá trocar de bicicleta no decorrer da etapa por problemas mecânicos, desde que seja constatado e autorizado por um comissário de prova.
    ART. 20 – Todos os ciclistas estão obrigados ao uso de capacete (devidamente afivelado), desde o início até o fim de cada etapa.
    CLASSIFICAÇÃO:
    ART. 21 – A classificação geral será feita individualmente, marcam pontos os oito primeiros colocados em cada categoria por etapa, conforme a ordem: 12-10-08-06-04 e 1 ponto para todos que terminar as etapas essa pontuação será usada para definir o campeão na classificação geral. Para a classificação da equipe campeã serão somados todos os pontos dos atletas nas categorias de estrada, com pontuação da categoria elite tendo peso 1,5 e a Máster peso 1. nas provas de circuito haverá 2 metas volantes valendo pontos sendo na ordem 3-2-1-isso na duas categorias
    PARÁGRAFO ÚNICO – Não ocorrendo a categoria máster será desconsiderada a diferenciação de peso estabelecido na pontuação constante deste artigo.
    ART. 22 – Será vencedor individual o ciclista que obtiver a maior soma dos pontos obtidos nas etapas.
    ART. 23 – Em caso de empate na classificação geral, serão usados os seguintes critérios de desempate:
    1. Maior número de vitórias.
    2. Melhores colocações (Ex: maior número de 2º lugares, de 3º lugares e sucessivamente).
    3. Melhor colocação na última etapa.
    CIRCUITO:
    ART. 24 – O abastecimento e o apoio mecânico deverão ser efetuados no mínimo 200 metros antes ou após a linha de largada.
    ART. 25 – Nas etapas de circuito, o atleta que se afastar do pelotão principal e for alcançado pelo mesmo ou pelo ciclista lider será retirado de acordo com a decisão dos Comissários.
    Parágrafo Único – Não serão desclassificados, entretanto, os ciclistas que, mesmo desgarrados do pelotão, estejam agrupados em número superior ao grupo que lhe alcance.
    ARÁGRAFO ÚNICO: NÃO haverá volta de bonificação
    ESTRADA:
    ART. 26 – Só poderá haver um carro de apoio por equipe em cada caravana, podendo abrir exceção no caso de equipes com mais de quatro atletas no pelotão.
    Parágrafo Único – Quando o veículo tiver carroceria, não poderá haver ninguém na mesma.
    ART. 27 – Haverá um carro oficial da Federação, onde os atletas que não tem carro de equipe poderão colocar suas rodas reservas, água, etc.
    § 1º – O carro oficial da Federação será o primeiro da caravana Este carro será o primeiro da caravana.
    § 2º – A equipe e os atletas cujo veículo de apoio se postar irregularmente na posição do carro oficial ou que obstaculizar o retorno deste à posição regulamentar serão punidos com perda de 1 ponto cada e na reincidência punição será pecuniária em valor correspondente à soma das importâncias pagas para inscrição, tratando-se de equipe e o dobro do valor da inscrição, em se tratando de ciclista avulso.
    ART. 28 – O abastecimento deverá obrigatoriamente ser feito no final do pelotão, o ciclista chama o fiscal da Federação indica o número do carro de apoio e aguarda o mesmo se aproximar para efetuar o abastecimento.
    PARÁGRAFO ÚNICO – O atleta que for flagrado utilizando ajuda externa (segurando em algum veículo ou sendo rebocado) para se beneficiar durante a prova será desclassificado sumariamente.
    DISCIPLINA:
    ART. 29 – O Colégio de Comissários velará pela obediência absoluta do presente regulamento por todos os participantes da Taça Gurupi/Palmas de Ciclismo e de forma alguma permitirá qualquer deslize disciplinar ou esportivo. Todos os integrantes da prova, indistintamente, estarão sujeitos as penalidades rigorosas por desrespeito ao regulamento, aos dirigentes e responsáveis pela prova e às Autoridades Policiais.
    § 1º – Quando o faltoso for atleta ou representante de clube, a penalidade que o atingir, poderá estender-se a toda equipe, podendo ser desclassificada e desligada da prova, tal seja a gravidade da falta, a critério da Direção Geral, sem recursos ao júri de Apelação.
    INFRAÇÕES:
    I – Desacatar comissário ou fiscal de prova R$ 100,00 + Suspensão de 3 provas.
    II – Usar o lado esquerdo da pista (contra-mão) na prova de estrada. Por mais de 10 segundos Punição de 2 pontos
    III – Abastecer no meio do pelotão na prova de estrada. Desclassificação.
    IV – Pegar vácuo da moto de filmagem, fiscais de prova, batedores ou quaisquer outro veículo Desclassificação.
    V – Deixar de subir no pódio para receber premiação R$ 50,00 + perda dos pontos.
    VI – Subir no pódio sem estar devidamente uniformizado R$ 30,00
    § 2º – Os valores acima mencionados e o estabelecido no § 2º do art. 27 deverão ser pagos até 30 minutos antes da largada da etapa seguinte, o não pagamento acarretará na desclassificação de toda a equipe.
    § 3º – A falta prevista no item II poderá ser desconsiderada se decorrer de ato involuntário ou para própria segurança do ciclista. A critério do Comissário de prova.
    PREMIAÇÃO:
    ART. 31 – O Gurupi Clube de Ciclismo assegura uma premiação mínima totalizada em R$ 2.950,00 objeto de patrocínio contratado com a Prefeitura Municipal de Gurupi ficando a mesma responsável pelo pagamento.
    § 1º – A premiação será paga no prazo máximo de 30 dias após o termino da Taça.
    § 2º – Se por qualquer motivo a Prefeitura de Gurupi deixar de pagar os prêmios aos vencedores da Taça no prazo estabelecido no parágrafo anterior, transfere-se a responsabilidade do pagamento para os organizadores, rateada proporcionalmente pelo número de provas que realizar.
    Art. 32 – Terão direito à premiação os cincos primeiros colocados de cada categoria ,que somar o maior números de pontos conforme abaixo ;
    CATEGORIA ELITE
    1° COLOCADO – R$ 600,OO + uma bike de 18 macha , 2° COLOCADO – R$ 400,00 , 3° COLOCADO – R$ 300,00 ,
    4° COLOCADO – R$ 200,00 ,5° COLOCADO – R$ 100,00
    Categoria Master
    1° COLOCADO – R$ 600,OO + uma bike de 18 macha 2° COLOCADO – R$ 400,00, 3° COLOCADO – R$ 200,00,
    4° COLOCADO – R$ 100,00 5° COLOCADO – R$ 50,00

    DISPOSIÇÕES FINAIS:

    ART. 32 – Este regulamento técnico foi elaborado tendo por base as normas internacionais adotadas pela U.C.I (União Ciclística Internacional e Confederação Brasileira de Ciclismo – CBC).

    ART. 33 – Os assuntos que não foram citados aqui serão resolvidos pela organização

    GURUPI CLUBE DE CICLISMO
    ROCHESTER B DE ASSIS
    Rochester_gpi@hotmail.com
    8417-8403

    Federação Tocantinense de Ciclismo
    Edmilson Vieira das Virgens
    Presidente (63) 8402- 5880
    ftciclismo@hotmail.com

  7. MANOEL DE OLIVEIRA SANTOS disse:

    PREZADO SENHOR PRESIDENTE,

    SOU CICLISTA E PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE CICLISTAS E CORREDORES DE RUA SANTAMARIENSES, CIDADE NO OESTE DA BAHIA,DISTANTE DE BARREIRAS-BA, 220 KMS. GOSTARIA DE INFORMAR SE A NOSSA ASSOCIAÇÃO PODERÁ PARTICIPAR DAS PROVAS AÍ. E O ATLETA COM 50 ANOS EM DIANTE PARTICIPARÁ
    COMPETINDO, QUANTO KMS NESTA PROVA?.

    ATENCIOSAMENTE.
    MANOEL DE OLIVEIRA SANTOS-PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO, E SEC. DA JUNTA MILITAR DE SANTA MARIA DA VITÓRIA-BA.
    TEL- 077-34831814
    077-91979248

  8. ROCHESTER BATISTA DE ASSIS disse:

    MANOEL NESSE EVENTO SERÃO SO DUAS CATEGORIAS SENDO A ELITE E MASTER

    A CAT. master e aparti de 40 anos ,serão duas prova no mesmo dia em media 70 km de estrada e mais uma hora atarde de cicuito
    qualquer duvida me liga
    063-8417-8403

    a premiação poderá ser dobrada