Vino e Kash

Alexander Vinokourov continua na sua batalha rumo ao título do corredor mais antipático do ano.

Declarou recentemente que Andrey Kashechkin é um risco para a equipe e por isso não pode assinar contrato com ele. É um risco devido ao seu passado recente de problemas com doping.

A equipe parece que vai bem. Uns declaram que ofereceram 8 milhões de euros a Contador, outros dizem que não é tudo isso e que eles tem (e terão) sérios problemas financeiros no futuro. Contratam como diretor Giuseppe Martinelli que foi treinador de Marco Pantani. Como como treinador, Yvon Senquer, ex-Festina.

E lembrando: sua licença pode ser revogada a qualquer momento.

5 respostas para Vino e Kash

  1. Pedro (Barcellos Sports) disse:

    Lamentável.. onde o Contador vai se meter!!!!

  2. FAB1000 disse:

    Acho que o problema do Vinokourov é que o Kasheskin sabe muita coisa errada ou deve ter engolido um enorme sapo Kasaque e pode vir a dar com a língua nos dentes.

  3. jucaxc disse:

    o negócio é q o Pat McQuaid deu um sacode na Astana e disse que eles já tem um cara que voltou de punição ( Vino ) e ele já não ve isso com bons olhos … imagina ter outro ( Kash ) no plantel ! ainda mais Kash que alegou que os exames antidoping são desumanos kkkk !

  4. george disse:

    Vino parece um Rei tirano no Reino chamado Team Astana…o cara contrata ciclista,despede ciclista,troca o fornecedor de bicicletas,enfim,me parece um sujeito “um pouco” centralizador!

  5. Jucaxc disse:

    é o Czar da Astana … o Khan !