Uniformes bonitões (15)

30/janeiro/2010

Os conterrâneos do Chavez que me desculpem, mas parece uma lona de circo.

Anúncios

Abdou

30/janeiro/2010

abdouDjamolidine Abdoujaparov nasceu no UZBEQUISTÃO em 28 de fevereiro de 1964 na cidade de Tashkent. Sprinter, foi apelidado de “O Terror de Tashkent”.

Mais parece com um vilão dos filmes do Rambo ou do Rocky, mas não é essa a origem do seu apelido: seus sprints “abobalhados” chacoalhando pra todo lado, nunca mantendo uma linha reta geravam o terror no pelotão.

Foi ciclista desde os tempos da extinta União Soviética e alcançou seu pico máximo como ciclista após a derrocada comunista, assim pode representar o seu próprio país apesar de algumas dificuldades inusitadas, como a falta de filiação do Uzbequistão junto à UCI.

Seu duelo pelo maillot verde do Tour de France faz parte da história do ciclismo. Em 1991 Abdou venceu a competição apesar de um tombo FELOMENAL a menos de 100 metros da chegada em Paris: ele já tinha pontos suficientes para vencer a competição, mas era necessário concluir a prova. Cruzou a linha amparado por membros da equipe e acompanhado pelos médicos. No total venceu a disputa de pontos em três oportunidades: 1991, 1993 e 1994. Ao lado de Eddy Merckx e Laurent Jalabert faz parte do seleto grupo que venceu a classificação por pontos das três grandes voltas.

Em 1996 conseguiu a última das suas 7 vitórias no Tour ao entrar numa fuga nas montanhas, algo nada usual para um sujeito com as suas características.

Abandonou o ciclismo em 1997 após ser suspenso por uso de bromantan (um estimulante) e clenbuterol (vaso dilatador).