RockShox na Paris-Roubaix

Eros Poli usou na Paris-Roubaix (1997 possivelmente, não consegui confirmar) uma suspensão RockShox de mountain bike numa tentativa de suavizar a prova.

“Usamos a RockShox para amortecer as vibrações no calçamento. Nas partes de asfalto trancamos a suspensão e ela ficava rígida. Era muito pesada e não nos trouxe grandes vantagens. Substituímos por garfos com maior inclinação para a frente que amorteciam melhor e respondiam melhor aos ataques”.

pr

Mas a falta de uma resposta positiva talvez seja mais falta de pernas (com todo o respeito) do que equipamento inadequado: em 1992 e 1993 o francês Gilbert Duclos-Lassalle venceu a mesma prova usando o mesmo tipo de equipamento (mais antigo, mais ultrapassado e possivelmente mais pesado).

Anúncios

12 Responses to RockShox na Paris-Roubaix

  1. Will Barbosa Bike e etc. disse:

    uau!!!!!!!!!
    belo post zaka! ta de parabens como sempre!
    bela nota!

  2. jucaxc disse:

    Post legawww Zakarias , essa semana mesmo estava comentando isso com um amigo . As rock shox’s foram usadas diversas vezes na Paris-Roubaix . Um cara que usou muito as RS Paris-Roubaix foi “belga” especialista em clássicas Andrei Tchmil , ele ganhou em 1994 a Paris-Roubaix usando a suspensão RS Paris-Roubaix SL . Essa suspa era derivada da Mag 21 .
    Outra bike que tinha garfo com curso era a Cannondale Silk Road idealizada para os paves !

    Foto do Tchmil com a Rock Shox em 1994 :

    Uma outra coisa de loko foi a Bianchi usada por John Museeuw em 1994 na Paris-Roubaix .

  3. Facchini disse:

    Vamos procurar agora né Jucaxc.. hehe essa bike do John, mas os ultimos vitoriosos usaram algo do tipo?
    Não lembro de ter visto o Boonen com algo assim na bike.

  4. Facchini disse:

    alias quais as principais mudanças feitas na bike pra essa prova?

  5. sergio disse:

    só lembrando ao JUCA, TCHMIL, não é belga ele é russo e nessa foto que vc colocou ai ele esta usando uma caloi, e durante essa prova ele usou duas bikes , com geometrias diferentes para um melhor rendimento durante a prova ok
    um abraço

  6. sergio disse:

    só pra lembrar,JUCA,TCHMIL não e é belga e nessa foto e que vc mandou o link ele ta usando uma caloi, e durante essa prova ele usou 2 bikes com geometrias diferentes para ter uma vantagem sobre os demais, se não estou enganado nesse ano na equipe lotto tinhamos WANDERLEI MAGALHÃES E MAURO RIBEIRO
    UM ABRAÇO

  7. Jucaxc disse:

    Kkkk é Facchini ” John ” Musseew foi um desastre e é até um pecado chamar o Leão de Flandes de John , americaneizei o belga … Johan Museeuw kkkk .

    Sabes que depende muito de cada ciclista . Mas dentre as que os caras mudam são os pneus , usam 23mm ou até 25mm !!!

    Na relação costumam colocar 44T em vez de 39T , para os câmbios dianteiros campagnolo há uma espécie de guia que evita que a corrente caia do coroa menor do pé de vela .

    Os freios também tem atenção especial , há ciclistas que usam freios de cyclocross e manetes auxiliares .

    Há bikes com suspensão traseira tipo soft-tail ( a Trek do Hincapie em 2005 e 2006 ) com um elâstomero traseiro .

    Já vi caras usarem garfos estilo cyclocross feitos de cromo-boro ou cromo-molibidênio ( Steffen Wesemann 2995 ) e Alessandro Ballan em 2006 preferiu ultilizar uma Willier de cromo em vez das bikes de carbono ( mesmo usando aço ele fez 3º na Paris-Roubaix do ” trem ” que passou e Cancellara ganhou andando muito )

    Uns mudam a inclinação do banco em dias que prometem chuva para evitarem ” escorregar ” por causa da ” pouca ” lama e barro !!!

    Outros usam quadros mais longos que o normal e garfos mais altos e largos para usarem pneus mais largos .

    Francesco ” transfusão ” Moser usou tiras de espuma na sua bike uma vez , para evitar os solavancos que tremem até os ossos .

    Já Johan Musseeuw usou essa bike em 1995 ( e conseguiu um honroso 3º lugar , nesta edição o vencedor foi o finado grande Ballerini ) :

    http://www.pezcyclingnews.com/?pg=fullstory&id=5800&status=True&catname=Tech%20News

  8. Gabriel Sousa disse:

    O Inferno do Norte e as suas especificidades.
    Sempre bom ler sobre isso com quem sabe.

  9. José Carlos SBC/SP disse:

    Ta inspirado em Juca, hehehe

  10. Jucaxc disse:

    Putzz José , é que as bikes da Paris-Roubaix são doidonas !!!

    vendo que Musseeuw correu de ” full-suspension ” será q Cancellara correria com uma Specialized EPIC S-works ?

  11. KADU-Mobile disse:

    Naquele ano que o Hincapie quebrou o garfo e caiu a TREK usou um tipo de suspensão traseira integrada ao quadro.

  12. Jucaxc disse:

    Sim kadu , já foi dito , em 2005 e 2006 . Em 2006 o cambau foi por causa da quebra da espiga do garfo . Essas bikes tinham ujm elastômero de 2mm de curso para amortecer os trepidamentos .