A Lenda do Ataque Suicida

Essa breve conversa teria acontecido no Tour de Flanders de 1969. Merckx ataca faltando 70Km para a meta, sob vento e chuva.

O diretor da equipe (Faema) se coloca ao seu lado:

Guillaume Driessens: “Está louco? O vento de frente vai te matar. Espere o grupo!”.

Eddy Merckx: “Eles que se f*!”.

Essa, ao que parece, não é lenda: tem até site.

Anúncios

5 Responses to A Lenda do Ataque Suicida

  1. Marcelo Indicatti disse:

    Machão mesmo!

  2. Emilio Salum Filho disse:

    POR ISSO QUE ELE É ELE….

    muito bacana o site ambem hein?

  3. Conan disse:

    Caro Zaka
    Não quero deslustrar o teu trabalho, mas a tradução não está correcta. Ele disse “Vai-te fo***”, portanto ele não gostou mesmo do comentário do seu director desportivo, que não compreendeu a sua insatisfação pelo que se estava a passar. Eu também fico fod*** quando, ao pedalar num grupo, verifico que todos se resguardam atrás da minha pessoa, quilómetro atrás de quilómetro, especialmente quando o vento é forte ou chove. Fica pior quando o vento é forte E chove… Para isso prefiro pedalar sozinho.
    Joaquim Agostinho também tinha o hábito de fazer isso, costumava chegar à meta 15 minutos antes dos outros. Há até uma história muito curiosa sobre ele: ganhou uma corrida, foi tomar banho, vestiu-se e ainda o segundo não tinha cruzado a meta… Para mim, o segundo melhor ciclista de sempre, a seguir a Eddy Merckx.

  4. Gabriel Sousa disse:

    O Canibal!!!
    Eu nunca vi o Agostinho correr mas a imagem que tenho dele é que tinha IMENSO coração, pernas fortíssimas mas mentalmente não era um campeão. Infelizmente!