Los Tres Amigos

Eddy Merckx assinou um contrato com a equipe da margarina SOLO apenas para passar a profissional em 1965. No ano anterior tinha sido campeão mundial amador e esperava receber algum conhecimento de Rik II, o primeiro a ganhar os cinco monumentos.

Mas o quê ele poderia esperar de uma equipe que se dedicava totalmente a um corredor? O diretor esportivo era Hugo Marie (cunhado de Van Looy).

Van Looy começou a irritar Merckx, como era seu estilo. Por exemplo, apelidou-o de Jack Palance devido ao seu hábito de comer arroz doce com calda e Merckx não gostou (não perguntem a razão, não entendi a comparação). Eram muito diferentes, um falador, carismático, o outro frio e reservado.

Merckx percebeu que deveria mudar de ares quando não recebeu nenhum tipo de ajuda ou dicas no campeonato belga de 1965. No final tomou a decisão de ir para a Peugeot contra a vontade de Jean Van Buggenhout, o chefão do ciclismo belga da época.

Desse ponto em diante não parou de crescer, enquanto Van Looy que estava no final de carreira começou a decair. A partir daí ele correu sempre na roda de Merckx até não mais aguentar.

Rik II sempre falava como teve que abrir caminho na sua carreira contra o outro Rik, que Anquetil o fez sofrer mais do que Merckx, que já tinha mais de 33 anos quando Eddy começou, que ele não suportava perder, que era frágil moralmente, que era uma pessoa orgulhosa e duvidava das suas qualidades humanas e que se estivesse no pico, Merckx nunca seria campeão mundial.

No que diz respeito a Merckx, ele era filho de pais flamencos e a família mudou-se para Woluwe-Sait-Pierre onde tinham uma mercearia. Eddy estudou francês. Também influencia que sua esposa, Claudine, era francesa. No final das contas, ele não falava bem nem o francês, nem o flamenco (seu pai falava apenas flamenco).

Rik II era o líder do ciclismo belga, um deus para os flamencos (só esqueceram de contar para Beheyt Benoni – história aqui e vídeo aqui). Van Looy pegava a metade dos prêmios das quermesses e quem quisesse participar precisava do seu aval. Esse terror psicológico durou até mesmo depois que encerrou sua carreira: a maioria dos jovens belgas sofria sua influência e queriam vencer Merckx a qualquer custo (vide Roger de Vlaeminck).

Logo após Merckx encerrar sua carreira, uma emissora belga teve a genial idéia de reunir no mesmo espaço Rik I, Rik II e Merckx. Rik I sentou no meio e ficou calado enquanto Merckx respondia aos ataques de Rik II e queixava-se de que Rik II não corria para vencer, apenas para fazê-lo perder.

Uma resposta para Los Tres Amigos

  1. Rafael Machado disse:

    Não sabia que o De Vlaemick era inimigo do Canibal….