De Rosa

Mais uma marca de bicicletas italianas desconhecidas. De Rosa, produzidas em Pozzuoli. A empresa Fabbrica Biciclette de Rosa foi fundada em 1940 por Raffaele De Rosa. Seu filho, Achille começou a trabalhar com o pai com 10 anos de idade e aos 15 já construia quadros completos. A tradição familiar continua hoje com Antonio, filho de Achille, que também constrói quadros 100% de carbono.

Quando acessamos o site, a primeira mensagem que aparece é:

ATTENZIONE !!! I CONTENUTI DI QUESTO SITO SONO COMPLETAMENTE DIVERSI ED ESTRANEI DA QUELLI DELLA DITTA DE ROSA UGO & FIGLI DI MILANO

http://www.derosabike.it/

A “outra” De Rosa fica nesse endereço: http://www.derosanews.com/

8 respostas para De Rosa

  1. Facchini disse:

    http://bikeadelic.blogspot.com/ aqui tem mais..

    linda as bikes! gosto de espirito delas..

  2. jafo disse:

    Lembro que era o fabricante das bicicletas Eddy ( canibal) Merck .

  3. Rodrigo Fiera disse:

    Tu ve só…
    Tu pode acabar comprando uma De Rosa achando que tá comprando uma De Rosa…

    O link que eu consegui abrir foi este aqui http://www.biciclettederosa.com/
    Mas tem que campear (procurar, em gauchês) lá dentro essas fotos que o Zaka postou (chi siamo).

    A partir de agora já sei que na Itália existe a De Rosa e também a De Rosa🙂

  4. Juca disse:

    Quem começou primeiro deve ter o status de ser a verdadeira De Rosa ! Nada mais justo .

  5. Antonio Carlos Alves disse:

    Uma da mais famosas fabricas de bicicletas da Itália

    A bicicleta do Eddy Merckx e que levava o seu nome era fabricada pelo artesão italiano Hugo de Rosa.

    Era um mestre na geometria das bicis de cro-mol.

    muito boa esta matéria

  6. Antonio Carlos Alves disse:

    Perdão é UGO sem “H” UGO DE ROSA

  7. vigorelli disse:

    Uma De Rosa que não é uma De rosa…nem imaginava!

    http://vigorelli.wordpress.com/

  8. Fernando disse:

    Para mim, De Rosa pra valer é a que tem o coração no nome. Nos anos 70 tinha uma ou outra no pelotão verde-amarelo. Depois, com tanta crise econômica que assolou o país, elas sumiram.

    Mas é genial que estejam até patrocinando uma equipe profissional agora. Parabéns para a De Rosa (as duas!) e para o Zaka por mais um ‘furo’ de reportagem.

    Abs