Settimana di Coppi e Bartalli – Final

27/março/2010

1      Ivan Santaromita (Ita) Liquigas-Doimo
2     Przemyslaw Niemiec (Pol) Miche     0:01:43
3     Jose Rodolfo Serpa Perez (Col) Androni Giocattoli     0:02:25
4     Leonardo Bertagnolli (Ita) Androni Giocattoli     0:02:38
5     Riccardo Ricco’ (Ita) Ceramica Flaminia     0:02:44
6     Riccardo Chiarini (Ita) De Rosa – Stac Plastic
7     Damiano Caruso (Ita) De Rosa – Stac Plastic     0:02:52
8     Sergio Pardilla Bellon (Spa) Carmiooro NGC     0:03:05
9     Jackson Rodriguez (Ven) Androni Giocattoli
10     Fortunato Baliani (Ita) Miche     0:03:18

Treina Riccò, treina.

E o Frango? Ontem estava a 38 minutos do líder.

Anúncios

Critérium International – Etapa 1

27/março/2010

Os locutores espanhóis lembram um certo locutor brasileiro que fica cego quando tem um compatriota disputando qualquer coisa contra um estrangeiro. Quer dizer, não sei se ficam cegos, ou fazem de propósito: citaram de novo aquela lenda urbana de que Contador venceu o Giro d’Italia saindo das suas férias na praia, onde sequer estava com a bicicleta.

Bom. Acredita quem quer nessa história.

Uma corrida típica de uma prova por etapas. Talvez um pouquinho mais agitada pelo fato da prova ser disputada em dois dias e três etapas, mas de um modo geral, os corredores escondendo suas virtudes e suas fraquezas. Como de praxe, na chegada o ataque (único verdadeiro) e decisivo de Pierrick Frédigo (Bouygues) que conseguiu se livrar de Tiago Machado, o tuga da RadioShack que acabou na segunda posição.

Titio Armstrong estava na cola do pelotão antes dos ataques decisivos. Contador parecia estar bem, mas não conseguiu responder aos ataques e perdeu uma pá de tempo para tentar descontar no CR de amanhã.

1. FEDRIGO Pierrick 94 BBOX BOUYGUES TELECOM 5h 19′ 45″
2. MACHADO Tiago 25 TEAM RADIOSHACK 5h 19′ 56″ + 00′ 11″
3. SANCHEZ Samuel 111 EUSKALTEL – EUSKADI 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
4. EVANS Cadel 51 BMC RACING TEAM 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
5. MONCOUTIE David 61 COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
6. CARRARA Matteo 152 VACANSOLEIL PRO CYCLING TEAM 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
7. ROGERS Michael 7 TEAM HTC – COLUMBIA 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
8. HORNER Christopher 24 TEAM RADIOSHACK 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
9. HERMANS Ben 23 TEAM RADIOSHACK 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
10. LOPEZ GARCIA David 105 CAISSE D’EPARGNE 5h 20′ 00″ + 00′ 15″
14. MILLAR David 41 GARMIN – TRANSITIONS 5h 20′ 09″ + 00′ 24″
23. CONTADOR Alberto 11 ASTANA 5h 20′ 58″ + 01′ 13″
33. VINOKOUROV Alexandre 18 ASTANA 5h 21′ 37″ + 01′ 52″

Até agora o titio não chegou. Quer dizer, chegou, mas não apareceu nos resultados.


E3 Prijs Harelbeke – Resultados

27/março/2010

A melhor das duas de hoje, sem dúvidas.

Faltando aproximadamente 40Km para o final, Boonen atacou numa subida, Cancellara e Flecha foram juntos.

Alcançaram um grupo de vários Rabobank e outros corredores. Assim como alcançaram, passaram sem dar nenhuma explicação.

Pozzatto tentou. Tentou e tentou. Quando restavam aproximadamente 20Km desistiu e resolveu esperar os Rabobank.

Lá na frente os três faziam um belo trabalho de revezamento, mantendo a diferença para o segundo grupo sempre na casa dos 30 segundos.

Um único quilômetro restava. Um quilômetro e uma esquina enjoada de fazer e Cancellara atacou antes da curva. Boonen tentou ir atrás e se atrapalhou um pouco com Flecha na tal esquina. Foi o suficiente para Cancellara abrir alguns poucos metros e usar sua técnica e força bruta, chegando com uns cem metros de vantagem.

O momento do ataque

  1. Fabian Cancellara
  2. Tom Boonen
  3. Juan Antonio Cavalo Paraguaio Flecha
  4. Filippo Pozzatto
  5. Lars Boom

O pódio - até aqui Flecha foi o último


Criterium e E3 – AO VIVO

27/março/2010

E funcionando!

Criterium:

http://es.justin.tv/freddy49barsa#r=9qWBVpU~(obrigado Wellington)

http://www.fromsport.com/video-211806.html (obrigado Leitzke)

Bem interessante, uma subida enjoada com a Euskaltel puxando, a Astana logo atrás e a RadioShack na cola.

E3:

http://www.vshare.tv/live/247398/patman

Comecei a assistir agora.

Divirtam-se!

(sem criar muita polêmica: A corrida é na Bélgica).