Liège-Bastogne-Liège – Imagens

22/abril/2010

A história preservada.

Anúncios

Ciclomercado (2)

22/abril/2010

Depois da etapa do Giro del Trentino, a antessala do Giro d’Italia, o que passará pela cabeça dos diretores de equipes ao analisar os tempos de alguns novos contratados?

…33 Gilberto SIMONI ITA LAM 39 +1:28
…36 Franco PELLIZOTTI ITA LIQ 32 +1:39
…42 José RUJANO GUILLEN VEN ISD 28 +4:04
…68 Emanuele SELLA ITA CMO 29 +10:44
…84 Stefano GARZELLI ITA ASA 37 +13:35


Liège-Bastogne-Liège 2010

22/abril/2010

25 de abril, domingo.

Chamada de La Doyenne. Ou seja, a mais antiga, a mais velha, a mais tradicional. A primeira edição data de 1892!

A altimetria

A chegada

Os côtes

Km 69.0 – Côte de la Roche-en-Ardenne – 2.8 km climb to 4.9 %
Km 116.0 – Côte de Saint Roch – 0.8 km climb to 12 %
Km 159.0 – Côte de Wanne – 2.7 km climb to 7 %
Km 166.0 – Côte de Stockeu (Stèle Eddy Merckx) – 1.1 km climb to 10.5 %
Km 186.0 – Col du Rosier – 6.4 km climb to 4 %
Km 198.0 – Col du Maquisard – 2.8 km climb to 4.5 %
Km 209.0 – Mont-Theux – 2.7 km climb to 5.2 %
Km 223.0 – Côte de la Redoute – 2.1 km climb to 8.4 %
Km 238.0 – Côte de la Roche aux Faucons – 1.5 km climb to 9.9 %
Km 252.0 – Côte de Saint-Nicolas – 1.0 km climb to 11.1 %

Os fortões

  • CANCELLARA Fabian
  • SCHLECK Frank
  • SCHLECK Andy
  • VALVERDE Alejandro
  • GILBERT Philippe
  • KIRCHEN Kim
  • WIGGINS Bradley
  • CUNEGO Damiano
  • DEVOLDER Stijn
  • FREIRE Oscar
  • EVANS Cadel
  • SASTRE Carlos (alguém perguntou por ele?)
  • VINOKOUROV Alexandre
  • CONTADOR Alberto
  • PAULINHO Sergio

Vencedores a partir de 2000

2009  Andy SCHLECK
2008  Alejandro VALVERDE
2007  Danilo DI LUCA
2006  Alejandro VALVERDE
2005  Alexandre VINOKOUROV
2004  Davide REBELLIN
2003  Tyler HAMILTON
2002  Paolo BETTINI
2001  Oscar CAMENZIND
2000  Paolo BETTINI

Ao vivo

  • ?
  • ??
  • ???

Cenas que não veremos mais

22/abril/2010

Giro d’Italia 2008: Cavendish entrega a vitória para seu lançador Greipel. Isso nos tempos em que eles eram apenas bons amigos.

Isso já era. Hoje em dia eles já não compartilham a mesma estrada.

Greipel ficou magoadinho quando não foi convocado para a Milano-San Remo desse ano, falando por aí que estava em ótima forma e não entendia por quê levaram Cavendish, que não tinha a menor chance de vitória.

“Nunca voltarei a dividir uma corrida com ele”.

“Inclusive, em má forma, sou melhor corredor que ele”.

“Não me agradaram os seus comentários. Se ele acha que tem chances de vitória, deve dizer antes da prova, e não olhando apenas os resultados”.

“Seu eu quisesse apenas vitórias, não correria apenas provas ProTour. Se quisesse ter pequenas vitórias de merda, correria então pequenas corridas de merda”.

Não é invenção minha. Foi publicado no The Guardian.


Paris-Roubaix, o passado

22/abril/2010

Nem sempre foi tão fácil vencer.

Ficar um dia inteiro parado por 30 segundos (mas eu ficaria)

Se no seco já é difícil, imaginem no barro e sem pneu….