Cenas que não veremos mais

Giro d’Italia 2008: Cavendish entrega a vitória para seu lançador Greipel. Isso nos tempos em que eles eram apenas bons amigos.

Isso já era. Hoje em dia eles já não compartilham a mesma estrada.

Greipel ficou magoadinho quando não foi convocado para a Milano-San Remo desse ano, falando por aí que estava em ótima forma e não entendia por quê levaram Cavendish, que não tinha a menor chance de vitória.

“Nunca voltarei a dividir uma corrida com ele”.

“Inclusive, em má forma, sou melhor corredor que ele”.

“Não me agradaram os seus comentários. Se ele acha que tem chances de vitória, deve dizer antes da prova, e não olhando apenas os resultados”.

“Seu eu quisesse apenas vitórias, não correria apenas provas ProTour. Se quisesse ter pequenas vitórias de merda, correria então pequenas corridas de merda”.

Não é invenção minha. Foi publicado no The Guardian.

Anúncios

19 Responses to Cenas que não veremos mais

  1. Facchini disse:

    O Gorila jogou no ventilador!

  2. Pedro (Barcellos Sports) disse:

    Prefiro a postura do Cav. Como ele mesmo disse a fama deu uma sacudida nele, mas no Greipel não foi uma sacudida e sim uma erupção tipo a do vulcão na Europa…

    Masssssss… nunca sabemos a verdade que rola nos bastiores! Torço pelo Cav!

  3. leonn disse:

    Facchini e Pedro,

    vocês não estão confundindo as declarações? Greipel só disse que não entendeu a sua não-escalação para Milan-San Remo, pois estava em grande forma. Quem dizendo que é o bom e não quer nem saber de correr com o outro é o Cavendish.

    Relendo o post, acho que o Zakadeixou o texto ambiguo. Olhando o texto do Guardian. A partir do “Nunca voltarei a dividir …” são frases ditas pelo Cav.

    Inclusive, na reportagem postada no Cycling News semana passada, o Cav admitiu que falou bobagem nessa reportagem ao Guardian do início de Abril.

  4. Thomas disse:

    Cav é forte, mas tb é um completo babaca.

  5. davisilveira disse:

    cav é moleke, se continuar falando m… pode ganhar 500 corridas pro tour q nao vai chegar aos pés dos grandes sprintrs, q ganhavam corridas e era idolos da criançada por onde passavam.

  6. rodrigo fieira disse:

    Já tinha lido isso, todas as frases entre aspas foram bostejadas pelo inglês, que pelo jeito não tem só os dentes podres, mas o cérebro também. Coisinhas mais antiéticas de se dizer de um colega, ainda mais sendo da mesma equipe. Parece o Ricco falando m..

  7. george disse:

    Tá se achando o Cav.!O Cippolini não é p treinador dele?!Tá explicado!

  8. José Carlos SBC/SP disse:

    Tambem ví o Greipel apenas reclamar da não escalação para a Milan-San Remo.
    A tendência é o Dentes Podres falar mais m… ainda, pois o Greipel começou o ano e está mantendo a ritmo, vitórias e mais vitórias (ta certo que algumas de 2ª categoria), mas ela ta aí.
    Falando no Cav, cadê ele? Será que ainda ta no dentista? hehehe

  9. george disse:

    No prólogo diz que o Cav é treinado por Zabel e Mario Cipollini…mas quem sabe nem o SuperMario suportou o SuperEgo do Cavendish!

  10. Facchini disse:

    ah então são declarações do cav?
    zabel devia ensinar as coisas melhor pro ingles..

  11. Conrado Calvet disse:

    O CAvendish é um completo babaca. O cara fica meio ano vegetando e exige a escalação na Milan-San Remo, o Greipel esta andando bem mais. Quero ver no AToC e no Giro, se o Greipel detonar no Giro e ganhar muitas etapas quero ver a Columbia não escalar os dois para o Tour. E convenhamos se o Cav quer disputar alguma coisa de verdade ele devia correr o Giro e não o AToC.

    Abraços
    Conrado

  12. leonn disse:

    Calvet,

    AToC=California? Se for isso, o Cav justificou que por “imposição” da Columbia (contratos comerciais) vai correr na California e não o Giro. Imagine, o sprintista sensação de 2009, ganhador de 6 etapas no TdF correndo numa equipe americana não correr na América. De marketing americano entende mais que qualquer outro povo e uma oportunidade eles não deixariam passar de jeito nenhum.

    Inclusive na reportagem do Guardian há especulações do Cav ir para Sky.

    • Zaka disse:

      E mesmo sem imposição, se eu fosse sprinter optaria por correr onde eu tivesse maiores chances de vitória e o terreno fosse favorável ao meu estilo… Giro é lugar de escalador. Mas falando em marketing, os donos da equipe estão certos.

      Era pro Cav ir pra Sky ainda esse ano, mas parece que o contrato dele tem uma cláusula de rompimento um pouco salgada.

  13. rubao disse:

    Cav caiu no meu conceitoo!

  14. José Carlos SBC/SP disse:

    O Greipel ja tem 11 vitórias em 2010.
    Trofeo Magaluf
    Santos Tour Down Under
    Cinq étapes du Presidential Tour of Turkey
    Trois étapes du Santos Tour Down Under
    Une étape du Tour d’Algarve
    2ème du Trofeo Cala Millor (Não conta)
    2ème du Rund um Köln (não conta)
    Cadê o Cav????

    • Zaka disse:

      De todas as bobagens ditas pelo Cav, em uma ele tem razão… desse rol de vitórias, qual realmente É importante? É um “palmáres” que não impressiona, provas menores, e em algumas ele, digamos, correu sozinho. UMA clássicazinha só tem maior repercussão e dá muito mais retorno ao patrocinador.
      Ok, mas nas contas, tá 11 a 1. A “1” do Cav também é do mesmo nível.

  15. leonn disse:

    Zaka e demais,

    saiu no CyclingNews que o Greipel quer sair da HTC. Em qual equipe ele teria um bom trem para mostrar que ele é forte na chegada?

    http://www.cyclingnews.com/news/greipel-wants-to-leave-htc-columbia