Lixo

Um grupo de ecologistas belgas entrou com uma ação criminal contra três corredores que participaram da Flèche Wallone por crime ambiental.

Benjamin Gourgue (Landbouwkrediet), Christopher Froome (Sky) e Blel Kadri (Ag2R) foram vistos jogando fora embalagens de alimentos e garrafas plásticas.

Froome disse em entrevista ao Cyclingnews que acha engraçado que só os três foram acusados e não o pelotão inteiro. Admitiu que fez isso e pediu desculpas.

Outras entrevistas foram concedidas e eu concordo com a maioria: se possível, as embalagens de alimentos devem (podem) ser guardadas nos bolsos (eles servem também pra isso), já os bidónsmusettes eu DUVIDO que fiquem no chão por mais de 5 segundos.

Não sei se coloco esse post na categoria de humor. Pra mim isso é quase uma piada (não que eu não me preocupe com o lixo e não tente minimizar o estrago que faço no planeta, mas tudo tem um limite).

30 respostas para Lixo

  1. Rogério Yokoyama-Palmas/TO disse:

    Pois é. E a Fórmula-1 ? Automobilismo, Motociclismo e esportes movidos a combustíveis fósseis em geral ?
    E as mega maratonas com mais de 40 mil participantes ? Não geram lixo também ?
    Acho que no caso em questão (Flèche Wallone), por uma questão de coerência, a organização também deveria ser processada, pois bastaria disponibilizar “recolhedores de lixo” a cada tantos kilômetros, ou em pontos estratégicos.

  2. Rafael disse:

    Já cansei de participar de provas de mountain bike, que mesmo depois de 1, 2 semanas da realização da prova, volto para a trilha e o lixo ainda está lá. Creio que os organizadores devem ter essa responsabilidade, recolher o lixo que fica pelo caminho. Não vejo dificuldade nisso, já organizei algumas provas e é o mínimo. Como disse o Rogério, o coerente seria processar a organizadora do evento, e não os atletas. É por atitudes como desse grupo “extremista” que muitas vezes a real defesa por um mundo mais limpo, perde sua credibilidade.

    • Zaka disse:

      Isso eu já vi aos montes, seja em provas de bike, motos, carros… semanas, meses depois as fitas, lixo, ainda ficam no local. Certa vez mandei um e-mail para um organizador pedindo providências pois o lixo “dele” estava sujando as “nossas” estradas e trilhas. Claro que fui xingado até a quarta geração (e o lixo, no final das contas – parte dele – fui eu que retirei).
      No Giro que inicia no próximo sábado vai ter alguma coisa com a compensação de créditos de carbono ou coisa parecida para “pagar” pela emissão dos carros da caravana.

  3. viley disse:

    Zaka,
    sei que não é o local correto…
    mas gostaria de parabenizá-lo pelo magliarosa
    acabei de ler a VO2 desse mês
    e tem uma citação retirada do seu site na revista…

    isso só mostra o quanto é importante este blog para nós que amamos o ciclismo…pois a maior revista do assunto no país faz referência a uma matéria postada aki… isso realmente me deixou muito feliz…
    mais uma vez….meus parabéns pelo belíssimo trabalho realizado aqui…

    um grande abraço

  4. Marco disse:

    Primeiramente não dá pra justificar nossos erros com base no erro dos outros.

    Eu penso que a maioria segue os exemplos de seus ídolos. Seria um bom exemplo que os PROs guardassem seu lixo no bolso, muita gente seguiria o bom exemplo.

    Confesso que nas provas já joquei a pontinha do sachê de gel no chão, pra não perder tempo. A maioria joga o sachê inteiro na rua. Se os organizadores das provas punissem quem jogar no chão, todos estariam em igualdade e as estradas menos sujas.

    Já as garrafinhas eles devem jogar a vontade, um suvenir pra quem vai ver a prova!

    • Zaka disse:

      Garrafinhas e bolsas, como eu disse anteriormente, acho difícil que fiquem 5 segundos no chão. Já postei por aqui sites de colecionadores que tem centenas, milhares de “lixos” nas suas coleções.
      Embalagem de gel, alumínio que envolve algum tipo de sanduíche ou coisa parecida, sim, deveriam ser guardados. Até dá pra entender que no meio da disputa com a “naftalina” em alta o sujeito não dê bola pra isso. Se forem criadas regras, deve-se pensar em como controlar isso.
      Na LBL deste domingo eu vi alguém tomando uma Coca-Cola (não lembro quem) mas é o tipo do lixo que foi jogado longe, com certeza.

  5. Anderson disse:

    Faço a minha parte, guardando o que jogarei fora no lixo em casa. É um hábito for me.

  6. leonn disse:

    Ano passado, quando acompanhei a Vuelta da España, vi muito corredor jogando caramanhola à beira de estrada, onde não parecia haver um fluxo maior de pessoas, inclusive alguns lugares pareciam plantações de oliveiras. Isso me incomodou bastante.

    Se o cara pode carregar uma garrafa cheia, por que não uma garrafa vazia até repassar a alguém que pudesse dar o fim correto?

    Na Volta dos Flandres, antes do ataque fulminante em cima do Boonen, o Cancellara limpou seus bolsos e jogou tudo a rua no meio da cidade. Não é coisa bonita de se ver, pelo menos para mim.

    Minha educação e consciência de mundo, me dizem que a ação individual é a ação mais importante, pois daí vem a consciência para realização de atos maiores e organizações maiores.

    Quando vou numa trilha, ou numa competição amadora, não deixo um saquinho ou embalagem para trás. Coloco tudo nos bolsos até encontrar uma lixeira após a prova. Copos descartáveis, deixo no mesmo ponto onde peguei. Não saio correndo com eles para tomar depois. Para isso levo caramanholas e mochila de hidratação.

    Acho que a organização deveria ser responsabilizada, mas a conscientização dos competidores é necessária também. Não escolhendo “bois-de-piranha”, mas abrangendo a todos.

    Desculpe-me o longo texto, mas o assunto requer mais atençaõ de todos e maior reflexão sim.

  7. Zeca Blak disse:

    Leonn está certíssimo! Cada um faz o seu e vamu deixar esse negócio de botar culpa nos outros de lado. Cada um que assuma por seus atos. Lugar de lixo é no lixo! Tb acho feio ciclista de renome ou anônimo jogando nas ruas bolsa, caramanhola, plástico e papel, óculos, marmitex, manguito, capacete, boné, mijo… Numa das etapas do Tour do ano passado vi uma galera jogando o jornal, que protege do frio nas descidas, numa região totalmente erma, só com vegetação e sem um espectador ou staff por perto. Será que a ASO chega nesses locais pra recolher esse lixo? Sei não…

  8. FAB1000 disse:

    Sem querer defender o Cancellara, rsrsrsrsr, mas será que ele não descartou o lixo dele dentro da cidade pois ali seria mais fácil de ser limpo? Visto nas estradas e campos a incidência de profissionais de limpeza ser infinitamente menor?

    Na vida real abomino todas as desculpas por jogar qualquer coisa no chão, até mesmo restos de frutas.

  9. davisilveira disse:

    Acho q não fab1000, se antes do ataque fulminate, como foi dito acima ele estivesse na estrada, limparia os bolsos ali mesmo…

    O que precisa ser feito é concientizar os organiizadores sobre o lixo q as competiçoes produzem, sei q em provas de atletismo vem o pessoal da cidade e recolhe tudo, nao deve ser diferente nas grandes cidade do mundo todo, agora nas estradas ja nao sei como ficam.

  10. Indiart disse:

    Acho errado tambem! mais o Motolara 650cc até esta perdoado pelas pauladas que o bixo dá!

  11. Pedro (Barcellos Sports) disse:

    lembro do Peter Wenning no Tour de 2006 eu acho.. jogando as barrinhas na escalada para ficar mais levinho… ….. Que porco hahahahahah!!!!

  12. Juca disse:

    Ano passado após Big Biker , houve um comunicado da organização quanto a esse problema do lixo . A organização do Big Biker, após terminada a prova faz a limpeza por onde passaram os bikers e no ano passado alguns ciclistas estrapolaram , deixaram lixo em tudo quanto foi lugar , a organização passou um dia inteiro refazendo o trajeto e recolhendo o lixo que os staffs não conseguiram recolher durante a prova !

    Creio que a organização das grandes provas de ciclismo deveriam ter um exemplo igual a este da organização do Big Biker ! Pior é que este lixo afetada o escoamento de água e serve de ” alimento ” para aves , que acabam morrendo depois da ingestão .

    Link do comunicado do Big Biker :

    http://www.pedal.com.br/organizador-do-big-biker-reclama-de-lixo-dos-competidores_texto3483.html

    Coisas encontradas dentro de um pássaro :

    http://meumundosustentavel.com/wp-content/uploads/2009/05/estomago-da-avw.bmp

  13. Marco disse:

    Tá, realmente o Cancellara tem de ser absolvido. Até porque qualquer um que ajuntar um lixo que ele jogou vai colocar num quadro e pendurar na parede.

    De qualquer forma – a menos que você for O Cancellara – lugar de lixo é no lixo!

  14. leonn disse:

    Peraí, galera! O Cancellara precisa ser reeducado. Não perdoado. Eu adoro as botinadas que o Motollara dá no pelotão. Mas não fecho os olhos para os defeitos de ninguém, nem mesmo meus ídolos.

    Será que a frase aplicada a brasileiros é verdadeira: “Aos amigos: tudo; aos inimigos: os rigores da lei?”

  15. José Carlos SBC/SP disse:

    Aquele sachê não ia fazer nenhuma diferença quanto a melhora da sua performance ou o resultado da corrida. O Cancellara como ídolo que está virando, tem sim que dar o exemplo de boas maneiras.
    A imagem dele jogando o sachê na rua não é um exemplo de conduta para ser passado as crianças.

  16. Marco disse:

    Concordo Leonn, eu fui mal interpretado, faltou colocar a tag [sarcasmo mode on], rsrsss

    • Zaka disse:

      Eu penso que ele fez a “faxina” pq estava procurando o amuleto do anjinho. De todo modo, poderia levar um xixi pelo seu comportamento (ainda mais sendo suíço: tentem entrar na Suíça com o tanque do carro muito cheio e espirrando diesel pra ver se conseguem).

      Ou então que pendure aquele treco no pescoço, como tantos.

  17. leonn disse:

    Eita! 20.000?!! É tem coisa que poderia ser revista. Ao invés de essas Organizações Pro-Meio Ambiente criar factoides como processar alguns ciclistas, deveriam trabalhar junto as equipes e a UCI para mudar esse cenario ridiculo.

    • Zaka disse:

      A SKY disse que suas caramanholas são “biodegradáveis”…. sei lá, não entendo muito de plástico, mas pra mim continua sendo plástico. Ao invés de levar 300 anos pra sumir vai levar “só” 100? É isso o biodegradável?

      Sei lá. Estipular “áreas” onde o lixo pudesse ser jogado (determinados trechos de estrada) e fora isso, punição ou multa.

      No anos passados a falecida Saunier Duval tinha um esquema para recolher o, vamos chamar assim, “subproduto”, e reaproveitar/reciclar as caramanholas e tal.

  18. Cebo disse:

    Pois é. Seria muito legal se a própria UCI estabelece-se regras sobre isso. Tipo: se jogar lixo tem uma punição de X segundos. Até o ciclismo, que é um esporte clássico, precisa de adaptar aos novos tempos.
    Até porque bicicletas, sejam elas de competição ou não, tem tudo a ver com o “ecologicamente correto”.

  19. Juca disse:

    Putzzz .. acabei de ver ! é gaúcho deve ser chatissimo fazer parte desta equipe heim …

  20. leonn disse:

    Sobre sede da QuickStep.

    Tão organizada quanto a Sky. Sensacional! Isso comprovou a minha impressão inicial que a RS trabalha uns caras como eu, desorganizados por natureza.

  21. Bortolin Furlanetto disse:

    Eles poderiam começar a correr de cecizinha que tem cesta de lixo.

  22. Juca disse:

    boa Bortolin !!! Kkkkkkk …

    Ou o último de cada equipe vem recolhendo o lixo kkk … já tem os gregários ou domestíques , que se crie o termo gari …

  23. Juca disse:

    ops … nada contra essa digna profissão ! nada de Boris Casoy !

  24. Ernesto Longhi disse:

    “Um grupo de ecologistas belgas”.
    Claro que querem aparecer. Nem nome o tal do gupo tem.
    Piada é pouco…