O clone

30/abril/2010

Doente total. Mandem internar 😀

Anúncios

Tour of The Gila – Etapa 3

30/abril/2010

Dia de CRis pelo mundo.

1      Jesse Sergent (Trek-Livestrong)      0:34:09
2     Levi Leipheimer (Mellow Johnny’s)     0:00:14
3     David Zabriskie (DZ Nuts)     0:00:26
4     Tom Danielson (DZ Nuts)     0:00:46
5     Lance Armstrong (Mellow Johnny’s)     0:01:50

Elite men general classification after stage 3
1     Levi Leipheimer (Team Mellow Johnny’s)


Vídeos do dia

30/abril/2010

Etapas 3a e 3b da Vuelta Asturias

Resultados:

1      Beñat Intxausti Elorriaga (Spa) Euskaltel – Euskadi      0:17:06
2     Jonathan Castroviejo (Spa) Euskaltel – Euskadi     0:00:17
3     Angel Vicioso Arcos (Spa) Andalucia – Cajasur     0:00:19
4     José Herrada (Spa) Caja Rural     0:00:25
5     Santiago Pérez (Spa) Loule – Louletano     0:00:32
6     David Blanco Rodriguez (Spa) Palmeiras Resort – Tavira     0:00:40
7     Antonio Piedra Perez (Spa) Andalucia – Cajasur     0:00:45
8     Romain Sicard (Fra) Euskaltel – Euskadi
9     Alejandro Marques Porto (Spa) Palmeiras Resort – Tavira
10     Damien Monier (Fra) Cofidis, le Credit en Ligne     0:00:49

Anotem! Hoje é um dia histórico. Um Euskaltel ganhando um CRI?!

Tour de Romandie


Cavendish, fora!

30/abril/2010

A equipe HTC-Columbia mandou para casa hoje à tarde Mark Cavendish devido ao seu gesto obceno na chegada de ontem (“corte de mangas” como dizem os espanhóis – aprendi mais uma).

O corredor já havia sido multado pelo júri da prova em 6.000 francos suíços (4.071 euros), mas isso não bastou para a direção da equipe.

Além de ir para o chuveiro mais cedo, Cavendish perdeu também o prêmio oferecido pela organização devido a sua vitória. Assim, o $$$ vai para a entidade Right to Play que atua em 25 países auxiliando crianças carentes.

Então é assim Cav: hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás.


Promessas

30/abril/2010

Alguns nomes de corredores sub23 que, seja pelos resultados, seja pela regularidade, tem um futuro promissor.

São nomes que identifiquei de provas na Europa. Peço ajuda aos leitores para completarmos essa listagem com corredores brasileiros e portugueses.

PETER SAGAN  (Liquigas) Eslovaquia, 26/1/1990
Surgiu em 2010 com vitórias expressivas na Paris-Nice e Romandie, além de vários resultados expressivos em corridas de primeiro nível. Sprinta bem, é bom clasicómano, defende-se no contrarrelógio e tem margem para melhorar nas montanhas.

FABIO FELLINE (Footon-Servetto) Italia, 29/3/1990
Um futuro tão promissor quanto Sagan. 10o. em Harelbeke, top 10 em duas etapas do Giro di Sardegna. Também clasicómano com dotes de escalador, destacando-se também nas cronos.

ROMAIN SICARD (Euskaltel-Euskadi) França, 1/1/1988
Campeão sub23 de estrada em Mendrisio 2009. Neste mesmo ano foi o melhor na Subida al Naranco e ganhou o Tour de Porvenir. Em 2010 acabou em 9o. na geral da Vuelta a Rioja. É uma esperança para os comedores de baguete.

TEJAY VAN GARDEREN (HTC-Columbia) Estados Unidos, 12/8/1988
2o. na geral do Tour da Turquia e 9o. na Volta ao Algarve. No ano passado venceu o Circuito Montañes. Grande contrarrelogista que escala muito bem.

ALEXANDRE GENIEZ (Skil-Shimano) Françaia, 16/4/1988
Outro francês que vem causando boa impressão. Recentemente mostrou sua qualidade no Giro del Trentino (14o. na Geral). Bom escalador com destaque nas clássicas.

CAMERON MEYER (Garmin) Austrália, 11/1/1988
Ano passado fez 6o. na Suíça na crono de 39Km e acabou a 1’50” do Motollara. Esse ano conseguiu o título de campeão nacional da modalidade e dizem que seu irmão também é muito bom.

EGOR SILIN (Katusha) Rússia, 25/6/1988
Pódio no Campeonato Mundial sub23, acabou em 27o. no Giro del Trentino. Ganhou uma etapa no Baby Giro d’Italia (8o. na Geral), ótimo escalador.

MARKO KUMP (Adria M.) Eslovenia, 9/9/1988
Venceu o Tour de Flanders Amateur. Destacou-se também no Circuito de la Sarthe e ganhou uma etapa na Settimana Coppi e Bartali. Ótimo sprinter.

JACK BOBRIDGE (Garmin) Australia, 13/7/1989
Campeão do Mundo sub23 de Contrarrelógio em 2009. Acabou em 10o. no Tour do Japão. Esperança dos aussies juntamente com os irmãos Meyer.

DOMINIK NERZ (Milram) Alemania, 25/8/1989
A esperança alemã. Um grande contrarrelojista que em 2009 fez 15o. no Baby Giro d’Italia e esse ano terminou em 28o. na Vuelta al País Vasco. Fraco nas montanhas.

ADRIANO MALORI (Lampre) Italia, 28/1/1988
Corredor muito regular: 26o. no Giro Del Apennino e fez 5o. no Mundial sub23 contrarrelógio. Bom escalador.

SEP VAN MARCKE (Topsport) Bélgica, 28/7/1988
Brilhou na Paris Camembert fazendo um 9o. lugar. Fez 2o. na Gent Wevelgem (atrás apenas de Eisel). Clasicómano belga muito rápido. As grandes equipes já estão urubuservando.

DIEGO ULISSI (Lampre) Italia, 15/1989
Ótimo escalador que acabou em 23o. no Giro del Apennino e fez um bom papel na Settimana Coppi e Bartali.

NIKI OSTERGAARD (G&M) Dinamarca, 21/1/1988
Corredor para clássicas que se defende bem nas cronos. Fez 2o. na Liège para amadores e pódio no Circuito das Ardenas.

MICHAL KWAITKOWSKI (Caja Rural) Polônia, 2/6/11990
Bom na montanha e nas cronos. Fez 10o. no GP LLodio e 18o. na Vuelta a Rioja.

GREGORY BRENES (Burgos 2016) Costa Rica, 21/4/1988
É o segundo corredor mais jovem a ganhar a Vuelta a Costa Rica e acabou entre os 30 na Vuelta a Cyl.

TAYLOR PHINNEY (Trek) Estados Unidos, 27/6/1990
Afilhado de Armstrong fez 1o. na Paris-Roubaix para amadores em 2009 e esteve sempre entre os ponteiros no Tour of Qatar.

ARNAUD JOUFFROY (Bkcp) Francia, 21/2/1990
Teve vitórias no Giro di Toscana e no tour de l’Abitibi.

JENS KEUKELEIRE (Cofidis) Bélgica, 23/11/1988
Corredor para clássicas que venceu 4 provas no seu país em 2010.


Vuelta Asturias – Etapa 3a

30/abril/2010

Gijón – Avilés 88,3km

Olhem o nome do 5o. colocado.

1 Joaquin Sobrino (Spa) Spain 2:09:08  
2 Javier Moreno Bazan (Spa) Andalucia – Cajasur    
3 Enrique Mata Cabello (Spa) Footon-Servetto    
4 Oscar Grau (Spa) Burgos 2016 – Castilla Y Leon    
5 Johnnie Walker (Aus) Footon-Servetto

Geral
1 Angel Vicioso Arcos (Spa) Andalucia – Cajasur 9:24:35  
2 Santiago Pérez (Spa) Loule – Louletano 0:00:10  
3 Constantino Zaballa (Spa) Loule – Louletano 0:00:12  
4 Andre Fernando Cardoso (Por) Palmeiras Resort – Tavira 0:00:15  
5 José Herrada (Spa) Caja Rural 0:00:16


Tour de Romandie – Etapa 3

30/abril/2010

Resultados do CRI (23,4Km)

Uma vitória surpreendente do novato australiano Richie Porte que colocou 26 segundos em Valverde (nos fóruns espanhóis estão falando em erro de cronometragem pois através dos números divulgados ele tirou de Valverde 1:30 do km 7 ao 16).

1 Richie Porte (Aus) Team Saxo Bank 0:30:54  
2 Alejandro Valverde Belmonte (Spa) Caisse d’Epargne 0:00:26  
3 Vladimir Karpets (Rus) Team Katusha 0:00:27  
4 Michael Rogers (Aus) Team HTC – Columbia 0:00:29  
5 Denis Menchov (Rus) Rabobank 0:00:31  
6 Artem Ovechkin (Rus) Team Katusha 0:00:32  
7 Janez Brajkovic (Slo) Team Radioshack 0:00:36  
8 Christophe Moreau (Fra) Caisse d’Epargne 0:00:52  
9 Simon Spilak (Slo) Lampre-Farnese Vini 0:00:55  
10 Tiago Machado (Por) Team Radioshack 0:00:59
30 Peter Sagan (Svk) Liquigas-Doimo 0:01:36
44 Ivan Basso (Ita) Liquigas-Doimo 0:01:50
62 Sergio Miguel Moreira Paulinho (Por) Team Radioshack 0:02:18
78 Murilo Antonio Fischer (Bra) Garmin – Transitions 0:02:39

Geral
1 Michael Rogers (Aus) Team HTC – Columbia 9:56:03  
2 Alejandro Valverde Belmonte (Spa) Caisse d’Epargne 0:00:02  
3 Vladimir Karpets (Rus) Team Katusha 0:00:05  
4 Artem Ovechkin (Rus) Team Katusha 0:00:07  
5 Denis Menchov (Rus) Rabobank 0:00:09

Essa chegada de amanhã, tem cara de Valverde ou de Rogers?

Nem preciso dizer quem é que eu acho que leva a geral.