Promessas

Alguns nomes de corredores sub23 que, seja pelos resultados, seja pela regularidade, tem um futuro promissor.

São nomes que identifiquei de provas na Europa. Peço ajuda aos leitores para completarmos essa listagem com corredores brasileiros e portugueses.

PETER SAGAN  (Liquigas) Eslovaquia, 26/1/1990
Surgiu em 2010 com vitórias expressivas na Paris-Nice e Romandie, além de vários resultados expressivos em corridas de primeiro nível. Sprinta bem, é bom clasicómano, defende-se no contrarrelógio e tem margem para melhorar nas montanhas.

FABIO FELLINE (Footon-Servetto) Italia, 29/3/1990
Um futuro tão promissor quanto Sagan. 10o. em Harelbeke, top 10 em duas etapas do Giro di Sardegna. Também clasicómano com dotes de escalador, destacando-se também nas cronos.

ROMAIN SICARD (Euskaltel-Euskadi) França, 1/1/1988
Campeão sub23 de estrada em Mendrisio 2009. Neste mesmo ano foi o melhor na Subida al Naranco e ganhou o Tour de Porvenir. Em 2010 acabou em 9o. na geral da Vuelta a Rioja. É uma esperança para os comedores de baguete.

TEJAY VAN GARDEREN (HTC-Columbia) Estados Unidos, 12/8/1988
2o. na geral do Tour da Turquia e 9o. na Volta ao Algarve. No ano passado venceu o Circuito Montañes. Grande contrarrelogista que escala muito bem.

ALEXANDRE GENIEZ (Skil-Shimano) Françaia, 16/4/1988
Outro francês que vem causando boa impressão. Recentemente mostrou sua qualidade no Giro del Trentino (14o. na Geral). Bom escalador com destaque nas clássicas.

CAMERON MEYER (Garmin) Austrália, 11/1/1988
Ano passado fez 6o. na Suíça na crono de 39Km e acabou a 1’50” do Motollara. Esse ano conseguiu o título de campeão nacional da modalidade e dizem que seu irmão também é muito bom.

EGOR SILIN (Katusha) Rússia, 25/6/1988
Pódio no Campeonato Mundial sub23, acabou em 27o. no Giro del Trentino. Ganhou uma etapa no Baby Giro d’Italia (8o. na Geral), ótimo escalador.

MARKO KUMP (Adria M.) Eslovenia, 9/9/1988
Venceu o Tour de Flanders Amateur. Destacou-se também no Circuito de la Sarthe e ganhou uma etapa na Settimana Coppi e Bartali. Ótimo sprinter.

JACK BOBRIDGE (Garmin) Australia, 13/7/1989
Campeão do Mundo sub23 de Contrarrelógio em 2009. Acabou em 10o. no Tour do Japão. Esperança dos aussies juntamente com os irmãos Meyer.

DOMINIK NERZ (Milram) Alemania, 25/8/1989
A esperança alemã. Um grande contrarrelojista que em 2009 fez 15o. no Baby Giro d’Italia e esse ano terminou em 28o. na Vuelta al País Vasco. Fraco nas montanhas.

ADRIANO MALORI (Lampre) Italia, 28/1/1988
Corredor muito regular: 26o. no Giro Del Apennino e fez 5o. no Mundial sub23 contrarrelógio. Bom escalador.

SEP VAN MARCKE (Topsport) Bélgica, 28/7/1988
Brilhou na Paris Camembert fazendo um 9o. lugar. Fez 2o. na Gent Wevelgem (atrás apenas de Eisel). Clasicómano belga muito rápido. As grandes equipes já estão urubuservando.

DIEGO ULISSI (Lampre) Italia, 15/1989
Ótimo escalador que acabou em 23o. no Giro del Apennino e fez um bom papel na Settimana Coppi e Bartali.

NIKI OSTERGAARD (G&M) Dinamarca, 21/1/1988
Corredor para clássicas que se defende bem nas cronos. Fez 2o. na Liège para amadores e pódio no Circuito das Ardenas.

MICHAL KWAITKOWSKI (Caja Rural) Polônia, 2/6/11990
Bom na montanha e nas cronos. Fez 10o. no GP LLodio e 18o. na Vuelta a Rioja.

GREGORY BRENES (Burgos 2016) Costa Rica, 21/4/1988
É o segundo corredor mais jovem a ganhar a Vuelta a Costa Rica e acabou entre os 30 na Vuelta a Cyl.

TAYLOR PHINNEY (Trek) Estados Unidos, 27/6/1990
Afilhado de Armstrong fez 1o. na Paris-Roubaix para amadores em 2009 e esteve sempre entre os ponteiros no Tour of Qatar.

ARNAUD JOUFFROY (Bkcp) Francia, 21/2/1990
Teve vitórias no Giro di Toscana e no tour de l’Abitibi.

JENS KEUKELEIRE (Cofidis) Bélgica, 23/11/1988
Corredor para clássicas que venceu 4 provas no seu país em 2010.

Anúncios

12 respostas para Promessas

  1. Gabriel Sousa disse:

    Nelson Oliveira (21 anos)
    Este ano foi contratado pela Xacobeo e mostrou-se em bom plano no Tour da Turquia, aparecendo em fuga em alguns dias. Ficou em 24º da geral (se não me engano). Foi 2º no ano passado no campeonato do mundo de contra relógio 19s atrás de Jack Bobridge.

  2. Facchini disse:

    O Sagan conheci por vitórias em provas que acompanhei esse ano, o resto confesso que não li muito, fora claro o afilhado do Armstrong.

  3. Augusto disse:

    Sub 23 são atletas que só chegam nos 23 primeiros lugares?

    Ou 23 seg antes do último?

  4. Augusto disse:

    Cavendish fora do Tour de Romandie…No Prologo tem a matéria!

  5. Zaka disse:

    Ih…. tem umas quantas que eu tinha programado. Paciência. As minhas são mais (28 até o momento).

  6. leonn disse:

    Augusto,

    sub-23 é que tenha idade menor que 23 anos.

  7. davisilveira disse:

    pô, de brasileiro eu só destacaria o Rafael Andriato, que anda acumulando vitorias na categoria diletanti italiana, nas duas utimas semanas foram 4 podiuns 1 vitoria 1 °2 e 2 3°. So que ja esta na terceira temporada dele na diletanti, Murilo Ficher e Luciano Pagliarini ficaram apenas 2 anos cada um e foram para equipes profissionais.

  8. Jefferson disse:

    Brasileiro tb tem o Gideone Monteiro, e o Carlos Alexandre que correm pela equipe de base da Liquigas

  9. davisilveira disse:

    Tem sim jefferson, mas eles tem uma vitoria cada um em 3 anos de italia Gideonni esta no segundo ano. Acho q vai ser igual o Breno Sidoti, vao acabar voltando pro brasil. Espero queimar a lingua nessa afirmação.

  10. (vandinho) G. de Oliveira disse:

    vou levar em consideração nomes que correm no Brasil !
    Tiego Justo Gasparoto: 18° na volta de Gravataí (geral) e 5° no Tour de Santa Catarina (geral)
    Ramiro Gonzalez Cabrera (URU): considerada por alguns uma jovem promessa sulamericana

  11. Will Barbosa Bike e etc. disse:

    aposto tbm no meu amigo Tiego Gasparoto e no Andriato que tem abacaxi pra ir longe sim