Fiorenzo Magni

09/maio/2010

Fiorenzo Magni venceu o Giro d’Italia em três ocasiões. Era o “corredor esquecido”, obscurecido pela presença de Fausto Coppi e Gino Bartali.

Na edição de 1956 chegou em Livorno (chegada da 13a. etapa) com a clavícula esquerda quebrada. A etapa do dia seguinte era um contrarrelógio de mais de 50Km. Uma mão podia agarrar o guidão, a outra, apenas apoiar. Seu mecânico impregnou a fita do guidão com uma polmada calmante (não perguntem QUAL calmante) que ele passava no ombro. Terminou em 10o.

A cronoescalada de Bologna ao Santuário de Luca era a etapa seguinte. E, seu mecânico, voltou a inovar: amarrou uma câmara de ar ao guidão e a outra deu para Magni morder, fazendo a alavanca necessária.

Alguns dias depois Magni voltou a cair. Dessa vez trincou o úmero do braço esquerdo. Restavam ainda quatro etapas, incluindo a escalada ao Stélvio. Magni escalou, desceu (mesmo com todas as dificuldades com apenas um freio). Mesmo assim, chegou em Merano.

A outra etapa foi a épica do Monte Bondone: fez tanto frio que o diretor de Charly Gaul (vencedor da etapa e da prova) teve que colocá-lo numa tina de água quente. Magni subia o Bondone entre bicicletas abandonadas e ciclistas que haviam desistido. Ele não, acabou aquele Giro em 2o. lugar e do pódio foi direto a um hospital colocar gesso no braço.

Anúncios

Feliz aniversário STI

09/maio/2010

Dica do Ronaldo Moura: esse ano o sistema STI (Shimano Total Integration) completa 20 aninhos.

Antes (há quem não saiba) os trocadores de marchas eram no down tube ou no avanço. Claro, sempre teremos saudosistas, mas convenhamos, era muito mais difícil trocar de marcha escondido 😉

Diz uma lenda urbana que o termo “pica-pau” usado para designar aquele ciclista novato, com pouca experiência é oriundo dessa época de ouro: como os câmbios não eram indexados, o piloto precisava de uma certa sensibilidade na mão para fazer a troca de marchas. Os newbies (vamos chamá-los assim) erravam o ponto e o sistema ficava fazendo um barulho característico “tec-tec-tec-tec” quando a corrente ficava perdida e não sabia se ia ou vinha.

O que vocês pensam eu não sei, mas eu adoro o STI, o Ergo Shifting (ErgoPower) ou Double Tap. Tenho o maior respeito pelos componentes antigos, sei da importância que eles tiveram, mas hoje o seu lugar é no museu.


Giro d’Italia – Podium Girls (2)

09/maio/2010


Giro d’Italia 2010 – As primeiras quedas

09/maio/2010

Giro d’Italia – Etapa 2

09/maio/2010

“Uma grande volta não se ganha em um dia, mas é possível perdê-la em um dia”.

Uma etapa que era simples, mostrou-se cheia de quedas e alguns nomes perderam segundos preciosos: Wiggins, Sastre, Cunego, Simoni, Pozzovivo.

Belo trabalho da Garmin. Murilo trabalhou muito na parte final.

1      Tyler Farrar (USA) Garmin – Transitions      4:56:46
2     Matthew Harley Goss (Aus) Team HTC – Columbia
3     Fabio Sabatini (Ita) Liquigas-Doimo
4     André Greipel (Ger) Team HTC – Columbia
5     Alessandro Petacchi (Ita) Lampre-Farnese Vini
6     Christopher Sutton (Aus) Sky Professional Cycling Team
7     Robbie Mcewen (Aus) Team Katusha
8     Graeme Brown (Aus) Rabobank
9     Julian Dean (NZl) Garmin – Transitions
10     Sacha Modolo (Ita) Colnago-CSF Inox
60      Murilo Antonio Fischer (Bra) Garmin – Transitions      0:00:23
79      Bradley Wiggins (GBr) Sky Professional Cycling Team 0:00:37
115      Carlos Sastre Candil (Spa) Cervelo Test Team
119      Damiano Cunego (Ita) Lampre-Farnese Vini
122      Gilberto Simoni (Ita) Lampre-Farnese Vini
136      Domenico Pozzovivo (Ita) Colnago-CSF Inox
190      Filippo Pozzato (Ita) Team Katusha 0:04:19

Geral
1      Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team      5:07:09
2     Tyler Farrar (USA) Garmin – Transitions     0:00:01
3     Alexandre Vinokourov (Kaz) Astana     0:00:03
4     Richie Porte (Aus) Team Saxo Bank
5     David Millar (GBr) Garmin – Transitions     0:00:04
6     Jos Van Emden (Ned) Rabobank     0:00:07
7     Vincenzo Nibali (Ita) Liquigas-Doimo     0:00:08
8     Tom Stamsnijder (Ned) Rabobank     0:00:09
9     Marcel Sieberg (Ger) Team HTC – Columbia     0:00:10
10     Matthew Harley Goss (Aus) Team HTC – Columbia     0:00:13


Giro d’Italia – Imagem do dia

09/maio/2010


Giro d’Italia – AO VIVO

09/maio/2010

Sem invenções, direto do site oficial, irrestrito, em italiano, com gráficos e tudo mais:

http://videochat.gazzetta.it/index_giro.shtml

Itália => Brasil = -5 horas