Feliz aniversário STI

Dica do Ronaldo Moura: esse ano o sistema STI (Shimano Total Integration) completa 20 aninhos.

Antes (há quem não saiba) os trocadores de marchas eram no down tube ou no avanço. Claro, sempre teremos saudosistas, mas convenhamos, era muito mais difícil trocar de marcha escondido😉

Diz uma lenda urbana que o termo “pica-pau” usado para designar aquele ciclista novato, com pouca experiência é oriundo dessa época de ouro: como os câmbios não eram indexados, o piloto precisava de uma certa sensibilidade na mão para fazer a troca de marchas. Os newbies (vamos chamá-los assim) erravam o ponto e o sistema ficava fazendo um barulho característico “tec-tec-tec-tec” quando a corrente ficava perdida e não sabia se ia ou vinha.

O que vocês pensam eu não sei, mas eu adoro o STI, o Ergo Shifting (ErgoPower) ou Double Tap. Tenho o maior respeito pelos componentes antigos, sei da importância que eles tiveram, mas hoje o seu lugar é no museu.

5 respostas para Feliz aniversário STI

  1. rosangela disse:

    Adoro as pedaladas Chimano é tudo de bom!! Meu filho adora um Pódio !! Pernas pra que ti querooo!!
    Amuuu a natureza .

  2. David_biker disse:

    Imagina errar o ponto varias vezes numa subida de 8km!
    Quem usou sistemas antigos sem indexação “vai pro céu direto”.

    Uma vez eu estava escalando uma subida muito íngreme com uma caloi aspen pro de 5 marchas e ao tentar acertar o ponto para uma marcha mais leve para manter a cadência…
    tive de virar (quase cai) e descer um pouquinho para engatar e depois virar de volta para escalar!
    Que sofrimento!

    STI, Ergo, Doube Tap, são caros, mas é o preço da evolução.

  3. Rogério Yokoyama-Palmas/TO disse:

    Só é chato na hora da queda…….. 😀

  4. Antonio Carlos Alves disse:

    Eu usei muito “alavanquinha” de cambio no quadro.

    nunca errei marcha e sempre me dei bem em qualquer situação.

    na época era moda (bonito) quem tinha um par de “alavanqinha” da marca Mavic dava de 10 a zero na Campagnolo.

    Hoje o STI Shimano ou o Ergopower da Campagnolo é claro são muito mais eficientes.
    Mas eu sou ainda um saudosista.

    Assim como o firma pé Christophe (francês) com correia Binda (italiana)
    Mas é lógico aí nem merecece comparação com os pedais de encaixe (cliper) da marca Look modelo Kéo
    muito, mas muito mais práticos.

    Até parece que foi ontem, o tempo passa mas é sempre bom recordar e até parece que foi ontem.

  5. Bravin disse:

    “Museu”? ahm.. depende, e as bikes de contra relógio!
    tem a sua parcela de eficiência..
    como o detalhe da foto no blog..

    Abraço!