Giro d’Italia 2010 – Vídeo Etapa 12

20/maio/2010

Não são 10 minutos 😦

Anúncios

Floyd Landis abre o bico (2)

20/maio/2010

Aqui vocês encontram a reportagem inteira no site da ESPN.

(Quem não souber inglês, sugiro uma ferramenta de tradução – minha preferida é a do Google: http://translate.google.com.br)


Giro d’Italia 2010 – Resultados Etapa 12

20/maio/2010

Os talian estavam preocupados, mas eis que aparece Pipo Pozzato para salvar a honra do país (e o Voeckler de novo, ali, beliscando).

1 Filippo Pozzato (Ita) Team Katusha 5:15:50  
2 Thomas Voeckler (Fra) Bbox Bouygues Telecom    
3 Jerome Pineau (Fra) Quick Step    
4 Stefano Garzelli (Ita) Acqua & Sapone    
5 Alexandre Vinokourov (Kaz) Astana    
6 Vincenzo Nibali (Ita) Liquigas – Doimo    
7 Marco Pinotto (Ita) Team HTC-Columbia    
8 Michele Scarponi (Ita) Androni Giocattoli    

Geral
1 Richie Porte (Aus) Team Saxo Bank 50:46:16  
2 David Arroyo Duran (Spa) Caisse d’Epargne 0:01:42  
3 Robert Kiserlovski (Cro) Liquigas-Doimo 0:01:56  
4 Xavier Tondo Volpini (Spa) Cervelo Test Team 0:03:54  
5 Valerio Agnoli (Ita) Liquigas-Doimo 0:04:41  
6 Alexander Efimkin (Rus) AG2R La Mondiale 0:05:16  
7 Linus Gerdemann (Ger) Team Milram 0:05:34

Depois de ontem, hoje era de se esperar uma etapa bem mais cautelosa (e foi o que aconteceu).


Floyd Landis abre o bico

20/maio/2010

Floyd Landis, diz-se arrependido, quer limpar sua barra e resolveu abrir o bico.

Através de e-mails enviados a ESPN afirmou que fez uso sistemático de doping durante anos e que, Lance Armstrong e Johan Bruyneel foram seus mentores na arte de tomar anabolizantes e de transfusões sanguíneas.

“Quero limpar minha consciência e não fazer parte do problema para sempre”.

Afirma que ele e Armstrong tiveram longas conversas durante os treinos sobre a evolução dos testes de EPO e como as transfusões tornaram-se necessárias devido a evolução deles.

Segundo a notícia, ele teria oferecido a ESPN seus diários e arquivos que comprovam o que está dizendo (e não pegaram ainda? Estão esperando o quê?).

A UCI lamentou as declarações do ciclista, não dando direito a defesa aos acusados, coisa que ele fez durante 2 anos, negando (estima-se que tenha gasto cerca de 2 milhões de dólares).

Pat McQuaid disparou contra Landis: “ele não tem credibilidade nenhuma para fazer acusaões, estamos falando de um sujeito que foi condenado por um tribunal, ele está em busca de vingança”.

Armstrong e Bruyneel não comentaram as declarações e não responderam os questionamentos da ESPN.

Fonte: http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5iKjWIOVSA5PEDLzW00hNKTHH1njw