Floyd Landis abre o bico (2)

Aqui vocês encontram a reportagem inteira no site da ESPN.

(Quem não souber inglês, sugiro uma ferramenta de tradução – minha preferida é a do Google: http://translate.google.com.br)

66 respostas para Floyd Landis abre o bico (2)

  1. Facchini disse:

    quanto ele ta ganhando pra jogar isso tudo no ar. inclusive a ele próprio..

  2. Rogério Yokoyama-Palmas/TO disse:

    Águas irão rolar no mês de maio.

  3. leonn disse:

    Será que esse cara tem alguma disfunção de personalidade?

    Apesar disso, tem 2 paragrafos muito interessantes.
    “Landis, who began his career as a top mountain biker, had kept detailed training journals since he was a teenager. He said he continued the same methodical record-keeping once he started using banned drugs and techniques. Landis said he spent as much as $90,000 a year on performance-enhancing drugs and on consultants to help him build a training regime. Landis said he has kept all of his journals and diaries and has offered to share them with U.S. anti-doping authorities in recent meetings. He added that he has given officials detailed information on how athletes are beating drug testing.

    As for his own positive test, Landis still maintains that result was inaccurate and that he had not used synthetic testosterone during the 2006 season — although he now admits he used human growth hormone during that time. At this point, he said he does not want to dwell on any of the issues he and his lawyers hammered at during his case.”

    No primeiro paragrafo, para aqueles escorregam no inglês, basicamente é dito que ele mantem diários desde o início do seu programa de dopagem e que colocou a disposição das autoridades e que vai ajudar a aperfeiçoar os teste antidopagem.

    O segundo, que ele não havia usado testosterona (TTS) sintetica no Tour 2006, mas hormonio de cresimento humano (HGH), embora quee havia usado TTS em anos anteriores.

    O paragrafo abaixo informa porque ele abriu a boca. Primeiramente, porque segundo as regras de antidopagem os casos podem ser reabertos até 8 anos anteriores e como ele começou em 2002, ainda teria validade se seus casos fossem reaberto até o mês que vem.

    “Now we’ve come to the point where the statute of limitations on the things I know is going to run out or start to run out next month,” Landis said. “If I don’t say something now, then it’s pointless to ever say it.””

    Já nesse paragrafo vem a informação que acho relevante. Ele está denunciando porque foi esquecido pelo pelotão, e sofreu psicologica e emocinalmente.

    “However, Landis said he finally decided to come forward because he was suffering psychologically and emotionally from years of deceit, and because he has become a cycling pariah with little to no chance of ever riding for an elite team again. Prior to speaking with ESPN.com, he said he made his most difficult phone call — to his mother in Pennsylvania to tell her the truth for the first time.”

  4. José Carlos SBC/SP disse:

    Se ele acha que o pelotão o esqueceu, depois dessa o pelotão vai enterra-lo nas memorias do ciclismo.
    Agora, se o que ele apresentar for consistente e não for arquivado, aí sim o circo pega fogo.
    O cara ainda pode ser urgido como heroi.
    Até o TdF muita coisa vai rolar.
    Fica a pergunta: (Não estou defendendo nem atacando, apenas especulando)
    Quanto custará para o ciclismo mundial destruir a carreira do Lance??

  5. Roberto Smera disse:

    Espero que o Armstrong vá para a cadeia !!! Perjúrio é crime federal e os federais já estão no encalço dele. A máscara finalmente vai cair e junto com ele, muitos também serão arrastados para o mesmo buraco. Anotem, o Armstrong não vai para o Tour. A carreira de ciclista acabou e a forma como acabou foi bem trágica.

  6. Roberto Smera disse:

    @José Carlos – O Armstrong não é maior que o ciclismo mundial. Uma nova era já começou e espero que os novos talentos sejam capaz de mostrar que esse esporte pode melhorar em todos os sentidos.

  7. David_biker disse:

    Quem tem diário escreve o que quer!
    Cavou a cova do esquecimento e pulou de cabeça.
    Esse sujeito já estava manchado e agora manchou com noda de cajú!

  8. Roberto Smera disse:

    O Mais engraçado é que o DOPESTRONG não quer processar o Landis, alegando isso que custa dinheiro. Hahahaha…Pobrezinho.
    Não quer ir a julgamento pois sabe QUE TUDO O QUE FOI ESCRITO trata-se da verdade e ele fará tudo para evitar maneira ir para corte como réu. Ora, se tudo não passa de uma grande mentira, porque ele não iria querer limpar o próprio nome no tribunal ????

  9. Roberto Smera disse:

    Veja o vídeo do Dopestrong, tentando se defender das acusações : http://www.bikerumor.com/2010/05/20/armstrong-bruyneel-deny-floyd-landis-doping-allegations/

    A expressão de mentiroso estampada na cara dele é, no mínimo, patética.

  10. Leandro disse:

    Pq fazer mais barulho e dar mais destaque ao Landis, Roberto?

    Acho que o Lance fez a melhor defesa possível. E a própria carta do Floyd que vcs traduziram diz isso: um cara fodido, sem amigos no pelotão, decide dizer verdades e jogar merda no ventilador, desdizendo algo que ele mantinha há 4 anos? E o livro? E o recolhimento de doações? Foi a pá de cal.

    Lance tem contra ele a suspeita, mas tem muito mais credibilidade que o Floyd. Lance não tem que tomar nenhuma ação contra nada. Cabe quem acusou provar. E acho que os diários não servirão como prova.

    Uma coisa é certa, podemos tomar nossas brejas e uísques em paz sem a chance de elevarmos 11 vezes nossos níveis de testosterona e sem cair no antidoping.

  11. Roberto Smera disse:

    Olá Leandro,
    Respondendo a sua pergunta, digo que o Landis, assim com o Tyler Hamilton e muitos outros atletas do ciclismo foram simplesmente pegos como “bodes espiatórios” pela UCI, servindo de exemplo de como o sistema anti-doping é “funcional”…Afinal, a UCI tem que mostrar serviço, não é ? Mas aqui vale a máxima do “UM PESO E DUAS MEDIDAS”, ou seja, vamos pegar alguns para mostrar que estamos trabalhando.

    Não sei se acompanha de perto o que aconteceu com o Landis, um trapeceiro e mentiro convicto, que gastou todas as suas finanças num julgamento público, o qual apenas serviu para macular ainda mais sua imagem perante o esporte.

    O Landis vive hoje de esmolas e mora atrás de um lava rápido na cidade onde vive nos EUA.

    Agora te pergunto : Como um cara desses consegue suportar viver nessa situação, sabendo que seus ex-companheiros de equipe, todos sujos e envolvidos até o pescoço com o doping, estao ai, impunes, ainda competindo e ganhando rios de dinheiro ?

    Desculpe pela falta de acentuacao, mas meu teclado se rebelou contra mim no final desse post.

    Um abraco

  12. Roberto Smera disse:

    Leandro, o que vc quis dizer com essa colocac~ao ?

    ” Uma coisa é certa, podemos tomar nossas brejas e uísques em paz sem a chance de elevarmos 11 vezes nossos níveis de testosterona e sem cair no antidoping “.

    Aguardo resposta…Obrigado

  13. Will Barbosa Bike e etc. disse:

    anotem (isso sim):
    NÃO VAI DAR EM NADA!
    é só dorzinha no cotovelo por ter caído (infantilmente) e raivinha por nunca conseguirem (e nem vão) pegar o E.T. de Austin.
    Ele é sabido, tem uma retarguarda fortíssima e muuuuuuita $$,$$!😀

  14. José Carlos SBC/SP disse:

    Roberto, não acuso nem defendo ninguem, nem acho o Lance o maior ciclista de todos os tempos, longe disso, fica muito atras de monstros como Merckx, Induraian, Hinault, Coppi, etc, etc, e mais etc……
    Ele só é o maior nome do TdF, isso é inegável,os titulos estão aí.
    Quanto ao doping, se ele é culpado, merito dele de nunca ter sido pego e lerdo o Landis de ter caído.
    Se existe justiça, então que se faça, que se provem que ele usa/usava de artifícios ilícitos para vencer.
    Se o Landis diz que tem o diário, e está tão ruim de grana, então porque ele não vende para algum jornal sensacionalista europeu? Certeza que pagariam milões para ele.
    Posso estár enganado, mas até agora é tudo fogo de palha.

  15. Roberto Smera disse:

    Olá José Carlos,
    Concordo com sua colocação acerca do Armstrong em relação aos atletas que mencionou. Realmente ele está há anos-luz, não só nas conquistas, mas também no caráter. Afinal, acho que um atleta não deve ser apenas medido pelo que consquistou e sim como se porta perante a sociedade.

    Acho que o termo “mérito” que vc colocou, afirmando que ele nunca caiu na malha fina do sistema “anti-doping” não é o mais adequado. Diria que ele teve sorte e ao mesmo tempo MUITA INFLUÊNCIA dentro da própria UCI, que já aceitou doações bem gordas do prórpio Armstrong no passado.

    Acho que o Landis não vai vender o tal diário para ninguém. A questão não é apenas dinheiro. Landis provou que é uma pessoa que está ressentida pelo que aconteceu com ele no passado, dentro da própria equipe.Basta que consiga convencer mais alguns ex-companheiros de equipe a falar (Jonathan Vaughters, Tyler Hamilton, Frankie Andreu), para que o circo literalmente pegue fogo.

    Um abraço

  16. Roberto Smera disse:

    Engraçado o acidente com o Armstrong no 5 estágio do ToC, mas não menos suspeito. Extremamente conveniente ao meu ver, como uma forma de evitar a mídia que está babando atrás dele. Sair de fininho sob a alegação que sofreu um acidente e sumir de cena por um tempo. Típico do Armstrong. Algo cheira a peixe podre !!!

  17. leonn disse:

    Smera,

    estranho você considerar carater como algo relevante num pro. Não é você que torce para o Vino?

    Peço desculpas se eu estiver te confundindo com outro usuário.

    O comentario do Leandro sobre bebidas alcoolicas foi uma ironia, pois quando o Landis foi pego ele disse que havia uma produção demasiada testosterona devido a beber muita cerveja. (Isso consta até naquele pdf que você colocou o link aqui.)

    Cara, odio demais cega. Cuidado com 2 pesos e duas medidas como você mesmo bem disse.

    Contando UCI, WADA, mais os vários comites antidopagem de vários países, especialmente Itália e França: o Lance vive para pagar a todos eles não? É muito envolvidos para comprar a todos.

    Não ponho minha mão no fogo de jeito nenhum e, não duvido, que ele fez/faz uso de doping, mas ele não foi pego, portanto não posso ter certeza de algo que não foi provado.

  18. Roberto Smera disse:

    Olá Leonn,

    Você não se equivocou quando disse que gosto do estilo agressivodo do Vinokourov de pedalar, sempre atacando quando se sente a vontade, tornando as etapas/clássicos que participara muito mais interessantes de assistir.

    Sei dissociar o caráter do Vinokourov do estilo que apresenta em cima da bicicleta e, nesse caso, posso dizer que ele é farinha do mesmo saco como muitos outros mentirosos que ainda estão competindo no pelotão profissional. Um ex-dopado que cumpriu sua pena e que, em minha opinião, ainda é um péssimo exemplo para o esporte.

    Peço desculpas ao Zaka se me expressei mal quando me referi ao Vino em outro tópico. A única coisa que não gosto é de hiprocrisia. Minha sinceras desculpas.

    Quanto a sua colocação acerca de propinas aos órgãos que mencionou, penso que tendo aliados como Pat McQuaid do lado dele já é o suficiente. Basta ter a UCI no bolso e a maior parte de seus problemas são varridos para baixo do tapete.

    Infelizmente ele nunca foi “legalmente” pego, mas creio que vc conheça o Dr. Michael Ashenden, não ? Caso não conheça, sugiro que leia esse ensaio esclarecedor sobre esse cientista, que é um dos responsáveis pela criação do teste para detecção do EPO.

    http://nyvelocity.com/content/interviews/2009/michael-ashenden

    Esse ensaio esclarece muitas dúvidas sobre a suposta “inocência” que os fãs mais fervorosos do Armstrong sempre defenderam com unhas e dentes. Boa leitura e um abraço.

  19. waldeir disse:

    acho melhor mudar de assunto pois o roberto smera vai ter um infarto principalmente se o lance for inocente …rsssss olha o coração

  20. waldeir disse:

    o cara é fa do vinovampiro ai não da nen para descutir é melhor ate mudar de assunto vamos falar da imagem de hoje os cara queria sair na porrado no giro olha só isso pode ser efeito de doping.opa o mesmo assunto nãoooooooooooooo

  21. Roberto Smera disse:

    Waldeir,

    Entendo que você seja mais um dos muitos fãs iludidos do Armstrong, que agora passa por um momento bem delicado e tem muito a explicar. Entretanto, traga questões ou colocações inteligentes ao tópico em questão ao invés de gastar seu tempo escrevendo apenas futilidades.

  22. waldeir disse:

    a conforme nosso amigo falou ele caiu só para escapar da midia então esta foto é montangen ou

    http://twitpic.com/1phpfe

  23. waldeir disse:

    não estou iludido com o vinopampiro esse sim é um grande ciclista acho ate que ele vai ganhar o giro ou pelo menos uma bolsa de sangue ele leva

  24. Roberto Smera disse:

    Waldeir,

    Leia direito o que escrevi e tente interpretar de forma inteligente e coerente. Armstrong sofreu queda e SE RETIROU DA PROVA ANTES DO RESULTADO DO RAIO-X, o qual comprovaria a gravidade do acidente. Sofreu alguns arranhoes e se retirou, ao inves de voltar para a prova e ajudar o tao amado companheiro de equipe Leipheimer. Bons tempos em que homens eram homens e nao se abalavam com uma mera queda. Muito conveniente !

  25. waldeir disse:

    não foi isso que o sr escreveu a 8:04 ou não foi o sr vai dizer que o lance ,se não der em nada se não for provado vc pode entrar nos topicos novamente com o nome de vino, ou landis

  26. Wagner disse:

    notícia saiu até no jornal nacional da rede globo há poucos minutos.

    Com isso, podemos concluir que Floyd Landis já conseguiu o que queria: atenção da grande mídia, pois para ser citado até pelo william bonner aqui no Brasil, tem que ter feito muito barulho no New York Times e também nas TVs abertas nos EUA

    http://news.google.com/news/search?aq=0&cf=all&ned=us&hl=en&q=floyd+landis&oq=floy

  27. Roberto Smera disse:

    Waldeir,

    No próximo post, peça para alguém ajudá-lo a escrever ou faça um favor a si mesmo e compre um dicionário. Seu português, além de confuso é cáotico.

  28. Roberto Smera disse:

    Olá Wagner,

    Exatamente. Não mais importa se o Landis é mentiroso, doente ou o que seja. O que mais importa é que a mídia mundial já tem o suficiente em mãos para ir atrás de que em interessa, questionando os eventuais culpados até conseguir o que quer.Escândalo de proporções épicas e um péssimo dia para o esporte, principalmente nos EUA.

  29. waldeir disse:

    ta ficando nervoso e perdendo a linha olha o coração

  30. Wagner disse:

    nos próximos dias, talvez apareçam alguns outros ex-companheiros de lance fazendo as mesmas acusações ou o greg lemond reforçando o coro (como sempre), para aproveitar o embalo e ganhar um espacinho na TV.

  31. ANDRE disse:

    KKKK, ESSA BRIGA ESTA MAIS EMPOLGANTE QUE A DO LANDIS E LANCE !!!

  32. Wagner disse:

    caramba

    antes que eu pudesse terminar de comentar, olha ele aí
    greg lemond continua rápido

    http://www.nydailynews.com/sports/more_sports/2010/05/20/2010-05-20_greg_lemond_believes_most_of_floyd_landis_statements_about_doping_in_cycling.html

    floyd landis já tem mais de 2200 menções no google news

  33. Rogério Yokoyama-Palmas/TO disse:

    Zaka, por favor, bota ordem na casa.
    Esse assunto já rendeu o que tinha que render.
    Existem “locais” na Internet onde a pessoa pode criar comunidades , blogs, etc, para fazer jornalismo investigativo e provar a veracidade ou não dos fatos noticiados pela mídia.
    Daqui a pouco aparece um mais esquentadinho ou irônico e o nível poderá descambar.
    Creio que aquela idéia que você (Zaka) comentou logo após o seu “Return” pode ser aplicada pelos próximos dias : Não comentar mais sobre “Resultados Analíticos Adversos” e assuntos afins. Ou senão, pderia dar a notícia mas bloquear as postagens. Este é um assunto extremamente passional e creio que a democracia não deve ser exercida neste caso.

  34. Roberto Smera disse:

    Rogério,
    Creio ser esse um espaço aberto para discussão do assunto relacionado ao tópico aberto. Cabe a você decidir se deve ou não participar. Entretanto, se está incomodado com o teor do tópico acho que apenas lhe cabe agir como mero expectador e não usar de tom autoritário, solicitando o fechamento do tópico. Ademais, a discussão está sendo mantida em alto nível. Free speech.

  35. Roberto Smera disse:

    No presente momento, Larry King está entrevistando o Johan Bruyneel na CNN. Canal 53 na Net SP.

  36. Wagner disse:

    acho que zaka deve manter aberta a discussão. Afinal, se, de alguma forma, essas acusações se confirmarem, toda a credibilidade do esporte desaparecerá e o ciclismo profissional passará a ser levado tão a sério quanto um torneio de luta-livre pelos fãs, mídia e patrocinadores.

    • Zaka disse:

      Os comentários ficam abertos enquanto a discussão for mantida num bom nível. A partir do momento que houver QUALQUER tipo de ofensa a QUALQUER um aqui, os comentários serão temporariamente trancados e o ofensor é suspenso da equipe até que apresente sua defesa, sujeito a 2 anos de suspensão após análise.
      Já cansei de ver (e ainda vejo) dezenas de fóruns por aí em que discussões passam do limite e entram no campo pessoal. Não acredito que isso vá acontecer aqui, mas…. se ocorrer, já sabem o que acontece.
      Desculpem se pareço ser um pouco autoritário, mas não gostaria de ver esse espaço transformado em campo de batalha.

  37. JP disse:

    meu o circo ta pegando fogo e vai incendiar ainda mais nos proximos dias!!!doping atras de doping, acusações em massa, ciclismo é noticia em horario nobre na rede globo. É o Apocalipse que esta por chegar

  38. Andrei disse:

    Tudo isso por conta de suposições… e o no Brasil, um jogador de Futebol que é CONSTATADO que jogou dopado, tem a pena reduzida, enquanto q alguns q tiveram anos de testes e nunca se foi detectado nada estão sendo julgados por Blablabla de pessoas totalmente sem escrúpulos…

    Antes se Floyd tivesse falado tudo isso logo que foi lhe atestado o positivo, estaria 2 milhões mais rico, e hoje esta história já poderia ter sido Finalizada!!

    Ps: MaracuGina na moçada, q os ânimos estão quentes hahaha

  39. Leandro disse:

    Eu acho que o Landis pode estar dizendo a verdade. Mas o momento para dizer isso não era agora, depois de esgotar todas as possibilidades de enganar o público e os tribunais. Mantenho com ele a mesma opinião sobre o Frei.

    Quanto ao Lance, não foi pego e tem mais é que ficar na boa mesmo. Para quer promover mais ainda o cara. Deixa o cara lá lavando carro para morar atrás do posto.

    O lance da bebida foi uma brincadeira mesmo. Achei que todo mundo lembrasse das inúmeras bobagens que o Floyd Landis inventou nos últimos 4 anos para dizer agora que ele realmente se dopada.

    O bonzinho do Landis queria limpar a consciencia depois de mandar e-mails para todo mundo, até para os CEOs da Trek e da Amgem ameaçando estragar a imagem do ciclismo com as suas declarações.

    Esse assunto, sem informações concretas, acabou aqui para mim. Amanhã tem Giro…

  40. viley disse:

    Sinceramente…mais um assunto polêmico que não leva a lugar nenhum, definitivamente…
    Na minha humilde opinião, TODOS os ciclistas de elite usam dopping, porém com tecnologias diferentes e por isso alguns são pegos e outros não…
    portanto, ficar aqui acusando x e defendendo y, não seria o correto na minha opinião.
    Se um ex-ciclista resolve “abrir o bico” sobre o que acontece dentro do pelotão, tudo deve ser investigado etc e tals, antes que se crucifique alguém (se não me engano esse é um princípio do direito…todos são inocentes até que se PROVE o contrário)… ficar discutindo expeculações não vai levar a lugar nenhum…
    Se fôssemos discutir dopping baseado apenas em acusações, ficaríamos aqui o ano inteiro falando de TODOS os ciclistas, pq de Alberto Contador (citado no caso puerto) pra baixo, todos já foram acusados alguma vez de alguma maracutaia no pelote (o Cancellara inclusive foi acusado de ter um motor na bike O.o)…
    Enfim, essa é apenas a humilde opinião de um fã descrente na inocência de todos os esportistas (esportistas de modo geral, pois não creio na lícita carreira de tops da f-1, futebol, basquete, tênis, etc) da elite mundial…Se eles usam alguma substância ilícita (e eu creio que TODOS usam), cabe a quem acusa e às entidades competentes desmascararem…do contrário, eu gosto é de ver o show, assistir a uma boa corrida, disputada e cheia de emoção como está sendo o giro…pq se eu for colocar meus princípios acima disso, eu simplesmente não assistirei mais meus esportes preferidos😛
    abraço a todos…

  41. Roberto Smera disse:

    Certamente o Landis teria muito mais credibilidade se tivesse feito essas acusações na época que foi pego, ao invés de quatro anos depois, após mostrar comportamento sem ética e desonesto. Apesar disso, estou inclinado a acreditar que ele está falando a verdade.

    Contudo, em razão de seus atos pregressos, Landis se colocou numa situação bastante difícil, fazendo com que os acusados possam invalidar sem muito esforço as alegações que fez. Basta assistir o vídeo da entrevista coletiva que o Armstrong deu ontem para constatar como ele apenas ataca a credibilidade do Landis, SEM MENCIONAR em qualquer momento a veracidade das acusações dirigidas a ele.

    Em minha mente, não há dúvidas da necessidade de uma investigação do que aconteceu dentro da equipe USPS, similiar a investigação ao que vimos acontecer com a equipe Telekom da mesma era, conduzida pelas federações de ciclismo, agências anti-dopagem, a imprensa ou até mesmo a combinação de todos.

    Sabendo que o Floyd Landis não tem mais qualquer credibilidade, caberá apenas as partes acima mencionadas tentar usar qualquer que seja o mecanismo necessário para conseguir mais informações dele, mantendo assim a pressão nos atletas e na direção da equipe USPS.

  42. Zeca Blak disse:

    Smera,
    Sugiro ir girar na beira de uma praia ou descer uma serra… Meu caro, se essa raiva que vc tem do Lance diz respeito a doping, vc deve ter raiva de todo mundo. Como não desconfiar do Cancellara, dos irmãos Schleck, de Contador, do inconstante Cavendish, Boonem idem, e por aí vai.
    Na boa, sem preferir um ou outro, curta o presente, aprecie quem está “limpo” agora. Lembre-se que Coppi tomava anfetamina, Merckx já foi barrado num Giro, Pantani vacilou, e todos são endeusados. Não crucifique quem foi pego e muito menos quem supostamente tá dopado porque, se for assim, não sobra ninguém. Não sobra ESPORTE DE ALTO NÍVEL nenhum pra apreciarmos. Infelizmente, é o que é, e nada vai mudar esse cenário.

  43. viley disse:

    PS: o acidente do lance parece ter sido f@#$ …por pouco não acerta o olho esquerdo…

  44. José Carlos SBC/SP disse:

    Todos ja deixaram sua posição em relação ao Doping, ao Armstrong e ao Lands. Hoje temos a 13º etapa do Giro, não vamos deixar o doping sobrepor a prova. Alias, os comentários são sempre os mesmos com palavras diferentes.
    Na boa, vamos ao que interessa, que no momento é o Giro.

  45. Roberto Smera disse:

    Caro Zeka Blak,

    Primeiramente, obrigado pela sugestão. Foi devidamente notada, apesar de já ter feito meu treino matinal com meus companheiros de estrada.

    Entretanto, você se engana quando diz que tenho raiva do Armstrong APENAS em relação as supostas substâncias proibidas que tomou durante a carreira. Erra também quando levanta a questão de que também não desconfio dos ciclistas que mencionou, alegando que tenho raiva de todo mundo. Assim como você, aprecio o esporte desde 1996 e sei bem como funcionam as coisas “por trás dos bastidores”.

    Entretanto, minha opinião diverge da sua quanto a “crucificação” de atletas pegos pelo sistema e os que ainda estão impunes e na ativa. Pela sua ótica, você acha que simplesmente a sujeira deve ser varrida para baixo do tapete, como se nada tivesse acontecido ?.

    Acho que os primeiros resultados positivos na luta contra esse câncer que corrói o esporte já estão começando a aparecer e atual escândalo que está sendo notícia em todo mundo talvez seja o marco inicial para autoridades do esporte abrirem de uma vez os olhos para o problema.

    Talvez eu seja um dos poucos que tem a esperança que as coisas estão caminhando para melhor. Simplesmente não consigo me referir ao assunto de outra maneira.

  46. Augusto disse:

    Zeca Black is almost God!

  47. Roberto Smera disse:

    Obrigado, Zaka. Sempre achei sua forma de se colocar justa e coerente. E seu último post é a grande prova disso. Novamente agradeço a chance de poder postar num espaço aberto e livre, podendo expressar idéias e opiniões relacionadas ao ciclismo. Um abraço.

  48. Zeca Blak disse:

    Smera,
    Minha visão transcende o esporte. É mais em relação a humanidade. E tb não tenho totais condições de transcrevê-la aqui. É mais pra uma conversa num bar, entre um chopp e outro, enfim. Já escrevi isso outras vezes, pode chamar de conformismo, mas onde há seres humanos/competição/dinheiro, haverá sempre trapaça. A luta insana que se tem hoje contra o doping nos esportes é louvável e muito!!! Porém não crucifico atletas profissionais que tentam qualquer coisa proibida (hoje) porque acho, com uma profunda tristeza, que todos fazem algo errado para se destacar. E sempre fizeram. É do homem, infelizmente.
    E baseado na sua resposta, deve-se então investigar não só a turma da US Postal, mas sim o passado de Merckx, De Vlaeming, Anquetil, Bartali, Coppi e tantos outros vitoriosos. E daí, talvez partir para outros esportes. O próprio Agassi assumiu que fez uso de Anfetamina. Investigue-se Lendl, Sampras, Palmer (golfe), Zatopek (fundista), e tantos e tantos outros, de tantos esportes… Todos, no seu tempo, de alguma forma, fizeram alguma coisa errada para obter melhora nos seus resultados.
    Não acho que seja “empurrar pra debaixo do tapete”, acho que é mais uma questão de sentar nesse tapete, com uma pipoca no colo e curtir o que amamos, sem crucificar pequenos, médios ou grandes atletas que estão lá, do outro lado da TV, pra entreter, superar limites e, quem sabe, ficar famoso e rico. Que a luta contra a trapaça continue, mas um dopado não é um assassino.
    Um último comentário: Comecei a apreciar ciclismo há pouco tempo (comparado aos cascudos que frequentam esse blog), desde 2000, vendo o Tour. A cobertura do Tour só foi possível por causa da presença do Lance Armstrong (pra mim, maior marketeiro esportivo desde Pelé). Acho que, independente de descobrirem se ele anda dopado ou não, TODOS que amam o ciclismo devem reverenciá-lo, senão pelas suas conquistas pedalando, mas pelo menos por defender e mostrar tanto o ciclismo para quem não está na Europa. Serei eternamente grato a ele. Desculpem os Anit-Lance de plantão, mas essa é minha opinião.

  49. Roberto Smera disse:

    Olá Zeka,

    Respeito sua visão e suas colocações, mas discordo de algumas delas. Seu conformismo com o que presencia é um sentimento seu e creio ser baseado em seu próprio julgamento naquilo que é publicado em artigos científicos, factuais, imprensa, ou qualquer outro meio de divulgação.

    Concordo quando discorre a respeito da corrupção do esporte quando há dinheiro, ego e demais motivos envolvidos. Como você, acho difícil erradicar o problema permanentemente, justamente pela natureza do ser humano que mencionou. Sua colocação nesse caso é muito pertinente.

    Entretanto, acho que não considerou que nem todos os atletas profissionais respondem da mesma forma a uma determinada droga. O atleta X que faz uso de uma substância como o EPO não necessariamente irá apresentar a mesma perfomance do atleta Y.

    Seguindo essa mesma linha de pensamento, sabe-se que a grande minoria tem acesso aos “programas de doping de alto nível”, ministrados pelos “papas” no assunto (citando aqui Dr. Michelle Ferrari e Eufemiano Fuentes como exemplos). E aqui a questão é simples : Um programa anual completo de doping com esses “especialistas” chega a custar até USD 90.000, consoante colocado pelo próprio Landis. Uma despesa que garanto a você está fora do alcance da enorme maioria dos ciclistas, que recebe um salário anual muito menor do que esse valor.

    Então pergunto a você : Onde fica o princípio da “igualdade”, tão preconizado quando o assunto doping é mencionado ?

    Onde cabe a colocação : “Todo mundo toma então tudo bem, todos são iguais” “Ah vamos eximir aquela atleta da culpa, pois todos estão dopados até o pescoço” ?

    Respondendo a sua pergunta sobre a investigação dos ciclistas que mencionou, digo que as coisas naquela época eram muito diferentes do que são hoje, embora a atitude e consciência dos que cometeram a trapaça/fraude sejam as mesmas dos atletas de hoje. Todavia, pelos motivos que mencionei acima, acho que é capaz de perceber a enorme disparidade do que era se dopar naquela época em relação ao que se tem hoje disponível para os mais afortunados.

    Concordo quando diz que o Armstrong trouxe a popularidade do esporte para as massas na última década, tornando possível a divulgação do esporte para nós. Talvez essa seja a única coisa boa que irá sobrar do legado dele para pessoas que pensam como eu.

    Para o povo americano e grande parte dos brasileiros, Armstrong é um grande ativista na luta contra o câncer ao invés de ser apenas um atleta qualquer que venceu 7 vezes o Tour De France fazendo uso de substâncias para aumento de performance. Mas quer saber de uma coisa ? Pode ser que ele seja os 2, não é ?

    Um abraço

  50. Antonio Carlos Alves disse:

    Bom para começar eu jamais irei revenciar O Lance Armstrong.Jamais será meu idolo. Ele foi o que mais vezes ganhou o Tour, mas como ciclista muito, mas muito inferior ao Fausto Coppi, Jacques Anquetil, Eddy Merckcx, Bernard Hinault e Miguel Indurian todos ganhadores do Tour de France. Foi na minha opinião até inferior ao seu compatriota Greg Lemond (que ganhou 3 Tour e podia ter ganho mais não fosse o tiro acidental que o atingiu impossibilitando-o de ir mais longe).

    Coppi foi acusado de tomar Anfetaminas, Jacques Anquetil bateu o Recorde da Hora que não foi homologado por ter recusado a fazer o exame de doping, Merckx foi desclassificado do Giro por doping, acusação que ele sempre negou, afirmando ter sido uma armação. Verdades ou mentiras?

    Tem os que assumem caso do Bjarne Riis e tem os que negam e depois são desmascarados que é ainda pior.

    Eu sempre fui fã dos escaladores. Alguns me decepcionaram como Richard Virenque, Marco Pantani, José Maria Jimenez. Não só pelo fato de terem se dopado, mas por negarem a exemplo de Virenque que em lágrimas se dizia inocente e os outros dois mais triste ainda todos sabem o final que tiveram. Isso realmente me deixou decepcionado.

    Quanto ao Armstrong não sei se tomou ou não. Vamos esperar.

    O que é mesmo estranho é a UCI declarar como lamentável as acusações de Floyd Landis sem dar tempo a uma investigação como afirmaram os jornais espanhóis.

    E agora será que os organizadores do Tour de France vão proibir a participação do Lance? O espanhol Alejandro Valverde também foi proíbido de participar no Giro pelo mesmo motivo.

    Alguém comentou que ele abandonou o Tour da Califôrnia para poder se dedender da acusação e não por ter sofrido uma queda. Eu também acho que a queda não foi tão grave para motivar a sua desistência.

    Espero que as acusações não acabe em pizza.
    Espero que prestigio e dinheiro não abafe o caso.

    TEM QUE SE INVESTIGAR…DESCOBRIR AS VERDADES

  51. Zeca Blak disse:

    Antonio Carlos,
    Sem dúvida houve ciclistas muito superiores ao Lance. Inquestionável!!! Não à toa, meu filho de 6 meses se chama Miguel! O que quis dizer foi que nenhum deles divulgou o ciclismo pra fora da Europa como o Lance fez. Se não fosse ele, eu talvez não estaria aqui, agora, debatendo o “doping no ciclismo” com vc´s. E como tantas outras pessoas que começaram a tomar gosto pelo esporte “pós-Lance”, a indústria do pedal não estaria como está hj (nem sei quanto já gastei em bike, acessórios, revistas e dvd´s e mecânica). Antes dele era leigo em ciclismo (agora sou semi-leigo, ehe).
    Smera,
    Concordo com 90% do que diz. Aos 10% que discordo, qualquer dia a gente pedala junto e troca uma idéia. Como diz o chato do Diogo Mainardi: “Não existe opinião certa ou errada. Existe a minha e a sua.”

  52. Roberto Smera disse:

    E para agravar ainda mais o cenário, Jeff Novitzky, um Agente Federal que trabalhou no caso BALCO e foi responsável pela prisão da atleta Marion Jones, já está no encalço dos acusados, procurando um corpo de provas para sustentar um eventual processo em corte.

    Link do New York Times : http://online.wsj.com/article/SB10001424052748703559004575256913635747280.html?mod=quicklinks_landis

    Interessante notar que, pela participação desse Agente Federal, poderíamos ter o seguinte cenário :

    – Alguns ex-companheiros de equipe do Armstrong, como Tyler Hamilton, Kevin Livingston, George Hincapie, Frankie Andreu e Jonathan Vaughters são chamados para depor. Tenha em mente que a última coisa que essas pessoas fariam é mentir a um Agente Federal. Não seriam loucos. Vejam o que aconteceu com a Marion Jones depois que mentiu.

    Nesse caso, espero que haja um esforço comum para elucidar muitas coisas que ainda estão pendentes de explicação. Na possibilidade de algumas dessas pessoas se apresentarem como um “front” unido contra o Armstrong, sua máscara finalmente irá cair e a charada finalmente chegará ao epílogo.

    Caso contrário, se essas mesmas pessoas se sentirem assustadas ou acuadas pela possibilidade de uma possível retaliação por parte do Armstrong, colocando em risco seus futuros prospectos como profissionais do ciclismo, então acho que será difícil que algo mais concreto se desenrole.

    Afinal, essa é a força motriz por trás do principio da OMERTA, não é ? (quem é advogado deve saber do que estou falando).

    Apesar desse cenário hipotético, o que realmente desejo é que o ciclismo vença essa batalha. É uma questão de necessidade. Sabemos que muitas forças influentes dentro do esporte querem que as coisas se mantenham como estão, simplesmente porque muitos investiram no mito Armstrong.

    Este investimento pode ser notado de formas diversas :
    – Do fã incondicional, comprador da indefectível pulseirinha de silicone amarela, que realmente acredita que as 7 conquistas consecutivas de seu ídolo, ladeado por um exército de “domestiques” fiéis, foi possível sem o recurso de um sistemático e organizado programa de doping dentro da própria equipe – àqueles que se uniram a ele, visando uma forma cínica de ganhar dinheiro, vendendo o conceito do mito e do salvador.

    Nenhuma fraude dessas proporções é capaz de sobreviver a uma detalhada investigação, caso a mesma seja devidamente aplicada. Apenas espero, para o bem do ciclismo, que uma agência externa e completamente desatrelada a UCI, faça o melhor possível para desvendar a verdade.

  53. Roberto Smera disse:

    Antonio Carlos, excelente post ! Valeu…

  54. waldeir disse:

    .acho que tudo isso é medo do grande lance ganhar mais um tur estão tentando prejudicar sua preparação mas pelo o que sei de lance isso vai motivar mais ainda ele ai quando ele tiver 8 títulos ai vão acusar ele novamente

  55. ANDRE disse:

    Sinto muito Waldeir, mas o Lance não vai ganhar mais nada se tratando de Tour, quem sabe no triathlon ele tenha mais sorte? Este ano teremos o Contador mais uma vez campeão. Com ou sem doping.

  56. diogo disse:

    Concordo com você Andre, com certeza Lance nao consegue ganhar mais nada, mas é sempre bom ver o titio no tour!

  57. Roberto Smera disse:

    Também começo a pensar que não só a participação no Tour mas como a carreira ciclística do Armstrong chegou ao fim. Não consigo vê-lo participando do Tour de France e, mesmo que a equipe RadioShack esteja por lá, certamente serão forçados a competir completamente limpos, pois a atmosfera estará tensa como nunca se viu.

    Enfim, o Armstrong está acabado. Há muita controvérsia no ar. Alguém aqui chegou a escutar as entrevistas que ele deu durante o ToC pre-Landis ? Para mim estava muito claro que ele sabia do desastre iminente e estava se escondendo como podia até agora. Colegas, o brilho já não mais existe nos olhos dele. Os franceses irão literalmente fritá-lo. É tudo questão de tempo.

  58. ANDRE disse:

    Smera, nisso eu concordo contigo, se o Tio fizer o Tour, não só os franceses, mas a imprensa em geral irào fritá-lo!!!

  59. Essa história ainda vai longe!
    Por todo o hostórico do ciclismo sempre que escuto essas histórias “fico com um pé atrás”.
    Mas das acusações de Lance digo ou o homem está limpo mesmo, já uqe foi testado inúmeras vezes, ou ele gasta muita grana para burlar os resultados.
    http://espiritooutdoor.com

  60. Roberto Smera disse:

    Olá Rodrigo,
    Eu não só fico com um pé atrás, mas com o corpo inteiro. Limpo ele nunca esteve. Não significa que estava limpo apenas porque não apresentou resultado positivo nos testes. Lembre-se que TODOS os ex-companheiros de equipe dele já estiveram de alguma forma envolvidos com doping. E para agravar a situação, TODOS os atletas que ele venceu nas 7 vezes em que competiu no Tour eram dopados convictos. Há quem acredite na teoria de que o Armstrong é uma aberração da natureza, mas não passa de conversa para manter os neófitos do esporte continuarem comprando as pulseirinhas amarelas e alimentando a indústria por trás da farsa.