Critérium Du Dauphiné – Etapa Alpe d’Huez

Esse morrinho não merece ser identificado numa prova com um número de etapa.

1      Alberto Contador Velasco (Spa) Astana      4:31:01
2     Janez Brajkovic (Slo) Team Radioshack
3     Sylvester Szmyd (Pol) Liquigas-Doimo     0:00:17
4     Jérôme Coppel (Fra) Saur – Sojasun     0:00:24
5     Jurgen Van Den Broeck (Bel) Omega Pharma-Lotto     0:00:40

Geral
1      Janez Brajkovic (Slo) Team Radioshack      24:26:05
2     Alberto Contador Velasco (Spa) Astana     0:01:41
3     Tejay Van Garderen (USA) Team HTC – Columbia     0:02:41
4     Jurgen Van Den Broeck (Bel) Omega Pharma-Lotto     0:03:46
5     Nicolas Vogondy (Fra) Bbox Bouygues Telecom     0:04:01
6     Jérôme Coppel (Fra) Saur – Sojasun     0:04:17
7     Christophe Riblon (Fra) AG2R La Mondiale     0:04:23
8     Pierre Rolland (Fra) Bbox Bouygues Telecom     0:05:54
9     Christopher Horner (USA) Team Radioshack     0:06:10
10     Sylvester Szmyd (Pol) Liquigas-Doimo     0:06:33

Vamos ver amanhã se o Brajkovic resiste ao perfil final da prova.

Comemoraçãozinha boba do Contador. Hoje era dispensável. Se ele tivesse barbarizado, destroçado, assumido a liderança ainda vai. Mas hoje?

16 respostas para Critérium Du Dauphiné – Etapa Alpe d’Huez

  1. Gabriel Sousa disse:

    O Janez esteve muito bem neste Dauphiné.

  2. Tiago Cardoso disse:

    Pois parece que o contador voltar a atacar a brincar LOOOL é o que faz o Janez ser um pro tour xD

  3. andre disse:

    que tal o podium no mitico alpe dHuez… Specialized, Trek e Cannondale(COM um guidâo e mesa integrados… espetacular)Só bike americana. E eu acho que no tour vai ser muito semelhante.

  4. Luís Souto disse:

    Contador brincou, literalmente brincou com seus adversários hoje!!
    Valeu um grande abraço a todos!!!!

  5. Artur Rizzi disse:

    tb concordo com zaka, a comemoraçaozinha de contador, mt nada haver!

  6. rafael robalo disse:

    pronto,ok de acordo com todos.mas quem viu o Cris Horner a ficar para tras para ajudar o Tejay Van Garderen??

  7. Fernando Blanco disse:

    Contador mostrou que é o mais forte, mas algo continua me dizendo que já esteve melhor. Nada menos que 14 ciclistas chegaram até 2 minutos dele, o que não seria normal.
    O pelotão ainda tem 30 dias até chegar nas montanhas decisivas do Tour e muito descanso-ativo e treino pra valer ainda vai rolar. Acho que a batalha Contador x Schleck este ano vai ser pra valer! Aposto no mesmo podium de 2009 com Lance em 3o.

  8. Pedro (Barcellos Sports) disse:

    Faz sentido Fernando.. o pódio é bem provavel ser semelhante..

    A Etapa de hoje particularmente foi muito interessante! Vi só o compacto dos ultimos kms.. Um bate rebate alucinante e ótimo para quem ama o ciclismo.. Bem legal memsmo..

    Só não entendi o braj puxando o contador no final..!! Pra ficar melhor ele podia ter ficado de roda e batido o magrelo na chegada..

  9. Juca disse:

    Bom , cada prova é uma prova . Mas lembro que o zaka disse algo uma vez sobre atualmente no pelotão ninguèm deixou o magrelo madrileño de roda ( salvo o frango e o lingua de cobra-?-). E continua assim.

  10. Albertone disse:

    Acredito que estamos vendo “Contadores” diferentes. O magrelo bateu 8 vezes e Braj resistiu, além do ataque dos outros. O magrelo ão se poupou muito não e não conseguiu se distanciar.
    Aguardemos o TDF que será emocionante.

  11. fabio_bsb disse:

    Concordo com os últimos comentários.
    Antes de ver o compacto achei que a subida tinha sido uma “ação entre amigos”,no entanto pareceu-me que o pistolero tentou alguma coisa, assim como o Smyd, e o Braj conseguiu aguentar.

  12. andre disse:

    me lembro do Janez na Vuelta que
    o Vino foi campeão. Ele vestiu a camisa de lider por algumas etapas e tinha só 22 anos (eu não tenho certeza) e acho que ele tem muito futuro. Sei que vão me criticar, mas acho que o Kloden teria mais chance que o Capitão América contra o Contador, no ano passado demonstrou e ter um melhor TT e escalada que o tio além de não ter uma marcação tão próixima dos adversários.

  13. Jonathan disse:

    Tô ficando meio fã do Sylvester Szmyd da Liquigas, que chegou em 3º. No Giro se notava claramente que quando ele assumia a ponta do pelotão no início das montanahas, começava a sobrar gente pelo caminho lá atrás! Pelo menos de gregários o Lance e o Basso não poderiam se queixar!

  14. Eu não sei se o Contador atacou com 100% de suas forças (até acho que não atacou…). Mas uma coisa é inegável: ele atacou! E, quer tenha atacado a 20%, 30%, 50% ou 90% de suas forças, atacou pra tentar ganhar do Brajkovic. E não conseguiu. Parabéns pro gregário do Lance.