Tour de France 2010 – A queda na Etapa 8

No site do Versus.

Constatações:

  • Armstrong não chegou a cair;
  • Kreuziger caiu;
  • Evans levou um esfolão.

57 respostas para Tour de France 2010 – A queda na Etapa 8

  1. Gabriel Sousa disse:

    O Armstrong só não caiu na 3ª vez… mas caiu 2 vezes bem no inicio da etapa… de uma vez caiu de costas porque junto ao dorsal estava a camiseta rasgada.

  2. Fernando Blanco disse:

    Zaka, o site pisou na bola feio. Assisti ao vivo pela TV5 e vi ele cair feio após uma rotatória. E não foi no começo, não, mas pouco antes da penúltima subida. Não acho que a queda foi responsável pela má performance, mas o cara caiu sim.

    • Roberto Smera disse:

      O pessoal da Versus (Ligget e Sherwen) são como amantes do Armstrong. Impossível não tecerem comentários altamente tendenciosos pró-Lance. Aliás, essa queda é uma ótima desculpa para o velho faça as malas e abandone o Tour, o que não acho nada improvável que aconteça.

      • Will Barbosa Bike e etc. disse:

        oloko
        ele podia mostrar-se um belo companheiro e ajudar o Leipheimer né?😉
        talvez seja a hora de retribuir tanta lealdade, pô.

        • Roberto Smera disse:

          Olá Will,

          O passado já nos cansou de mostrar que o Armstrong não ajuda ninguém, senão a ele mesmo. Aliás, o que ele poderia fazer pelo Levi (que passou o dia sugando rodas e parecendo que estava ali, se aguentando como podia), se já na primeira etapa de montanha razoavelmente forte, tomou 10:44 minutos para os favoritos ?

          Lealdade ele teria, se previamente assumisse que não era o mais forte da equipe (e isso você pode ter certeza que ele sabia) e apontasse o Kloden, Levi ou mesmo o Brakjovic como potenciais capitães da equipe.

          Um abraço.

      • Ivan disse:

        que falta de respeito, o cara anda muito caiu várias vezes, caramba meu perseguir pelote depois uma queda beleza mas foi mais de uma, e ele tá mais forte que no ano passado, só quem não pedala ou não tem nenhuma experiência de competição pra falar tão mal do cara assim, o bom é que o contador viu a batata dele assar hj, kkkk!

  3. waldeir disse:

    falta de sorte, o lance ja era e o vampiro idem

    • Roberto Smera disse:

      Falta de sorte ?…Eu diria falta de pernas ! O Vampiro vai muito bem. Tem se mostrado o “domestique” perfeito para aquele talentoso ciclista espanhol, prestes a ganhar mais um Tour.

  4. ALEX SANDER disse:

    VAMPIRO…….VAMPIRO……..VAMPIRO!!!!!!!!!!
    TANTA COISA ACONTECENDO EM UM SUPER TOUR E OS CARAS QUEREM É FALAR DO VAMPIRO………..????
    POXA VAMOS FALAR DO CONTA..DO SCHELECK DO ARMSTRONG
    VOCES NÃO ACHAM QUE TEM COISA MAIS INTERESSANTE NÃO?

    • Roberto Smera disse:

      Pois é, Alex Sander

      Infelizmente nem todos conseguem escrever de forma coesa e inteligente quando o assunto é ciclismo, embora alguns colaboradores tenham contribuido com ótimas opiniões aqui no “Maglia” após o estágio de hoje.

      Um abraço.

      • Ivan disse:

        vc principalmente não é um cara coeso, com essa perseguição ao Lance, parece até inveja kkkkk, vai vai nessa de grande ciclista espanhol, grande ciclista espanhol mais recente somente indurain, esse robozinho de agora ainda tem muito a provar!

        • Roberto Smera disse:

          Acho que o robozinho a que se refere não precisa provar mais nada. Já venceu Tours, Giro e Vuelta com a tenra idade de 28 anos. Bastante coisa, não ?

          Entendo que hoje seja um dia triste para você. Meus pesâmes e uma caixa de lenços descartáveis, para que possa chorar a patética derrota de seu herói combalido.

  5. waldeir disse:

    Tem ainda o BASSO andou bem hoje

  6. fabio_bsb disse:

    Não caiu?
    Foi uma cacetada. Um francês filmou no celular.

    • Kenner disse:

      Putz Fábio, eu ia postar um outro aqui que eu achei também mostrando o tombo, mas esse seu ganhou de todos. Coitado do cara! E ainda querem que ele suba atacando o Contador depois disso! Pra mim Lance é o melhor e sempre será!

  7. Antonio Dirceu Ribeiro disse:

    Valeu Fábio. realmente foi um senhor capote, fiquei pensando como ele teria quebrado o selim no tombo e precisando trocar de bike, mas agora esta explicado, a bike bateu na sargeta do meio fio, e ele passou com a cabeça raspando…que sorte a do cara hein

  8. Antonio Dirceu Ribeiro disse:

    O cara bateu o pedal no chão a 60 km por hora segundo depoimento dele, por isso não ficou puto com ninguém…rsrrssr caiu sozinho

  9. achilles disse:

    Não entendo como vocês falam e criticam o lance.
    Um ciclista de uma historia de superação.
    lance divulga o ciclismo, ele atrai a impressa isso é ótimo para esporte ate quem nem sabe oque é ciclismo
    conhece a historia de lance, agora já contador.

  10. Roberto Smera disse:

    Olá Achilles,

    Qualquer indivíduo, seja ele herói, vilão, atleta, incapacitado, negro, branco, amarelo ou o que seja, está sujeito as mais diversas críticas.

    A história de Armstrong é realmente tocante em primeira instância, mas por acaso você sabia que o Contador também já esteve à beira da morte em razão de um cavernoma cerebral ? Viu só que fato interessante ?

    Assim como o Armstrong, ele também superou a doença e hoje é também um grande campeão.

    A única diferença é que ele não precisou escrever dezenas de livros sobre um assunto que todos estão mais do que cientes e usar a doença como desculpa para retornar ao esporte.

    Um abraço

    • ivan disse:

      Caro Roberto Smera, quero agradecer pelos lenços de papel, mas falando sério e reseitosamente a sua opinião, O lance armstrong lançou livros e divulgou sua doença e sua recuperação, mas sempre buscando um retorno a fundação livestrong que tem ajudado a milhares de pessoas com cancer inclusive do Brasil, Quanto ao robozinho Cotador merce respeito de não falar sobre sua lesão, mas tanto ele quanto o Lance são suspeitos pra mim pois dois sujeitos que não tiveram um começo de carreira sensacional depois da doença voltam arrebentando, pra mim os dois são robozinhos com componentes cibernéticos, abraço e fico no aguardo dos lenços kkkkk!

      • Roberto Smera disse:

        Olá Ivan, Bom dia !

        Primeiramente, me desculpe pelo excesso de ironia. O intuito da oferta da caixa de lenços foi puramente descontração, sem qualquer intenção de ofendê-lo, pois percebi que és um fã do Armostrong e não há absolutamente nada de errado nisso. De qualquer forma, peço minhas sinceras desculpas se o efeito surtido foi o contrário.

        Acho que todos que acompanham o esporte sabem a significância da fundação Livestrong para pessoas que, como o próprio Armstrong, tiveram alguma forma de câncer durante a vida e ainda sofrem com essa doença. Isso é inquestionável.
        Não nego suas atitudes benemerentes de nenhuma forma e inclusive fiquei positivamente surpreso em saber que atualmente está ajudando o Laurent Fignon a passar por esse triste capítulo em sua vida. Ando acompanhando o Tour desse ano pelo “feed” da Versus e pela TV5 via cabo. A voz do Fignon narrando as etapas está simplesmente irreconhecível, tamanha a debilidade em que se encontra.

        Você me apontou um dado que não tinha ciência até o momento, afirmando que a fundação tem ajudado pessoas no Brasil. Realmente nunca escutei falar de tal fato e agradeceria se pudesse me apontar algum link, matéria de revista, periódico ou mesmo jornal, atestando o que você disse. Nunca encontrei em nenhuma loja com bandeira “Nike” aqui no Brasil as famigeradas pulseirinhas “Livestrong” amarelas e, portanto, acho um tanto estranho a fundação ter chegado por aqui de alguma forma. Também nunca notei propagandas sobre a dita fundação em “outdoors” ou quaisquer outros veículos de comunicação.

        A única coisa que noto, são gatunos vendendo a tal pulseirinha no famoso site de leilão do Brasil pelo escorchante preço de R$ 15,00 !

        O que sempre gosto de dizer aos colegas que fazem questão de usar a pulseirinha amarela achando que estão ajudando algo é que doem o valor pago na mesma para alguma comunidade local, hospital ou creche de sua confiança. Garanto que o efeito surtido seria muito maior. Mas acho que ambos sabemos que muitos usam a pulseirinha com outro propósito. Deixa pra lá.

        O problema aqui é que essa fundação é paulatinamente usada como escudo para a defesa do Armstrong. E isso é lamentável. Quem acompanha as entrevistas coletivas e individuais dele, já teve a oportunidade de notar que quando o “script” não sai conforme ele deseja, ou seja, quando algum repórter faz uma pergunta maliciosa, procura rapidamente mudar o foco do assunto falando o mesmo “bla bla bla” de sempre, ou seja, “estou aqui por eles, eles são a causa”, etc…

        O “robozinho” Contador (realmente parece mesmo um robozinho em cima da bike), merece respeito não só por ter passado por grandes dificuldades de saúde, mas também por se mostar um verdadeiro “gentleman” seja em cima da bike ou fora dela. Muito diferente do Lance.

        Finalmente, discordo de você quando diz que ambos não tiveram um começo de carreira expressivo. Armstrong já mostrava no início de sua carreira um enorme talento para ser um atleta com grandes chances de êxito em provas clássicas, tendo sido sagrado o campeão mundial em Oslo com a idade de 22 anos (portanto o mais novo da história se não estiver equivocado).

        O mesmo aconteceu com o Contador, embora o destaque tenha sido para voltas de múltiplos dias (os Grand Tours). Já postei um resumo aqui no Maglia, acerca das posições em que ambos terminaram o Tour de France em suas primeiras participações. Acho que da para ter uma idéia se tiver um tempinho para ler.

        Sem mais me delongar, desejo à você um bom dia e uma boa semana pela frente. O Tour, apesar de ter perdido um pouco da graça, ainda promete um bom espetáculo.

        Allez !

    • Viley disse:

      eu sinceramente de abstenho de discutir esse tipo de assunto, por ser um assunto polêmico e saber que algumas pessoas apenas procurar um motivo pra discutir mais e mais e mais sem uma intenção que vá acrescetar algo…mas vamos lá…

      É claro que o contador não precisou escrever livros e mais livros sobre a doença dele…se fizesse isso não venderia nem metade dos livros do Lance😛
      o ciclismo na espanha já é cultural e não seria uma história de superação como a do contador q iria sair da rotina e causar um furor como o do Lance na America do norte…
      nos EUA pelo contrário…o ciclismo era quase como no Brasil, antes da era Lance (será que exagerei?😛 )…
      Se vc tem raiva/inveja ou sei lá mais o que da história do Lance, parabés pra vc…é uma opinião pessoal sua…
      mas ficar num fórum criticando e tecendo palavras desrespeitosas, maldosas e principalmente INSINUANDO coisas sobre um dos maiores ídolos do esporte mundial, a meu ver, não é uma postura digna de alguém que como vc próprio se diz, amante do ciclismo….
      até agora…ningué provou absolutamente NADA sobre o Lance…existem indícios…palavras de pessoas etc e tals…
      mas até contador já foi citado no caso puerto…condenaram o cara??? acho que não…
      o vampirokourov q vc tanto idolatra, pelo contrário, já foi condenado, mentiu, cumpriu pena e voltou…e vc o defende…sinceramente…sua raiva sobre o Lance é algo que não tem nada haver com dopping ou com postura como ser humano…mas como muitos outros aqui, respeito sua opinião pessoal…
      mas vc seria melhor visto aqui no fórum, se também respeitasse a admiração que a maioria das pessoas tem pelas história do tio, evitando textos com palavras subjetivas e insinuações sobre a história dele…qualquer um se sente ofendido com suas palavras sobre esse assunto…
      se ele correu dopado? sei lá…só investigações dirão…mas até lá, qualquer estudantezinho de direito sabe que a pessoa é inocente até que se prove o contrário…
      enfim…
      o tour é a maior competição de ciclismo do mundo…pode ser que vc discorde…mas a verdade é que o mundo enxerga assim…então…vamos curtir o show…

      (e antes que vc comece a tecer comentários a meu respeito de que sou um “mais um fã do lance bla bla bla” ou que estou chorando pela derrota dele no tour e bla bla bla, sou fã do Lance sim…mas acima de tudo, sou fã do ciclismo…e sou grato ao Lance por conhecer o ciclismo como o conheço hj e pelos shows que ele deu nas montanhas do tour que me inspiraram e me incentivaram a gostar tanto de escaladas – como o famoso “the look” no Ullrich…porém nenhum ser humano é perfeito..e o Lance tb não é..mas acho que todos merecem respeito…e os ídolos, mais ainda..pq são exemplo pra muitas pessoas…vide história do goleiro do flamengo..exemplo de um cara que fez exatamente o q não devia fazer, estando ele no posto que estava, de ídolo de milhares de pessoas).

  11. Viley disse:

    Desculpem pelos erros de português, escrevi com pressa pois tenho uma reunião no trabalho…abraço a todos…

    • Roberto Smera disse:

      Olá Viley,

      Acho que nunca deve se abster de sua opinião sobre qualquer assunto que seja. Faça valer sua palavra quando achar que tem algo útil a acrescentar e educar os demais.

      Se equivocou também quando disse que o tema aqui discutido é meramente com objetivo de procurar motivos para discussões desnecessárias. Faço questão de pesquisar bastante antes de postar minhas respostas, a fim de que minhas opiniões sejam sempre muito bem embasadas.

      A questão sobre escrever ou não livros não é apenas mera questão de necessidade. Acho que o Contador não escreveu nada porque assim não quis. Concordo com você que não venderia nem a metade (aliás, acho 50% um número bastante modesto, se compararmos as duas personalidades e o país onde vivem), mas acho que isso não vem ao caso.

      A cultura do ciclismo não só na Espanha, mas como em grande parte dos países europeus, é realmente muito mais desenvolvida e enraizada como você mesmo colocou. Entretanto, lembre-se que estamos em 2010, plena era de mecanismos de propaganda ultra eficazes, notoriamente a Internet e suas vertentes.

      Dessa forma, talvez uma história de superação similar, contada pelas palavras do Contador, talvez tivesse bastante impacto na Espanha e no resto do mundo, embora reconheça que não chegaria aos pés da “máquina de propaganda” que os EUA fizeram em cima da imagem do Armstrong, que hoje quase possui a patética alcunha de “salvados do câncer” para os cegos que vivem num mundo de ilusões e são incapazes de desafiar o “mito”.

      Infelizmente o ciclismo nos EUA continua no mesmo estado patético que sempre esteve, com ou sem a presença do Armstrong. Não sei se tem ciência, mas grandes provas nacionais naquele país não mais existem (Tour da Georgia e outros critérios que não me recordo de cabeça), bem como já houve a ameaça de falta de verbas para muitos outros importantes campeonatos, como o próprio AToC (Tour da Califórnia). O que me faz pensar se ele realmente pensa e se importa com o ciclismo em seu país, ou apenas em faturar alguns milhões participando do Tour de France.

      No entanto, comparar ao cenário que vemos hoje no Brasil acho um pouco de exagero, visto que por aqui os atletas praticamente pagam para correr e hoje sabemos que a principal equipe de ciclismo do país não paga seus integrantes há muitos meses.

      Enfim, será que você acha que o Armstrong tem que continuar pedalando até os 90 anos e vencendo todos os Tours para que o ciclismo mundial não padeça ? Prospecto interessante para os fãs, não ?

      A respeito de minhas insinuações, desrespeito ou maldade conforme você colocou, permita-me mais uma vez tentar educá-lo, apontando um site onde poderá encontrar não apenas os indícios que mencionou, mas também diversas evidências irrefutáveis acerca do sujo passado de seu ídolo.

      Recomendo que use um bom tradutor e tome seu tempo lendo tudo o que está escrito, para depois voltar aqui e se quiser tentar refutar as colocações ali feitas.

      Por favor, note que apesar de ser um “Blog”, os artigos ali escritos foram tirados de livros e outras publicações bastante conhecidas e dignas de bom jornalismo investigativo.

      Continuando, gostaria de dizer que estamos apenas num Blog, discutindo sobre assuntos relacionados ao ciclismo. Aqui não é uma corte, onde alguém está sendo julgado por evidências (ou falta delas) acerca de seu passado pregresso.

      Portanto, acho que sua colocação de que “inocente até ser provado culpado” não cabe aqui. Basta que some dois mais dois, meu amigo. Que pense em outras cores a não ser apenas na amarela. Talvez assim não precise se apoiar em leis e possa raciocinar de forma mais inteligente. Quem sabe até mude um pouco de opinião quando ler o texto do link que coloquei acima.

      Contador e Vinokourov são igualmente sujos. Afinal, hipocrisia não cabe aqui, não é ?.

      Por derradeiro, despeço-me oferecendo também à você meus sinceros pêsames e uma grande caixa de lenços descartáveis. Acredito que hoje tenha acordado com grande sensação de tristeza pelo fim de seu ídolo. 

      Um abraço e boa reunião !!!

      • Viley disse:

        “permita-me mais uma vez tentar educá-lo”

        hsauhsauhasusahsauhasuhsau
        isso realmente é pra rir….

        a propósito…guarde seus pêsames pra vc…

        ninguém da minha família morreu ^^

    • vander disse:

      apoiado!!

  12. Luis Porto disse:

    É… parece que ele caiu feio mesmo, não tinha visto o tombo. Não tive tempo de ler tooooooooooodo esse texto acima, mas a verdade é que agora temos um capitão à menos na disputa, Levi deve assumir e tentar algo, veremos.

    Falando de Contador, me pareceu bem claro que ele não está preocupado com o Andy, é a primeira montanha ainda… acho que guardou e não quis criar uma disputa naquele momento. Esse tempinho não vai mudar nada ainda, é cedo…

    abs!

    • Roberto Smera disse:

      Olá Luis,

      O próprio Contador disse que teve dificuldades de respirar e que não teve como acompanhar o ataque do Andy Schleck no final do estágio.

      Um abraço.

      • Luis Porto disse:

        Eu não sei não Roberto… me parece uma estratégia, não sei se vc lembra… mas algo similar ( na verdade foi pior… rs ) aconteceu com o Lance e o Basso, em uma etapa vencida pelo italiano.

        Guardadas as devidas proporções e situações, o Lance abriu mão da vitória e usou como estratégia para vencer e/ou atropelar o italiano no CR individual, o que acabou “quebrando” psicologicamente o Basso para o resto do tour, vencido pelo americano.

        Se alguém lembrar o ano e/ou etapa por favor, pq aqui o fosfosol está em falta! hahaha

        Abs!

  13. José Carlos SBC/SP disse:

    Ninguem fala do Cadel Evans, será que que não tem nenhuma chance mesmo?
    Alguns falam que o Contador não quis buscar o Andy, outros acham que ele tentou mas faltou perna e não está tão forte quanto muitos imaginavam, que tem razão?
    Tem o Menchov comendo pelas beradas e ninguem comenta.
    Tem ainda o Basso, será que o Giro vai mandar a conta?
    Será que o titio vai ajudar o Levi agora ou vai desistir?
    Haja assunto, o Tour nem chegou na metade, com 8 etapas e 3 ja colocaram a amarela.

    PS: Respeito a opinião de todos que participam do blog, mas podiamos deixar para falar de doping, de ciclista que se dopa ou que se dopou, ou que quis se dopar, etc….. quando for postado alguma coisa a respeito. É só minha opinião.

    • Viley disse:

      Realmente ninguém fala do Cadel…
      acredito que se ele tivesse uma equipe de verdade ajudando, ele levaria esse tour…

    • vander disse:

      concordo

      • Luis Porto disse:

        José,

        Na minha opinião o Cadel Evans, até em entrevista ontem ( bem emocionado… ) admitiu que é uma janela de oportunidade vestir a camisa amarela, quando as montanhas morderem mesmo será difícil para ele se manter no topo. Mas sem dúvida é um brigador, já provou isso e não é campeão mundial à toa.

        Mas olha… é difícil um homem se superar dia após dia em 3 semanas… muito difícil.

        abs!

    • Luis Porto disse:

      Ah! Esqueci de comentar, ele não vai desistir não… ao menos é o que demonstra em entrevistas:

      Lance

      “My Tour is finished but I’m going to hang in there and enjoy my last Tour de France. The Tour is over for me but I’ll stay in the race and try and win stages, help the team and appreciate my time here. No tears from me.”

      Palavra de campeão, vai aproveitar até o fim… aproveitar??? Isso é um sofrimento desgraçado! hahahaha

      abs!

  14. Rogério Yokoyama/Palmas-TO disse:

    Mandou bem Viley !

  15. ANDRE disse:

    Sr. Smera, iniciei no ciclismo influenciado pela imagem e desenvoltura internacional do Armstrong com a bike e após acompanhar diversas de suas explanações e considerações sobre a carreira e demais fatos “reveladores” do cowboy, tenho que concordar com vc. Temos idolatrado um falso herói. Parabéns por todo seu trabalho.

    • Roberto Smera disse:

      Prezado André,

      Agradeço suas palavras e fico feliz que tenha conseguido enxergar os fatos através de sua análise lúcida e inteligente dos textos e “links” que postei por aqui.

      Tenho certeza que não deixará de pedalar sua bike em razão da saída do Armstrong do esporte, não é ? Aliás, não precisamos de ninguém para simplesmente curtirmos o esporte que tanto amamos. Afinal, ninguém é maior do que ele !

      Um forte abraço.

    • Luis Porto disse:

      Qualquer ser humano que é capaz de terminar essa competição é um herói… um verdadeiro herói.

  16. Wagner disse:

    Lance deve tentar vencer uma etapa, agora que não será mais marcado pelos outros favoritos

    • Roberto Smera disse:

      Isso se o deixarem vencer uma etapa, coisa que acho difícil por 2 principais motivos :

      1 ) – Ele não teria pernas para isso, caso estivesse numa fuga com fortes concorrentes que lutam pela camisa de rei da montanha;

      2 ) – Ninguém quer entregar uma etapa de mão beijada num Tour de France por motivos óbvios. A concorrência sempre será acirrada.

      Embora adoraria ver o Vinokourouv ir atrás da fuga
      onde ele estivesse, para que pudesse experimentar o que fez com o Simeoni em 2004. Karma ?

      Brincadeira, ok ? rsrsrsrs

      Um abraço.

      • Wagner disse:

        mas acredito que ele vá dar o sangue para tentar encerrar por cima as participações dele no Tour. Talvez no contra-relógio, se tiver sorte do que teve até agora neste Tour. Patrocinador Radioshack certamente espera isso dele, mais do que de qualquer outro ciclista da equipe dele.

        • Roberto Smera disse:

          Olá Wagner,

          Concordo que poderá tentar algo. Ele mesmo já anunciou tal fato, embora ache que, assim como nas montanhas, ele vai estar igualmente numa “sinuca de bico” no contra-relógio final.

          O fato é que terá que lutar contra outros candidatos fortes como o Tony Martin, Fabian Cancellara e David Millar, que também não tem mais nada a perder e que certamente chegarão motivados para tentar mostrar algo.

          Enfim, uma tarefa muito improvável para o Armstrong, embora não impossível. Acho que é a melhor aposta dele no último Tour em que participará na carreira.

          Abraços.

          • Zaka disse:

            Será que vamos vê-lo em alguma fuga tentando a vitória de etapa?

            • Roberto Smera disse:

              Etapa “flat” ? Será que ele se contentaria em contestar uma etapa relativamente fácil, sem qualquer desafio que mostrasse suas qualidades de escalador ou contra-relogista ? No lugar dele, sabendo que sempre foi um atleta que destacou nessas disciplinas, como você agiria ?

              Logicamente estamos falando de um Tour de France, competição de enorme calibre. Mas minha dúvida é se a essa altura ele desceria do pedestal e tentaria algo de acordo com suas atuais capacidades.

              Lance sabe sprintar ? Não seria nada mal vê-lo “bater cotovelos” com o Thor, McEwen, Freire & Co.

              Abraço.

            • ANDRE disse:

              ZAKA,

              do jeito que a coisa esta feia para o lado do cowboy, a única fuga que ele irá fazer, será para o Texas…

  17. Wagner disse:

    está mesmo difícil para o Texas Ranger. Espero que ele não tente uma saída à la Landis 2006, tomando a famosa garrafa de whisky.

  18. Kenner disse:

    Zaca, tira essa frase: “Armstrong não chegou a cair”, por favor!

  19. sant`ana disse:

    o tour de france dura 3 semanas ! esqueceram ? tudo pode acontecer ! viram na giro d italia como o carlos kiko sastre tava atrasado e numa fuga ganhou uma sobrevida ? lembram ?

  20. Fernando Blanco disse:

    E eu achei o Kreuziger, que caiu também,
    mais “esperto” que o Basso no final da etapa. Como não correu o Giro deve estar mais descansado – e como não venceu o Giro deve estar com mais “apetite”. Sem dúvida, é um talentoso ciclista que ainda vai vencer grandes provas.