Tour de France 2010 – Resultados Etapa 15

Novamente esperar o vídeo antes de comentar. 

1 Thomas Voeckler (Fra) Bbox Bouygues Telecom 4:44:52
2 Alessandro Ballan (Ita) BMC Racing Team 0:01:20
3 Aitor Perez Arrieta (Spa) Footon-Servetto
4 Lloyd Mondory (Fra) AG2R La Mondiale 0:02:50
5 Luke Roberts (Aus) Team Milram
6 Francesco Reda (Ita) Quick Step
7 Alberto Contador Velasco (Spa) Astana
8 Samuel Sánchez Gonzalez (Spa) Euskaltel – Euskadi
9 Denis Menchov (Rus) Rabobank
10 Brian Vandborg (Den) Liquigas-Doimo

Geral

1 Alberto Contador Velasco (Spa) Astana 72:50:42
2 Andy Schleck (Lux) Team Saxo Bank 0:00:08
3 Samuel Sánchez Gonzalez (Spa) Euskaltel – Euskadi 0:02:00
4 Denis Menchov (Rus) Rabobank 0:02:13
5 Jurgen Van Den Broeck (Bel) Omega Pharma-Lotto 0:03:39
6 Robert Gesink (Ned) Rabobank 0:05:01
7 Levi Leipheimer (USA) Team Radioshack 0:05:25
8 Joaquin Rodriguez (Spa) Team Katusha 0:05:45
9 Alexander Vinokourov (Kaz) Astana 0:07:12
10 Ryder Hesjedal (Can) Garmin – Transitions 0:07:51

Anúncios

102 Responses to Tour de France 2010 – Resultados Etapa 15

  1. sergio_alj disse:

    Não vale a pena esperar pelo video! Apenas mais um azar para o Schleckinho! Quando atacou forte na subida (apenas o Vino o acompanhou), saltou-lhe a corrente e os adversários (Contador, Menchov e S.Sanchez) aproveitaram para ganhar uma boa vantagem…

  2. Rubao disse:

    acho que o Contador foi convarde em atacar na hora que caiu a corrente do Andy!

  3. Gabriel Sousa disse:

    o Shleckinho estava uns 5m à frente do pistoleiro, apenas com o Vino atrás e a corrente salta… depois disso a etapa perdeu toda a magia.

  4. FabioTux disse:

    Triste foi ver a corrente do Schleckinho escapando justo quando ele ia atacar…
    Acabou 8″ atrás do Pistoleiro (que foi vaiado durante sua aparição no Pódio, pra pegar a Maillot Jaune), o garoto até que tentou recuperar o tempo perdido, mas já não tinha muito o que fazer.

  5. Luís Souto disse:

    Durante a prova ao vivo não deu para eu ver, mas nas fotos da pra ver que Andy ainda pedalava quando Contador ja havia respondido ao ataque,ele não esperou o Andy ter problemas para atacar.
    Valeu e um grande abraço a todos!!!

    • rodrigo fieira disse:

      Pelas fotos?! Desculpa amigo, mas em foto dá pra confundir muita coisa. Eu prefiro esperar o vídeo. Se bem que as vaias já podem dizer alguma coisa.

  6. Tiago Cardoso disse:

    Contador nao chegava lá, e atacou sim e forte quando Andy estava a pé levou a concorrencia com ele e trabalharam juntos para distanciar Andy… Não precisava disso foi vaiado perdeu credibilidade e confirmou a sua falta de caracter hoje Andy poderia até ter ganho o Tour…

    Contador = Covarde

  7. Fabricio disse:

    Contador tava com sorriso amarelo igual a camisa enquanto recebia o leaozinho debaixo de vaias ouvidas pelo mundo todo. Deve ganhar o Tour mais não é um grande campeão.

  8. Davi Silveira disse:

    lamentavel, pos isso sinto saudades de jan ulrich e lance dando espetaculos…corto minha duas maos se um nao esperava o outro numa situaçao dessas, contadr perdeu todo o pouco respeito q tinha por ele…

  9. Adriano O. disse:

    Respeito a opinião de todos, e estou torcendo pelo schleck mas acho que é uma competição e não um passeio, o azar foi todo do Andy (infelizmente)e eles são adversários então porque o contador deveria esperar seu oponente na briga pelo titulo, será que o schleck não faria o mesmo se fosse ao contrário.

    • Zaka disse:

      Não se ataca um líder caído, com problemas mecânicos, comendo ou tirando água do joelho. Simples assim. Se ataca em igualdade de condições.
      Não, não é um passeio, mas honra e respeito aos adversários faz (ou fez) parte do esporte.

      • ronaldomoura disse:

        E digo mais Zaca, honra e respeito são o começo do esporte e a falta deles, seu fim.
        Essa ditadura do resultado ainda vai acabar com o esporte. É a segunda vez que eu escrevo isso nesse Tour.

        • Augusto disse:

          Contador disse que não viu. O rádio dele deve ter estragado mesmo, pois ninguém viu o Vino ficando e passando toda a situação pra equipe…

          Já, já alguém que estiver na segunda posição vai atacar na Champs Elysees…

      • Augusto disse:

        Simples assim.

  10. Machado disse:

    No twitter.. campanha #contadorcobarde

    • frq disse:

      Não saco muito desse lance de twitter, mas não me parece que terá um alcance á la #calabocagalvao. Então acrescente um @albertocontador e um @andy_schleck, que aí acho que seu tuíte chega nos dois 😉

  11. Augusto disse:

    Difícil formar opinião assim…

    A Saxo Bank vinha ditando o ritmo, mas não fez lá uma super seleção como fizeram Navarro e o Vino em outras montanhas este ano.

    Quando Schleck assumiu o passo, a coisa começou a desmontar e ele deu um acelerão. Olhou pra trás e viu que os top five vieram todos. Diminuiu

    O pelote que tinha sobrado, grudou de novo.

    Sanchez e Menchov ficam mais ariscos, mas Contador e Schleck se marcam.

    Schleck dá um novo acelerão e o primeiro a responder foi o Vino, que busca um Contador hesitante.

    Nesta hora, fora do selim, Andy troca a marcha.

    Vi a cena na TV e revi no replay. Andy não aprendeu com a quebra da corrente (se eu não me engano no Tour de Flandres) que precisa aliviar o pedal pra subir marcha morro acima.

    Contador tentava responder ao ataque, quando passou (uns 3 metros depois) viu que Andy encostou e que não era porque tinha cansado.

    Em seguida vem Sanchez e Menchov e o resto do pelote. Vino fica.

    Conatdor faz força e dita o ritmo. Vez ou outra olha pra trás, mas em nenhum momento espera por Andy. Menchov e Sanchez vão junto.

    Não consigo formar opinião…

    Me parece que o mais justo seria esperar…

    Este pode ser o Tour da corrente caída…

    Enfim…pelo menos esperamos que Andy ataque mais agora…

    Na minha opinião, Contador não está tão forte quanto o ano passado.

    Menchov e Sanchez já devem ter percebido que não serão despachados tão facilmente.

    Essa corrente vai entrar pra História…

    • Augusto disse:

      Já formei opinião. Sabia e atacou.

      Desonra!

    • Augusto disse:

      Corrigindo: o vídeo deixa claro que foi ao passar em cima de algo. Deixa claro também que Contador passa ao lado do Andy quando ele desce da bike.

  12. Wagner disse:

    logo no começo do video, a queda da corrente e o contra-ataque.

    schleck passou sobre algo na estrada e isto causou o problema mecânico

  13. João Paulo disse:

    Também torço pro andy mas ao ver replay acho que contador ja vinha embalado quando andy para.

    • Leo Binda disse:

      Ele realmente começou a embalar, mas dá pra perceber, e isso ao vivo foi nítido, que o Andy estava com muito mais gás àquele momento que o Contador, e que só o Vino consegui ir na roda. Se a corrente não cai, provavelmente seria o Contador a perder o tempo que o Schlek perdeu hoje! E ia ser lindo o ataque.

  14. Augusto disse:

    Não podemos esquecer da belíssima vitória do Voeckler e da persistência do Ballan e do Arrieta!!!!

    Não vou mais torcer por ninguém na GC…esse joguinho chato de gato e rato é um saco…

    Viva os ataques, e morte à míngua para o resto!

  15. João Paulo disse:

    Voeckler é foda não deixa passa un tour em branco, no peloton.

  16. Caio Fontes disse:

    Mesmo com as considerações acima, ainda acho que Contador é um covarde…ele viu sim q o Schleckinho tinha problemas e aí tratou de fugir o quanto pode levando Menchov e Sanchez como cúmplices…vai ter que amargar uma vitória no Tour graças a uma falha mecânica do adversário…se fosse o Schleck atacava o Pistolero eqto ele brindasse com o carro da equipe !!! rsrsrs

  17. Douglas disse:

    Sorte de campeão do AC e azar do Schleckinho… soca a bota Contador… e esses códigos de ética e conduta do ciclismo é muita frescura!!!!!

    • Augusto disse:

      Frescura??? Ai meu Deus…lá vem um caminhão de respostas polêmicas…

      Até no futebol, existe o fair play.

      Esses costumes são centenários amigo.

      No vale-tudo você não ataca alguém caído, porque no ciclismo isso vai ser frescura?

      Mais vaias…

      • Marcelo Góes disse:

        Essas coisas servem justamente para que se ganhe o mais forte e não o mais sortudo. Acho esse código de ética informal do ciclismo fantástico. No final de tudo, quem deve ganhar é o atleta mais forte. Simples.

  18. Edu SP disse:

    Sem querer provocar polemica, mas ja provocando, estou com Contador e não abro mão.
    Ele sabia que a corrente caiu sim, e atacou sim.
    É competição gente, honra e fair play não ganham campeonato. Simples assim.
    Fora que vendo o replay, o Contador/Menchov e Sanchez já vinham para o contra-ataque.
    Não se agrada gregos e troianos, Contador nunca vai ser idolo de todo mundo, assim como Lance, Ulrich tbm não foram…
    Mas como eu ja disse anteriormente, honra e fair play nao ganham campeonato. Vai pras cabeças Contador!
    Back to back no Tour de France! =]

    Absss e bora pedalar.

    • Augusto disse:

      Edu, respeito a sua opinião, mas é importante nunca deixar de pontuar.

      Códigos de ética são códigos de ética. Quando eles se quebram, tudo em volta deles se quebra junto.

      Não é a vitória pela vitória. A qualquer custo.

      Tem alguém caído? Ponha pra lateral e depois receba ela de volta. Seu oponente foi a “knock down”? Pare de golpear. Golpeou na rede e ganhou o ponto? Peça desculpas.

      Numa prova de ciclismo, o líder é reconhecido por ser o mais forte e não o mais esperto e nem o mais oportunista.

      Não atacar um líder de uma prova quando ele não pode se defender é uma regra tão básica quanto andar com as mãos no freio quando se está na roda de alguém.

      Claro que muitos jamais vão entender o porque.

      Mas sugiro um exercício de reflexão bem simples.

      Saia para pedalar com um grupo de 5 amigos. Pare para consertar um pneu e assista todos eles partirem em alta velocidade e te deixarem pra trás.

      Multiplique essa sensação por um milhão.

      Você vai entender o que os amantes do ciclismo estão sentindo com o ataque do Contador.

      Pela primeira vez vejo um camisa amarela ser vaiado no pódio.

      É algo como vaiarem o artilheiro da Copa.

      Contador lidera a prova, mas não por ser o mais forte.

  19. os comentários em várias línguas no vídeo do youtube mostram q todo mundo está p…. com o contador. realmente, não vamos tirar os méritos do cara e tal, pedala muito, etc etc etc. mas na boa, o pistoleiro nunca teve nem nunca terá CARISMA. vai ganhar o tour,encher o bol$$$$$O, mas vai ser sempre lembrado como um “aproveitador”. nunca terá a torcida e admiração de um grande campeão.

  20. renatoxtr disse:

    Armstrong e Ulrich davam bons exemplos de far play. Agora este Contador covarde… merece levar na cabeça. O Titio San deveria dar um bom esporro no A.C e Vino

  21. assisti o vídeo umas 300x…….o schelek tava acelerando, passou num toco e pulou a corrente…. o vino q tava tentando pegá-lo, na hora ficou sem saber o q fazer… diminuiu o ritmo ….o contador realmente já tinha começado a puxar, mas olhou um monte de vezes pra trás e viu o cara mexendo na roda na bike, não esperou pq não quis……… nao quis esperar, vai ganhar o tour, mas levará pra sempre a fama de “babaca”.

  22. Rafael disse:

    Um Campeão não tem medo do duelo. Contandor é um medroso. Nunca será igual ao Lance! Shleck não ganharia esse Tour, mas o Espanhol é medroso e foi covarde. O vídeo oficial mostra claramente.

    Ética é o que diferencia os grandes dos pequenos. Vitória não!

    Lance é o maior!

    • Augusto disse:

      Merckx é o maior.

      • Rafael disse:

        Lance venceu o Câncer, Merckx não! Lance foi campeão após estar quase morto. Ninguém até hoje fez nada igual a ele… ninguém!

        • Zaka disse:

          Discussões sobre Armstrong e quem foi o melhor em outro post, por favor. Se mantivermos o foco da discussão o negócio rende mais. Estamos aqui falando da atitude do Contador hoje, não comparando Armstrong com Merckx, ok?

  23. Juliano disse:

    Acho q todos lembram qdo o Lance se enrroscou com uma sacolinha de plastico de uma crianca do publico e caiu, e o Ullrich diminui a passada e ficou esperando ele voltar.
    Isso é respeito, honra!

    Não esse covarde, medroso do Contador!

    Ataca nso Campos Elísios Schleck!

  24. Viley disse:

    Torço pro Andy mostrar pro contador na etapa de quinta-feira, que é “o cara” das escaladas agora…e de quebra dar uma aulinha de como se ganha um tour com pedal de verdade…sem depender de quedas, quebras e outras cocitas más dos adversários…
    pelo que o Andy falou no twitter…ele tá p@#$ da vida e vai pro tudo o nada…
    é assim que se faz um verdadeiro campeão…

    • vander disse:

      Tava pensando nisso agora..
      Continuo torcendo para o Contador..
      mas até q foi bom ele pegar a camisa hoje para deixar o trem mais competitivo e animado..
      com certeza o Schlekinho está mais forte nas subidas.. provou mais de uma vez nesse TdF.
      Vamos torcer para ter show nas proximas etapas.

  25. Viley disse:

    “andy_schleck proud of Andy 2day, he showed again that HE IS A CHAMP,nothing else 2say think the pictures talking enough n Andy isthestronge”

    by franck schleck ^^

  26. Zeca Blak disse:

    Meu ponto de vista:
    1-Contador já é considerado um babaquara faz tempo;
    2-Schleck deu azar. Assim como Lance, na primeira semana;
    3-Menchov e Sanchez foram atrás do Contador porque ele acelerou. Se ele estivesse esperado, os dois esperariam tb;
    4-O Fair play foi pro ralo. Não é de hoje, nem exclusividade do ciclismo.
    5-Espanhóis, em geral, são assim… escrôtos.
    6-Era o Alonso que queria montar uma equipe pro Contador ser capitão? Imagina esses dois juntos???

    • Viley disse:

      putz…
      bem lembrado…
      infelizmente…vc tem toda razão… 😦

    • Fernando Blanco disse:

      Zeca, “espanhóis são, em geral, escrotos” e você é seguramente preconceituoso. E gente preconceituosa é, em geral, escrota, né…ou não?…

      Eu, por exemplo, acho o Alonso um escrotão. Mas semprei achei o Pedro Delgado e o Indurain super gente fina. Então…

      • Zaka disse:

        Some Nadal aos escrotos e Freire à dos gente-fina.
        Infelizmente (ou felizmente, não sei) escrotos e gente-fina não tem nacionalidade definida.

  27. Tiago Cardoso disse:

    ZAKA palavras de rei! assino por baixo tudo o que escreveu

  28. Juca disse:

    Concordo com tudo o que disseram, mas ética não é bem uma coisa que Armstrong possa dar exemplo, certa vez em 2005 durante as primeiras etapas na Passage du Goes (aquele lugar que a maré alta cobre e depois recua deixando os paralelos iguais a sabão!), o basco Iban Mayo levou um cambal e Amstrong mandou a Discovery torcer o cabo, no fim Mayo chegou a mais de 3 minutos atrás. Na época isso foi muito críticado pela imprensa que cobria o Tour, mas são ossos do ofício.
    Vendo aquele vídeo de 2003 da sacolinha que levou Amstrong ao chão, vi que o americano tinha uma enorme gana pra ganhar e mesmo Ullrich sentando a bota (dizem que o alemão esperou…) o americano buscou e abriu tempo no fim da escalada! Respeitando Schleck, creio que faltou para ele a gana que Armstrong teve em 2003.Enfim, Contador poderia ter dado um exemplo de cavalheirismo hoje e não fez, o ciclismo lamenta. Mesmo assim torço para ele.

    • rodrigo fieira disse:

      Cara, tu é uma enciclopédia do ciclismo (by Blanco), longe de mim querer te contrariar, mas dá uma olhada nos teus alfarrabos pra ver se foi mesmo no TDF 2005 esse enrosco do Iban. Me parece que não passaram lá no Goes neste Tour… Em todo caso, quando eu chegar em casa vou ver de novo o dvd do TDF 2005.
      Abraço!

  29. Ricardo disse:

    Não sou muito chegado em futebol, mas um dia vi uma notícia de um jogo válido por um campeonato de algum país europeu no qual o camarada foi cobrar um lateral recuando para o goleiro e não me lembro bem se o goleiro se atrapalhou ou a bola entrou direto no gol ou as duas coisas. Só sei que quando o jogo foi reiniciado o time que se beneficou ficou parado até que um jogador do outro time “empatasse” a partida.
    Lembro da cena como se fosse hoje – e ela sempre me emociona: o jogador meio sem entender a atitude do outro time até ter o “estalo” e perceber o que realmemte estava em jogo ali – ética, honestidade, justiça, nobreza de caráter e espírito…
    Dois times, duas torcidas com milhares de torcedores, mas todos extraordinariamente cientes de que algumas atitudes são pilares principiológicos de todas as outras e que sem elas, vencer não tem a menor graça.
    Vejam o vídeo se puderem…e quem for chegado do Contador recomende-o a ele. Ademais, ser apelidado de “El Pistolero”, com toda a carga valorativa que a palavra “Pistolero” significa, já nos diz alguma coisa…rs.

    • Juliano disse:

      foi entre AJAX e outro time da Holanda, exemplo de ética no esporte!

      • João Paulo disse:

        massa essa não sabia!O galera não pode esquecer que o princípio do esporte é disciplina, exemplo etc.

  30. Augusto disse:

    Zaka….sei que não é bom fomentar polêmicas, mas o seu blog além de informativo, é educativo.

    Minha experiência com o ciclismo beira o zero, mas a cada texto e resgate histórico que leio fico mais apaixonado.

    Sem cair para o romantismo puro, é fudamental ao meu ver, mantermos o resgate histórico.

    Neste espaço pude aprender sobre mitos, heróis, lendas…

    Bem como aprendi algo sobre trapaças, traições, sujeiras e desonra.

    Depois de ler aqui sobre personagens como Coppi, Bartali, Merckx, Poulidor, Anquetil, Bobet, Hinault, Zoetelmek, Girardengo, Van Looy, Vlaeminck, Evans, Murilo Fischer, Meifrett(são tantos que vai ficar enfadonho), parecem que personagens que privilegiam o resultado a qualquer custo tem prevalência ou assim querem se impor.

    E é por isso que saúdo quando vamos além dos regulamentos disciplinares da UCI e WADA e dos organizadores e desprezamos atitudes como: mentira, engodo, doping, falta de ética, quebra de conduta como formas de se alcançar o lugar mais alto do pódio.

    Como amantes e consumidores do esporte, precisamos mostrar aos patrocinadores e investidores que abominamos isso mesmo que se vença.

    Ah…a justiça tarda mas não falha.

    O que Cancellara ensinou no estágio 2 já foi esquecido…

    Não tenho nada contra Contador (e incluiria aí Menchov e Sanchez). Tenho é contra uma atitude que vai contra as regras que não estão escritas.

    • Zaka disse:

      Há um ditado gauchesco que diz: “dor de barriga não dá uma vez só”.
      Baseado nessa sabedoria popular, diria, depois de ler muitos “tuits” de colegas de pelotão dos dois (alguns fora da prova), que na primeira oportunidade, o espanhol vai pagar caro pela atitude de hoje.
      Pode não ser amanhã, pode não ser nesse Tour, pode não ser esse ano. Mas uma coisa é certa: o pelotão não perdoa. tchau).

    • José Carlos SBC/SP disse:

      Augusto, se o blog fizesse um teste, com certeza, testaria positivo.
      O blog do Zaka é uma “droga”, ele vicia, hehehe

  31. Wagner disse:

    Contador terá que atacar limpo amanhã mesmo e abrir vários minutos se quiser que este incidente seja
    esquecido.

    Mano a mano

    • Zaka disse:

      Mas e o psicológico do Andy Panda, ops, Schleck? Claro que vai estar embaixo dos pneus da bike.

      • Wagner disse:

        schleck deve andar movido pela fúria amanhã no tourmalet
        Creio que teremos um grande dia de ciclismo

        • Wagner disse:

          pensando bem, ele deve deixar o ataque pra quinta-feira no tourmalet. Pra não dar chance de ser alcançado na descida

  32. Anderson disse:

    Opinião por opinião, corrente caída, cara mijando, comendo, dando tchau pro publico. O cara que estiver em segundo, terceiro(…) tem chance de vencer.
    Pode acontecer mil coisas com o primeiro da fila, portanto. Ainda temos muito terreno a percorrer. O maillot jeaune só será campeão depois que cruzar a linha de chegada em Paris.

  33. Gabriel Sousa disse:

  34. Gabriel Sousa disse:

    não se espera que o Contador parasse… apenas que não atacasse.

  35. Pedro (Barcellos Sports) disse:

    caramba…. crucificaram o magrelo mermo hein???

    E se fosse no TT? tsc…

    Ao final de uma etapa de cento e bláu de kms.. cansado pra caramba.. um cara ataca .. vc vai atras de repente o cara diminui e óbvio.. vc passa varado por ele… pensa que deu pane…

    Como raios eu vou saber que a SRAM PC90 dele funfou???

    Valhame Deus…

    Agora querem comparar com Armstrong que TOMOU UMA VARETADE DE UM SACO PLÁSTICO??? e foi pro chão???

    Aííííííííííí é outra parada.. Imagina o Schleck atropelado por uma velinha lá no topo?? Seria diferente eu acho….

    E o Irmao mais velho quando caiu ??? Todo mundo tinha que parar então…

    cês tão doido…

    • rodrigo fieira disse:

      o mais velho não vestia amarelo…

    • Juliano disse:

      pensar q deu pane??? um cara do nivel Pro Tour, ainda mais O schleck q eh mais forte ainda, dar pane? ah pare neh,,, com a correia pulando mais que chevette véio, claro q o contador viu!

      e se o andy tivesse dando cepo, nao iria querer atacar aquela hora…

    • Zaka disse:

      A ética diz respeito apenas ao cara que veste amarelo, rosa ou rojo (generalizando, na verdade é o líder da geral de cada competição). Se o cara veste laranja, veste verde, veste a bandeira do país, não.
      No TT isso não existe, lá simplesmente “não existe ataque”, pois a briga é contra o relógio.

      E amigos, parece que não estamos desacompanhados. Com exceção dos espanhóis (e mesmo assim não a unanimidade) o resto do mundo não concorda com a atitude do magrelo.

  36. Zeca Blak disse:

    Pô Pedrão, só não vê quem não quer!!! O Contador se aproveitou sim! No mínimo, pegou mal pro espanhol. O mundo inteiro tá dizendo.
    O legal (pra nós) é que amanhã e quinta vai ser bonito de assistir. Acabou a “fase de grupos da Copa” e agora vai começar o mata-mata. Uhu!

  37. ronaldomoura disse:

    Não da para o Contador dizer que não viu porque ele vinha pra entrar na roda do Schleck, olhou para trás exatamente no momento que o Schleck passou em cima do obstáculo e quando voltou a olhar para frente o Schleck ja tinha desacelerado e ele teve que tirar de lado para continuar. Quando eles emparelharam o Schleck estava quase parado.
    Oportunista. Se ganhar será um dos títulos mais manchados da história do ciclismo.

  38. Nilton disse:

    O Contador atacou antes do problema com Schleck portanto estou com o magrelo

  39. BrasilMTB disse:

    O que me deixa mais indignado é que ele ia sentar na roda do Schleck e (provavelmente) chegar junto confiando no TT.

  40. wellington campos disse:

    Cada um tem sua Idéia sobre o assunto
    Agora começa a choradeira se ele ficasse ali por 10 minutos parado o contador iria esperar e deixar os outros como Menchov tirar a diferença….

    So sei que o bicho vai pegar nos próximos dias…

    vejas os comentários nesse site Português …

    http://www.record.xl.pt/Modalidades/Ciclismo/Tour/interior.aspx?content_id=452913

  41. Davi Silveira disse:

    ele veio de tras, e olhou pra tras, portanto viu o q estava se passando com o andy…

  42. Paulo Corrêa disse:

    Oi pessoal, este é o primeiro Tour de France que acompanho. Por acaso, liguei a TV poucos minutos antes do Schleck ter o problema com a corrente. Pelo que me lembro, o Contador já tinha iniciado a perseguição mas concordo que teria sido muito mais elegante se ele esperasse alguns segundos pelo camisa amarela. Aprendi hoje, pelos comentários de vocês, que existe fair play no ciclismo. Há tempos acompanho a Fórmula 1, onde são raros os gentlemen. Este ano, por exemplo, fiquei indignado quando o espanhol Fernando Alonso ultrapassou o Felipe Massa, seu companheiro na equipe Ferrari, numa entrada de box. Não admiro esses que vencem a qualquer custo. Contudo, ainda na Fórmula 1, se o líder da prova tem o pneu furado, ninguém fica esperando por ele (porém, o automobilismo ficaria muito mais ético, mais humano, mais inteligente, se esperassem). Tem algo errado quando a quantidade de vitórias, os recordes, valem mais do que uma disputa equânime.

  43. Fernando Blanco disse:

    Uau…que show de comentários! Xeretei todos os sites possíveis e li tudo, vi o replay 1.000 vezes. E pelo que li, os grandes campeões Hinault, Fignon, Jalabert, e outros nem tanto como J.Fraçois Bernard e J.Bruyneel, NÃO acham que o Contador tenha feito algo errado.

    A lógica deles é simples: Contador estava voando quando Andy teve problemas, ele viu o cara atrapalhado, mas NÃO viu Andy com o pé no chão. Tem uma curva logo em seguida e quando ele para trás não enxerga nada disso. Só Sanchez poderia ter visto se estivesse olhado para o lado na hora H, mas também estava voando e olhando pra frente.

    Eu fiquei muito p@#o com o espanhol (e ele que sou de lá…), pois levo muito a sério essa tal de ética (e já me ferrei muito na vida executiva por conta de gente sem ética!). Tenho a seguinte opinião:
    1. Mudar a marcha errado ou passar por buraco e fazer a corrente pular NÃO é motivo clemência e foi apenas isto que o Contador viu. O seu arqui-rival atrapalhado com o câmbio. E pau nele!
    2. Contador não atacou homem no chão (contra a venerada “unwritten law” do pelotão).
    3. Depois que o Andy teve de parar para arrumar a corrente, caberia a equipe dele avisá-lo – aliás, as equipes, pois Rabo e Euskaltel estavam socando junto. O DT do Contador, na maior cara de pau, disse que ia perguntar para o Contador o que aconteceu. Como se ele não estivesse grudado na TV do carro e vendo tudo que eu e vocês vimos…
    4. As equipes deveriam mandar os ciclistas pararem. Mas se apenas um do três não parasse, os outros não deveriam para também.

    Em bom espanhol, o Contador explica isso claramente, que não fez por mal, que é ético, mas que “talvez” tenha se equivocado, mas que na hora não dava para saber.

    E o Andy, em bom inglês (pois ninguém entende a língua dele, que é uma mistura de alemão com francês), disse que está “com ódio nas entranhas” e que vai atacá-lo sem piedade! Discordo que o Andy entrará com o moral baixo, mas muito pelo contrário.

    Polêmica total. O Contador só terá sucesso moral neste Tour se mandar bronca na 5af e no CRI.

    E eu não gostei, de novo, do pelotão chegar a 3 km do topo de uma subida HC com 30 caras juntos. Patético!

    E nesta 3af teremos a maior perda de tradição e oportunidade da história do Tour: escalarão os 4 mais tradicionais cols dos Pirineus na ordem inversa. É capaz do Cav ganhe a etapa! Patético 2 – A Missão!

  44. Conrado Calvet disse:

    Eu vi o video e com certeza o Contador viu o que aconteceu com o Andy, isso é fato. Tem os dois lados, eu acho que ele realmente poderia ter dado uma diminuida para ver o que tinha acontecido. Mas tb o cara errar alguma coisa e deixar a corrente cair é erro dessa pessoa e até merece uma sarrafada, mas esse não foi o caso. O Andy Schleck passou por cima de alguma coisa que derrubou a corrente dele. Acho que o Contador deveria ter diminuido, pq por mais que vc esteja começando a atacar, numa subida, não é a mesma coisa que num plano que o ataque ocorre a 50km/h e fica realmente perigoso parar. Acho que como o Contador disse, nesse momento do TdF não são esses 30s que vão decidir, tem muita subida pela frente.

    Amanhã o bicho vai pegar pq apesar de se subir os 4 cols na ordem inversa quero ver algum sprinter sobreviver às subidas e buscar os 30min que normalmente os magrelos abrem dos velocistas em qqer morrinho.

    Abraços

  45. Ana Luzia disse:

    17:12 – Schleck To Lose Yellow
    Andy Schleck has lost his yellow jersey to Contador… and it’s essentially because of the power of his attack. Had he not put so much power into the pedals it’s possible his chain would have stayed on and he may well have finished ahead of Contador and gained time. As it is, he’s lost over 31″ to last year’s champion who is the new leader of the general classification.
    Os comentarios sobre a perda da camisa amarela no site
    http://www.letour.fr/2010/TDF/LIVE/us/1500/depeches.html
    O que não concordo foi contador ter dito que nao viu nada, mas que foi erro do Schleckinho. Que falta faz o Scleckão.

  46. Augusto disse:

    É professor….boa aula….

    Mas discordo de pequenas coisas…eles não passam voando…mas enfim….isso faz parte do passado.

    Bola pra frente que foram ensinamentos show!

  47. wellington disse:

    Veja a explicação do Alberto em sua pagina no YOUTUBE.

  48. Juca disse:

    Ok, bem explicado pelo Fernando Blanco! Como o Schleck não colocou o pé no chão, então Contador está absolvido e ponto final na discussão! Todos que críticaram o madrileño deverão pedir desculpas a ele, usem aquele esquema do France Dynapost que o Zaka passou para enviar mensagens aos ciclistas no Tour! Kkkkkkk Bom, é dia de descanso hoje. abraço

  49. Will Barbosa Bike e etc. disse:

    pra mim não colou. não mudo minha opinião e acho que o Pistolero deu mancada sim….
    mas, comom idsseram: bola pra frente.
    acho q vai ser uma pimentinha nesse Tour fraquinho…Viva o Giro D’Italia!

  50. Luís Souto disse:

    Se a ética o fair play e a lealdade tivesse funcionado na etapa dos paves,Andy não teria vestido a amarela,ops me perdoem,funcionou,mas quando o Cancellara era lider e seu lider na equipe ficou para tras,então Contador que estava no seu grupo(Cancellara) também esperou o Andy,fair play total.
    Contador tem problemas mecânicos…,ah é verdade ele não vestia a amarela,ai então ninguém é obrigado usar de lealdade,ética e fair play com o espanhol,pois afinal de contas ele não veste a amarela!
    To achando meio estranho essa lealdade,ética e fair play,no meio do “pelotão”,ela esta no “pelotão”,mas só é usada em beneficio de um atleta!
    Valeu e um grande abraço a todos!!!!!

  51. David_biker disse:

    Parabéns a todos pelo fenomenal volume de comentários!
    “O divisor de águas” foi o ataque do Schleck!
    Depois de um ataque tudo pode acontecer menos “fair play”!

  52. MARCIONE KRAI disse:

    …depois reclamam do Lance por suas atitudes, mas o Lance nunca foi covarde de atacar numa infelicidade do concorrente, o Contador caiu no meu conceito, cadê o Fair Play…como sempre fazem os franceses, viva o segundo lugar…

  53. Augusto disse:

    O que tem gente que ainda não entendeu é que não se ataca o líder de uma grande volta quando ele está em dificuldades que não são físicas.

    Como não sou e nem nunca fui profissional, aqueles que tem essa experiência podem falar melhor.

    Do que pude entender, é que a liderança vindo da diferença de tempo acumulada, ao se atacar o líder (o mais forte até o momento) pode-se retirar a diferença de tempo em virtude de algo que naturalmente não ocorreria.

    Mas, é isso. It´s bike race.

    Um já disse que entende e não faria assim e o outro pediu desculpas pois não pôde raciocinar assim na hora.

    Pronto e roda pra frente.