A Triplíce Coroa consiste, segundo algumas definições em vencer as 3 Grandes Voltas no mesmo ano. Isso nunca foi conseguido até hoje.

Outra interpretação se dá para a Tríplice Coroa, seria a Vitória no Tour, Giro e Mundial no mesmo ano. Quem conseguiu isso foi Mercx (1974 – Giro, Tour, Mundial) e Roche (1987 – Giro, Tour, Mundial).

Somente 12 ciclistas foram capazes de estar no pódio das 3 grandes voltas (em ordem cronológica do ano que fizeram seu terceiro pódio): Anquetil (1963), Gimondi (1968), Van Springel (1971), Merckx (1973), Fuente (1973), Hinault (1980), Fignon (1987), Indurain (1992), Rominger (1995) Contador (2008), Nibali (2014), Froome (2018).

Desses, somente 7 ganharam as três: Anquetil (1963), Gimondi (1968), Merckx (1973), Hinault (1980), Contador (2008), Nibali (2014), Froome (2018).

Somente 6 conseguiram fazer também pódio em algum Mundial: Anquetil (1966), Merckx (1967, 1971, 1974), Van Springel (1968), Gimondi (1970, 1971, 1973), Hinault (1980, 1981), Indurain (1991, 1993, 1995).

Dos 6 anteriores, somente 3 ganharam uma das 3 e o Mundial no mesmo ano: Merckx (1973 após ganhar a Vuelta), Gimondi (1973 – após ganhar o Mundial), Hinault (1980 após ganhar o Giro e o Mundial).