Fotos estranhas (2)

12/janeiro/2019

Mark Cavendish vestido de hã, um urso?

Anúncios

Fotos estranhas (1)

10/janeiro/2019

Começamos hoje a mostrar uma série de fotos estranhas e/ou sem uma explicação muito lógica.

Inaugurando, Chris Froome no Mundial de 2006.

Fonte: https://www.instagram.com/bettiniphoto/


The Greatest Show on Earth

14/dezembro/2018


Jan Ullrich é preso. De novo.

10/agosto/2018

Sim amiguinhos. O alemão único vencedor do Tour de France foi preso novamente nessa sexta feira.

O motivo dessa vez foi agressão a uma prostituta. Após passar a noite com a moça, o alemão, sob influência de álcool e drogas (segundo informações da Polizei) bateu na mulher e tentou estrangulá-la.

Apesar disso a justiça alemã não viu nisso uma tentativa de homicídio e, por essa razão, não manteve o pinguço atrás das grades.

Recentemente separado, Ullrich afirma que desde o final de 2017 não vê seus filhos, que estão com a guarda da ex-esposa.

O fato da semana passada na Espanha foi quando ele iniciou o tratamento para o alcoolismo (que obviamente não está funcionando).


O futuro de Alberto Contador

22/julho/2010

Alguns rumores circulando pelo meio do pelotão dão sinais de que Alberto Contador deixará a Astana no final da temporada. Seu irmão e procurador, Fran Contador, está tentando negociar um aumento de salário, mas os cazaques não estão dispostos a ceder.

Some-se a isso os rumores que os Schleck Brothers estão de malas prontas para a sua própria equipe, e cresce o boato de que Alberto Contador iria para a equipe de Bjarne Riis, denominada até o momento apenas de Sungard.

Agora lembrem que o corredor possui um patrocínio da Specialized e chegamos ao resultado final:

Team Specialized-Sungard, com Contador e Cancellara como principais corredores.


Jens Voigt fala sobre a queda

21/julho/2010

Ainda ter disposição para dar uma entrevista depois do ocorrido? É o verdadeiro Chuck Norris!


Jens Voigt – Bicicleta Amarela

21/julho/2010

‘Eu vinha a apenas 20 segundos do grupo da frente, mas a cerca de 2Km de descida o pneu da frente explodiu e eu pense “Oh Deus” e eu caí. Apenas um ano depois do meu acidente horrível eu caí novamente em outra descida de montanha. E deixe-me dizer: o único lugar que se sente bem agora é o meu cotovelo direito. O resto de mim está esfolado. Além disso, tenho cinco pontos no cotovelo esquerda e há algumas coisas que não estão no lugar certo! Talvez eu tenha que fazer um Raio-X, mas eu odeio Raio-X (radiação), mas, se eu tenho uma costela quebrada, não posso fazer nada.

O pior de tudo é que eu quase fui tirado à força do Tour pelo segundo ano consecutivo. O problema era que o primeiro carro da equipe tinha ido atrás de Andy Schleck e o segundo tinha ido para a frente entregar garrafas de águano sopé da montanha seguinte. Como resultado, eu não tinha bicicleta, pois a minha quebrou.

Então o carro vassoura passou e perguntaram: “Você quer entrar?” E eu disse: “Não, eu não preciso de vocês”. Finalmente os organizadores da corrida me deram uma bicicleta, amarela, para um júnior. Muito pequena pra mim e com pedais antiquados. Mas foi a única maneira que eu encontrei para descer a montanha, por 15 ou 20Km até que finalmente consegui uma bicicleta adequada com a equipe’.

Jens Chuck Norris Voigt