O futuro de Alberto Contador

22/julho/2010

Alguns rumores circulando pelo meio do pelotão dão sinais de que Alberto Contador deixará a Astana no final da temporada. Seu irmão e procurador, Fran Contador, está tentando negociar um aumento de salário, mas os cazaques não estão dispostos a ceder.

Some-se a isso os rumores que os Schleck Brothers estão de malas prontas para a sua própria equipe, e cresce o boato de que Alberto Contador iria para a equipe de Bjarne Riis, denominada até o momento apenas de Sungard.

Agora lembrem que o corredor possui um patrocínio da Specialized e chegamos ao resultado final:

Team Specialized-Sungard, com Contador e Cancellara como principais corredores.


Bicicleta de Cancellara reprovada no scanner

10/julho/2010


A bicicleta de Fabian Cancellara

29/junho/2010

Não dava pra perder a piada.

By Milano.


O motor de Cancellara by Lance Armstrong

13/junho/2010

Congrats to Fabian! Homeboy’s got 2 motors on his bike. The left and right leg motors. End of story.

10:56 AM Jun 12th  via UberTwitter


O motor de Cancellara – Eu descobri!

09/junho/2010

Que Cassani nada. EU descobri o segredo de Fabian Cancellara!

Ele não é humano. É um andróide muito bem feito desenvolvido especificamente para a tarefa de pedalar.

A prova é que nas duas provas em que suas vitórias estão sendo colocadas em xeque, seu sistema operacional travou e ele começou a repetir as mesmas coisas no finalzinho: vasculhar os bolos, jogar uns papéizinhos fora e mostrar um amuleto. Isso estava programado só para a Ronde, mas devido ao bug, foi exibido nas duas.

Aqui a máquina sem pele.


O motor de Cancellara (3)

09/junho/2010

Resumo (e tradução livre) da declaração da equipe a respeito do vídeo e dos boatos.

A equipe Saxo Bank nega qualquer insinuação ou acusação realizada na imprensa a respeito do suposto uso de um motor elétrico na bicicleta de Fabian Cancellara. Saxo Bank e opõe fortemente a qualquer tipo de trapaça e afirma que não há absolutamente nenhuma verdade nesta história. Não há e nem nunca houve um motor em nenhuma bicicleta desta equipe.

No princípio, a equipe Saxo Bank não realiza comentários sobre rumores. Sem dúvida, com a irresponsável distribuição desta história e seu correspondente vídeo, criou-se um mito que deve ser desmentido. Não fomentaremos que esse sucesso aumente e julgamos totalmente fora de propósito e injustificada a plataforma criada para o fabricante do motor. Estamos seguros que a maioria das pessoas que assistiram o vídeo o julgam exatamente pelo que é, uma criativa tentativa de um artista para expressar uma idéia puramente hipotética que não tem razão de ser. Trata-se de um trabalho de ficção, disfarçado de documentário.

Lamentamos que por causa disso alguém possa ver a Saxo Bank de forma negativa e estamos profundamente ofendidos porque se questiona a integridade, o caráter e as aptidões de Fabian, que possui uma capacidade e um talento incríveis e é um grande profissional. Cancellara proporcionou a equipe e aos fãs do ciclismo de todo o mundo incontáveis e memoráveis vitórias. As obtidas no Tour de Flanders e na Paris-Roubaix incorporam todo o belo deste esporte: força, resistências, sofrimento, paixão, drama e trabalho em equipe. Suas vitórias são o resultado da sua dedicação, do trabalho duro e do sacrifício, assim como de sua capacidade única de aproveitar a ocasião quando ela se apresenta. Estamos convencidos de que o público se dá conta do objetivo desta montagem e que respeita Fabian pelo que ele é: um verdadeiro campeão.

Não faremos nenhum comentário mais a esse respeito, já que pensamos que essas insinuações não merecem mais perda de tempo e energia.


O motor de Cancellara (2)

03/junho/2010

Apesar de não colocar a mão no fogo por ninguém, ainda considero esse assunto como “humor”.

Abrindo minha caixinha de blogs e sites, encontrei hoje no Cozy Beehive um (melhor, dois) artigos interessantíssimos sobre o assunto (poderia fazer um CTRL+C e CTRL+V mas seria uma ofensa não dar créditos a um estudo tão bem feito).

Não sou físico e confesso que não entendo muito desse assunto, mas as explicações me pareceram bem lógicas e o desempenho do suíço bem plausível (sem motor).

Da minha parte só posso mostrar outras demonstrações de força dele (em bikes de CR cujo seat tube é curvo, não dá pra montar o tal aparato – que também é montado em eixos Shimano que ele não usa).

Em 2007 isso já existia? (uma das melhores chegadas que eu presenciei até hoje)

E em 2008 ele fez isso

E isso

Agora, a leitura (e coloquem o blog nos seus favoritos, por favor).

http://cozybeehive.blogspot.com/2010/06/anatomy-of-cancellara-attack.html

http://cozybeehive.blogspot.com/2010/06/gruber-assist-made-no-sale-to.html

Como eu disse lá em cima, não coloco a mão no fogo por ninguém, mas um desempenho vindo de um sujeito que tem histórico de já ter feito isso anteriormente não é tão estranho assim. Isso está me parecendo coisa de jornalista querendo aparecer ou de um viral (propaganda).

Vou continuar na defensiva, só analisando.

Em tempo: já estava esquecendo… a porcaria dispositivo auxilia em rotações de 30 a 90 RPM. Tentem contar a quantas o Cancellara vai. Sempre acima de 100-110.

(E por favor, não digam nos comentários que gostariam de ter um troço nesses nas suas respectivas bicicletas. Se pensarem nisso, melhor comprar uma motocicleta).

Além disso (esqueci também), ninguém fala na marca do pedivela da bicicleta dele (incompatível com o sistema) e que ele precisa ser montado em quadros de aço ou alumínio, que a bateria deve estar em algum orifício corporal (não está usando aquelas horrorosas bolsas de selim), que a resolução do vídeo do Youtube é por demais pobre para ver qualquer botão sendo pressionado.

Acabou a pilha?